90 por cento das garças siberianas migratórias param em reserva natural no nordeste da China

90 por cento das garças siberianas migratórias param em reserva natural no nordeste da China

90 por cento das garças siberianas migratórias param em reserva natural no nordeste da China

PR Newswire

ZHENLAI, China, 14 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- Um grande número de garças siberianas chegou recentemente na reserva natural estadual Momoge, no condado de Zhenlai, na província de Jilin, na China, durante sua migração para o sul do país. Nessa reserva, as garças param para descansar e se alimentar, o que proporciona uma cena belíssima.

Em Zhenlai, a parada mais importante para as espécies migratórias em perigo de extinção, o número de garças siberianas chega a 3.000, o que representa cerca de 90 por cento de toda a população dessas aves no mundo todo. Elas permanecem nessa reserva por aproximadamente 130 dias por ano.

As garças brancas estão sob proteção de primeiro grau na China e estão na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

No outono, as garças brancas saem da Sibéria, na Rússia, e se dirigem ao lago Poyang, o maior lago da China, onde passam o inverno. Elas voltam ao norte em abril do ano seguinte. A viagem migratória tem, no total, mais de 10.000 km.

Zhenlai, que fica ao lado da província de Heilongjiang e da região de Inner Mongolia, na China, é considerada o lar das garças siberianas. As espécies frágeis têm necessidades específicas de alimentação e ambiente para sobreviver. Uma planta especial, que cresce em um pântano de 144.000 hectares em Zhenlai, é a favorita das garças siberianas.

Nos últimos anos, o condado realizou vários projetos de conservação da água que conectaram lagos a rios e pântanos degradados restaurados e que aumentaram a área de pântanos e melhoraram o ambiente ecológico, oferecendo um habitat favorável para um número cada vez maior de espécies raras de pássaros.

O condado dá muita importância para a proteção do ambiente ecológico e promove a construção de uma zona econômica ecológica no oeste de Jilin. Já foram feitos grandes esforços no sentido de desenvolver uma agricultura orgânica e adotar uma lista negativa de acesso de indústrias, transformando um solo salino e alcalino em um local exuberante, cheio de peixes e arroz.

Em 2009, o condado começou a abandonar o uso de fertilizantes e pesticidas. A área de arrozais aumentou de 26.000 hectares no fim da década de 1980 para 90.000 hectares atualmente. Seu arroz orgânico se tornou uma marca popular.

A reserva natural Momoge abriga 10 espécies de pássaros sob proteção estadual de primeiro grau e 42 espécies de pássaros sob proteção de segundo grau. As autoridades publicitárias do condado estão promovendo uma cultura sobre as garças brancas para chamar a atenção de um número maior de pessoas para a proteção das espécies.

FONTE Zhenlai Momoge Nature Reserve Bureau