3 lições sobre Ouvir para profissionais de Marketing

 

Seu telefone, seus aplicativos e suas marcas favoritas estão ouvindo você agora, quer você saiba ou não. Na Forrester Consumer Marketing Conference, realizada em Nova York no dia 6 de abril, líderes de marketing e insights da Adobe, Forrester e Cision compartilharam como eles nos escutam para melhorar as comunicações de marketing.

As marcas têm milhares de pontos de contato com o público e George Sadler, Marketing Insights Leader da Adobe, afirma que há pontos chave em muitos deles. "A única maneira que as marcas trabalham bem com as pessoas é comportar-se de forma humana", disse Sadler.

O Diretor de Marketing da Cision, Chris Lynch, discutiu que não basta que as marcas apenas escutem e coletem dados, mas têm que agir e fazer isso de uma maneira nova. Ele explicou como a mídia espontânea é mais eficaz do que um anúncio como canal de engajamento do cliente.

"A mídia espontânea é o conteúdo mais confiável, mas possui menor orçamento e isso é por causa de sua atribuição", disse Lynch.

É mais fácil rastrear o sucesso de um e-mail do que prever tendências na percepção da marca e as mudanças de comportamento do cliente que são criadas pelo engajamento da mídia. Ao mesmo tempo, os clientes apresentam uma base focada em valores. A Forrester compartilhou que 52% dos clientes escolhem marcas com base em seus valores e ações. É claro que o monitoramento de percepção da marca está se tornando uma missão crítica.

Claro que uma vez que você tem uma visão baseada em dados, é fato que ela é apoiada pontos secundários. Sri Sridharan, Diretora VP de Pesquisa da Forrester, explicou que nossas suposições põem em perigo nossas marcas. Se seguirmos nossa intuição, em vez de recolher e analisar dados, podemos encontrar dificuldades.

"O maior risco não é a ignorância, mas a suposição de que sabemos qualquer coisa”, disse Sridharan.

Em essência, podemos não saber o suficiente para admitir que não sabemos absolutamente nada. Ela sugere que as marcas triangulem suas percepções com múltiplas fontes e que os profissionais de marketing devem constantemente desafiar suposições e percepções como parte de um processo para evitar erros.

*Texto original publicado no Blog Cision: 3 Listening Lessons for Marketers

Traduzido e adaptado por Andrés Teixeira, Analista de Comunicação Corporativa Latin America PR Newswire

Tags: marketing, cision, branding