Jilin constrói o primeiro complexo de resorts de esqui de alto nível da China

Jilin constrói o primeiro complexo de resorts de esqui de alto nível da China

PR Newswire

BAISHAN, China, 27 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ -- A cidade de Baishan, na província de Jilin, no nordeste da China, dependente de seus recursos exclusivos de neve e gelo, pretende tornar-se um sofisticado destino global de turismo de neve e gelo, construindo um complexo de resorts de esqui de alto nível.

Localizada entre 41 a 42 graus de latitude norte, um cinturão reconhecido de turismo dourado, no coração das famosas montanhas de Changbai, a cidade de Baishan é a primeira área completa de turismo florestal da China, com índice de cobertura florestal de até 84,1%. Graças ao clima temperado de monções continentais do norte, tem um período sem gelo de apenas 90 a 120 dias e volume anual médio de neve de 400 mm. O inverno longo e a neve abundante de alta qualidade concedem à cidade as condições de esqui de alto nível, comparáveis às dos Alpes.

Nas montanhas de Changbai estão inúmeros hotéis e instalações de esqui profissionais. Atualmente, dois resorts de esqui de alto nível estão se transformando em clusters industriais, com seus respectivos grandes hotéis. O Changbai Mountains International Holiday Resort, de 23 bilhões de yuans, recebeu um milhão de turistas para esqui, desde 2012, sendo a maior recepção diária superior a 6.000 pessoas. O Changbaishan Luneng Resort, com investimento de 11,2 bilhões de yuans, recebeu 30.000 turistas durante a primeira temporada de neve, após sua abertura em dezembro de 2016. Este ano, o governo da cidade de Baishan investiu mais de 60 bilhões de yuans em 44 projetos turísticos, 15 dos quais foram de mais de um bilhão de yuans.

Além de neve e gelo, Baishan também tem fontes termais, geada, turismo de fronteira e tradições folclóricas únicas. A qualidade da água das suas fontes termais está muito acima dos padrões mundiais de saúde. O Parque Nacional da Floresta do Rio Lushui, o vilarejo de neve de Songling, em Linjiang, e Jinjiang, o vilarejo de casas de madeira, também atraem turistas globais com culturas regionais e tradicionais únicas, culinária, atividades como drifting, caça e outros entretenimentos de inverno.

Com base no turismo de neve e gelo, esportes e cultura, o governo da cidade de Baishan planeja aumentar o número de resorts de esqui para mais de 20 e construir uma área de neve acumulada, com mais de 100 ha, um centro de patinação coberto, cerca de 50 pistas de patinação ao ar livre de vários níveis, 12 cidades turísticas de neve e gelo e 10 vilarejos turísticos com mais de 50.000 leitos nos próximos três anos. Tem como objetivo atrair três milhões de turistas por ano.

A cidade também promove ativamente a construção de infraestrutura de transporte, envolvendo cinco vias expressas, duas linhas ferroviárias de alta velocidade e três aeroportos. O Aeroporto Internacional de Changbaishan, desde a sua abertura, em 2008, lançou rotas aéreas para mais de 20 cidades, dentre elas Pequim, Tianjin, Xangai, Guangzhou e Shenzhen. A reforma do aeroporto da cidade de Changbai também começou. Duas das três vias expressas começaram a funcionar. Os trens de alta velocidade devem começar a funcionar em 2021.

 

FONTE Baishan City Government