Primeira implante clínico da válvula VenusP - válvula pulmonar transcateter foi concluída com sucesso no Brasil

Primeira implante clínico da válvula VenusP - válvula pulmonar transcateter foi concluída com sucesso no Brasil

PR Newswire

SÃO PAULO, 22 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ -- No dia 19 de dezembro de 2017, hora local, 4 implantes clínicos de válvulas pulmonares transcateter VenusP foram concluídas com sucesso no Brasil pelo professor Carlos Pedra do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia em São Paulo, Brasil.

Primeiro implante clínico da VenusP-Valve, válvula pulmonar transcateter, foi concluída com sucesso no Brasil (PRNewsfoto/Venus Medtech (Hangzhou) Inc.)

Depois do Chile e da Argentina, o Brasil se torna o terceiro país latino-americano a aplicar a válvula da Venus Medtech (Hangzhou) Inc. Também marca a primeira aplicação de válvulas cardíacas feitas na China na história brasileira.

Atualmente, em cada 10.000 recém-nascidos do mundo, há 16 que precisarão de cirurgia devido a defeitos cardíacos congênitos. Esse tipo de cirurgia pode causar regurgitação pulmonar grave. Atualmente, os produtos de válvulas pulmonares intervencionistas no mercado global só podem tratar pacientes com estrutura anatômica especial e doença leve. Como resultado, um grande número de pacientes com estrutura anatômica complexa e insuficiência cardíaca direita necessitam urgentemente de um produto de válvula pulmonar intervencionista que possa tratar diferentes estruturas anatômicas e ser operado com facilidade, segurança e estabilidade.

Venus Medtech (Hangzhou) Inc. desenvolveu e fabrica uma válvula pulmonar transcateter VenusP-Valve, a primeira válvula pulmonar intervencionista auto-expansível do mundo. Com exclusivo design em forma de trompete duplo e tecnologia de corte a laser para stent, a VenusP-Valve é dotada de força de suporte radial, ancoragem estável e fácil liberação. Nenhum movimento ou deslocamento vai ocorrer durante o processo de liberação. Ela pode atender às necessidades das artérias pulmonares com diferentes estruturas anatômicas e recursos que a tornam a única válvula pulmonar intervencionista no mundo que pode tratar pacientes com uma grande via de saída ventricular direita.

Após o primeiro implante humano bem sucedido pelo acadêmico Ge Junbo no Hospital Zhongshan, Xangai, em 25 de maio de 2013, a VenusP-Valve foi exportada para mais de 20 países na Ásia, Europa e América. No presente, os testes clínicos do Food and Drug Administration (CFDA) chinês foram concluídos; o processo de testes clínicos do CE europeu já cumpriu mais da metade do período; a comunicação com o Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos foi concluída, com o início dos testes clínicos antes do lançamento nos EUA. Espera-se que a VenusP-Valve, com resultados clínicos superiores, possa ser aprovada o mais cedo possível para oferecer um tratamento ótimo para mais pacientes.

Foto - http://mma.prnewswire.com/media/622663/Venus_Medtech.jpg

FONTE Venus Medtech (Hangzhou) Inc.