Como preparar e manter sua estratégia de conteúdo atualizada

O marketing de conteúdo não só impulsiona três vezes mais leads do que o marketing tradicional, mas também custa 60% a menos. Mas para alcançar esses benefícios, você precisa da abordagem certa.

Como está sua estratégia de marca esse ano?

Conversamos com a gerente de conteúdo sênior da Cision, Annemaria Nicholson, e a gerente sênior do programa de Marketing, Kerry O'Shea Gorgone, para obter dicas e práticas recomendadas. Durante o webinar "Create Better Brand Content - All Year Long", elas exploraram como configurar um plano de conteúdo centralizado, se precaver e evitar problemas legais e comprovar o sucesso com insights baseados em dados.

Se você está ajustando sua estratégia ou começando do zero, aqui estão alguns conselhos para você se lembrar durante este ano.

Conheça seu público-alvo

Antes de começar a planejar o que e quando escrever, você deve observar para quem você está falando. Divida seu público por personas para saber qual tom usar e quais tópicos abordar. Outro fator a se ter em mente ao segmentar sua audiência são os estágios do funil de vendas.

Isso irá ajudá-lo especialmente ao planejar o seu calendário, diz Annemaria Nicholson. "Ao atribuir pessoas em minha audiência, eu sei quais públicos estou tentando alcançar e com que tipo de conteúdo."

Em primeiro lugar, as pessoas confiam em seus amigos e familiares, porém influenciadores estão desempenhando um papel cada vez maior na conexão de marcas com o seu público. Por isso, certifique-se de que seus influenciadores se identifiquem com suas audiências e propósitos. Um objetivo que você sempre vai querer antes de finalizar uma parceria com um influenciador é um acordo.

Estabeleça Linhas do Tempo

time-content-strategy

Comece por mapear os principais eventos que não vão mudar, como os feriados nacionais. Nicholson sugere trabalhar com uma estratégia trimestral para começar. "Isso permite que você seja ágil o suficiente para mudar o conteúdo, se necessário."

Em seguida, pense em publicar seu conteúdo em ordem de prioridade. Com um catálogo de conteúdo, você pode determinar facilmente quais peças de conteúdo podem ser recicladas para promoção, se houver necessidade ou um prazo for adiado.

Antes de dar a aprovação final do conteúdo, veja quais recursos visuais você está incluindo, especialmente para postagens em blogs e redes sociais. Não copie e cole as pesquisas do Google. Em vez disso, procure artigos de terceiros com uma licença Creative Commons.

"O problema é que você não tem certeza de que a pessoa que postou essa foto foi o criador original", diz O'Shea Gorgone. "O melhor a fazer é criar suas próprias imagens e fazer seus próprios vídeos. As pessoas gostam de conteúdo de bastidores porque os faz sentir mais próximos de você e da sua marca ".

Teste sua distribuição

Comunicações precisam de manutenção contínua para obter grandes benefícios, e um relatório de desempenho é fundamental para garantir a colheita do que você semear durante o ano.

Nicholson destaca a necessidade de incluir códigos UTM específicos para cada tipo de conteúdo e canal, para que você possa acompanhar não só quais tipos de conteúdo funcionaram bem, mas também quais canais direcionaram o máximo de engajamento, compartilhamento e leads.

"Adoro rodar testes A / B e descobrir a mistura ideal para publicar o conteúdo certo, nos canais certos e no momento certo", diz Nicholson. "Pergunte a si mesmo, quantos tipos de conteúdo cada canal pode promover todo mês? Saber quais canais têm a maior capacidade de oferecer aos canais menores algo para trabalhar em cima quando forem fazer testes. "

Um meio para prestar atenção ao experimentar é o live streaming. Se você usa Facebook Live, Periscope ou Instagram Live, planeje-o com um storyboard como você faria da forma tradicional.

Uma questão que O'Shea Gorgone sugere sempre perguntar na pré-produção é: o que os espectadores podem ver? Certifique-se de que não há informações confidenciais ou internas listadas em qualquer lugar.

"Nesta era da ‘trollagem’ na Internet, seja consciente do que você for transmitir", O'Shea Gorgone continua. "As pessoas podem ver o livestream em uma tela enorme, não apenas em seus dispositivos móveis. Os melhores profissionais assumem riscos, mas não riscos desnecessários. "

(Imagens via Pixabay: 12)

*Texto original publicado no Blog Cision: How to Prepare and Keep Your Content Strategy in Check

Traduzido e adaptado por Andrés Teixeira, Analista de Comunicação Corporativa Latin America PR Newswire

Tags: marketing, conteúdo, estratégia de comunicação