Como Novos Aplicativos Contribuem com as Notícias

App Notícias

Quem nunca ouviu a frase: você conhece aquele app? Sempre existe um aplicativo para nos ajudar quando temos um problema. Hoje, os desenvolvedores podem criar aplicativos sobre qualquer coisa para suprir nossas necessidades.

Isso, também vale para o mundo editorial. As agências de notícias são constantemente desafiadas a fornecer novos canais e formatos de conteúdo aos seus leitores.

Aqui estão alguns aplicativos que são produzidos pelas redações em todo o mundo, uma cortesia da International Journalists’ Network (IJNet).

Movimento de Notícias Mobile na Europa Oriental

Em conjunto com agências de notícias e redações investigativas na Europa Oriental e na Eurásia, Christopher Guess desenvolveu um aplicativo de código aberto em resposta ao alto custo de distribuição de conteúdo de pequenas organizações.

Guess, do International Center for Journalists, desenvolveu o Push, que envia notificações com notícias que aparecem diretamente nas telas de bloqueio dos smartphones.

O aplicativo foi lançado para o Organized Crime and Corruption Reporting Project (OCCRP) e agora é usado regularmente por redações investigativas no Azerbaijão, Sérvia, Bulgária e Moldávia.

Guess diz que o objetivo final do Push, serviço de notícias móvel, é “finalmente aproveitar um recurso ausente desde que os smartphones foram inventados há quase dez anos”.

  Organized Crime and Corruption Reporting Project

Redações e Imprensa Digital na Índia

No ano passado, quando o jornal Hindustan Times decidiu produzir conteúdo digital e inovador, Knight Companheiro Nasr ul Hadi criou uma equipe de notícias para apps.

Por meio de sessões de treinamento, conhecidas como “Sextas Digitais”, Hadi e o diretor de conteúdo Nic Dawes familiarizaram seu pessoal com as ferramentas e aplicativos que se tornaram vitais para a distribuição e produção digital.

As ferramentas incluem a plataforma analítica Dataminr, que analisa tweets e dados para fornecer os primeiros alertas de última hora e o Parse.ly, que fornece informações sobre como os leitores respondem ao conteúdo. O Sprout Social, que se tornou a plataforma de mídia social para distribuição, ajuda a equipe a escrever e publicar notícias nos canais de mídia social do jornal.

Esta revolução digital criou uma redação que não está sujeita aos prazos diários", diz Hadi. “Eles são capazes de visualizar as histórias que querem produzir e ser mais livres para pensar como querem apresentá-las. Podem ir muito mais a fundos do que a maioria dos jornalistas tradicionais”.

  Plataforma analítica Dataminr

Notícias Individuais na Suíça

À primeira vista, o aplicativo #12, desenvolvido pela empresa de mídia suíça Tamedia, é semelhante a vários aplicativos que publicam notícias aos leitores diariamente.

Qual a diferença? A forma como as notícias recebem curadoria.

O #12 é como uma loja de café que não só conhece sua bebida favorita, mas sempre está trabalhando em novos sabores que você pode gostar.

Cada dia, uma equipe editorial seleciona 12 artigos entre os jornais e revistas da Tamedia e os prepara para a leitura mobile.

Um sistema de classificação incorporado fornece feedbacks diários para ajustar na seleção dos artigos.

O resultado é o que Michael Marti, diretor de estratégia digital da Tamedia, chama de “uma conversa aberta sobre qualidade que aumenta a satisfação dos leitores”.

  App #12

WhatsApp na Tanzânia

O WhatsApp é o aplicativo de mensagens mais popular.

No leste da Tanzânia, tornou-se fundamental, não só para o consumo de notícias, mas também para sua produção.

Lá, é uma gafe não ter o aplicativo em seu telefone.

Com pouco custo para os usuários e extremamente popular por seus grupos, o WhatsApp é o app padrão para compartilhar conteúdo multimídia. E passou a ser um boletim jornalístico.

Como a repórter da BBC, Tulanana Bohela, explica à IJNet: “Toda notícia que produzimos, invariavelmente, a vimos primeiro no WhatsApp ou em algum grupo”.

  App Tanzânia

Você conhece outros aplicativos importantes e plataformas de notícias usadas no exterior?

*Texto original publicado no Blog Beyond PR: Real World Application: How Innovative Apps are Driving News Overseas.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Tags: Jornalismo, App notícias, Aplicativos Jornalistas