Institut Marquès apresenta seus estudos sobre a música e o começo da vida no Massachusetts Institute of Technology

Institut Marquès apresenta seus estudos sobre a música e o começo da vida no Massachusetts Institute of Technology

- Dra. Marisa López-Teijón, diretora do internacionalmente famoso centro de Reprodução Assistida, recebeu o Prêmio Ig Nobel de Medicina

- Os prêmios, concedidos na Universidade de Harvard, reconhecem as pesquisas científicas mais inovadoras e surpreendentes do ano

- Institut Marquès realiza pesquisa de ponta sobre os efeitos da música no desenvolvimento embrionário e fetal

PR Newswire

BOSTON, 18 de setembro de 2017 /PRNewswire/ -- O Institut Marquès apresentou no Massachusetts Institute of Technology (MIT) seus estudos científicos sobre a influência da música no desenvolvimento embrionário e fetal.

Dra. Marisa López-Teijón, diretora do Institut Marquès, dr. Àlex García-Faura, diretor científico do centro, e Lluís Pallarés, criador do Babypod, aceitam seu prêmio IG Nobel.

Seu trabalho, publicado na prestigiada revista científica Ultrasound, descobriu como a audição do feto funciona, mostrando que os fetos podem ouvir a partir da 16ª semana (quando medem 11 cm/4 polegadas), desde que o som chegue até eles pela vagina da mãe.

A dra. Marisa López-Teijón, diretora do Institut Marquès, o dr. Àlex García-Faura, diretor científico do centro, e Lluís Pallarés, criador do dispositivo intravaginal  Babypod, explicaram as conclusões do estudo no MIT. O dr. Alberto Prats, professor de anatomia e embriologia humana da Faculdade de Medicina da Universidade de Barcelona, também faz parte da equipe de pesquisa.

Essa sessão do Massachusetts Institute of Technology é parte da cerimônia de premiação do Ig Nobel, que reconhece as pesquisas científicas mais inovadoras e surpreendentes do ano.

Prêmio Ig Nobel de Medicina

A dra. Marisa López-Teijón recebeu o Prêmio Ig Nobel de Medicina, o primeiro prêmio para obstetrícia concedido nos 27 anos de existência dessa premiação.

A cerimônia do Ig Nobel é realizada na Universidade de Harvard e no Massachusetts Institute of Technology, e reúne cientistas prestigiados de todo mundo que apresentam seus estudos ao público de forma divertida e agradável.

Na cerimônia, a dra. Marisa López-Teijón explicou: "O Institut Marquès está realizando pesquisas de ponta sobre os efeitos da música no desenvolvimento embrionário e fetal. 

Aperfeiçoamos a fertilização in vitro através de vibrações musicais dentro das incubadoras em todas as nossas clínicas de fertilidade.

Ao inserir um alto-falante na vagina de milhares de pacientes, conseguimos pela primeira vez nos comunicar com o feto. Para isso, criamos o Babypod. Trata-se de um alto-falante intravaginal aprovado pela FDA que se conecta a um telefone celular.

Graças ao Babypod, descobrimos como funciona a audição do feto: os fetos mal podem ouvir ruídos no útero da mãe. A capacidade de audição do feto começa quando o feto mede apenas 4 polegadas ou 11 cm. Até agora, as pesquisas médicas podiam apenas confirmar que os fetos ouvem a partir da 26ª semana. Os fetos respondem como os bebês, com fala e movimentos porque estão aprendendo a se comunicar. O mito de falar com a sua barriga acabou."

De acordo com os estudos do Institut Marquès, podemos agora nos comunicar com o feto e estimulá-lo neurologicamente. Qualquer tipo de estímulo sensorial é bom e quanto mais cedo, melhor.

A música estimula o aprendizado da linguagem. E, como vemos, o aprendizado pode começar no útero.

O Prêmio Ig Nobel é um reconhecimento, por essas universidades de prestígio, da importância das pesquisas do Institut Marquès para aprimorar os tratamentos de reprodução assistida.

Links interessantes:

Música e estímulo fetal:

http://www.fertility-experiences.com/what-is-the-meaning-of-music/

http://www.fertility-experiences.com/the-story-of-a-discovery/

http://www.fertility-experiences.com/the-story-of-a-discovery-2-the-first-tests-continue/

http://www.fertility-experiences.com/the-story-of-a-discovery-3-the-scientific-research-starts/

http://institutomarques.com/en/scientific-area/response-fetus-vaginal-music-2/

http://www.institutomarques.com/pdf/ultrasound.pdf

Música e fertilidade:

http://www.fertility-experiences.com/music-enhances-in-vitro-fertilisation/

http://www.fertility-experiences.com/ivf-to-the-beat-of-the-music-we-have-made-our-embryos-dance/

Estudos científicos:

http://institutomarques.com/en/scientific-area/

http://institutomarques.com/en/scientific-area/response-fetus-vaginal-music-2/

http://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1742271X15609367?journalCode=ultb

Babypod:

https://babypod.net/en/

Concertos para fetos e embriões

https://www.youtube.com/watch?v=SQNTqFRp09Q

https://www.youtube.com/watch?v=tQF5no3iLSg

Embriomobile:

http://institutomarques.com/en/observe-your-embryos-from-home/

Mais informações : www.institutomarques.com e www.institutmarques.ie

Contato para a mídia nos Estados Unidos 

kcontreras@webershandwick.com

Escritório: 617-520-7088
Celular: 862-432-8436

Contato para a mídia na Espanha:

Institut Marquès Barcelona +34 93 285 82 16 

Mireia Folguera: mireia.folguera@institutomarques.com    +34 649 90 14 94

Estefanía Redondo: estefania.redondo@institutomarques.com    +34 661 20 83 85

Foto - http://mma.prnewswire.com/media/557125/Institut_Marques_Dr_Maris_Lopez_Teijon_director_pt.jpg 

Vídeo - http://mma.prnewswire.com/media/557551/Institut_Marques.mp4

 

FONTE Institut Marquès