ZTE Corporation fecha acordo com autoridades dos EUA

ZTE Corporation fecha acordo com autoridades dos EUA

PR Newswire

SHENZHEN, China, 7 de março de 2017 /PRNewswire/ -- A ZTE Corporation (0763.HK / 000063.SZ) anunciou hoje que chegou a um acordo global com o governo dos EUA, relacionado a sua conduta histórica relativa a controles e sanções de exportações dos EUA. Embora o acordo com o OFAC entre em efeito imediatamente, o acordo com o DOJ depende de aprovação do Tribunal Federal dos Estados Unidos para o Distrito Norte do Texas. Da mesma forma, a aprovação pelo tribunal do acordo com o DOJ é um pré-requisito para o BIS emitir uma Ordem de acordo.

Como parte da resolução, a ZTE concordou com uma penalidade criminal e civil de $ 892.360.064 e com uma penalidade adicional de $ 300.000.000 para o BIS, que será suspensa durante o prazo de sete anos, com a condição de que a empresa cumpra as exigências estabelecidas no acordo com o BIS e de que a ZTE irá continuar a trabalhar com um monitor e auditor de compliance independente.

"A ZTE admite os erros que cometeu, assume responsabilidade por eles e assume o compromisso de promover mudanças positivas na empresa", disse o presidente e CEO da ZTE Corporantion, Dr. Zhao Xianming. "Instituir novos procedimentos focados em compliance e promover mudanças significativas em seu quadro de pessoal se tornou a mais alta prioridade da empresa. Aprendemos muitas lições dessa experiência e manteremos nossa rota para nos tornarmos um modelo em compliance na área de exportação e em excelência administrativa. Estamos comprometidos com uma nova ZTE, respeitadora de compliance, saudável e confiável".

O Dr. Zhao foi nomeado presidente e CEO da ZTE Corporation em abril de 2016, com poderes para liderar a nova ZTE, com o melhor programa de compliance na área de exportação.

"Os acordos que fechamos irão nos possibilitar ir em frente em uma posição mais forte do que antes", acrescentou o Dr. Zhao. "Somos gratos a todos os clientes, parceiros, empregados e interessados, que nos apoiaram durante esse tempo difícil. Com esse acordo já fechado e nosso programa de compliance firmemente estabelecido, podemos desenvolver com confiança nossos negócios com fornecedores, continuar a disponibilizar soluções inovadoras de tecnologia a nossos parceiros e executar nossas estratégias de crescimento como a nova ZTE".

"A ZTE fez um enorme progresso na implementação de um programa de compliance de classe mundial e eu estou ansioso para trabalhar com os demais executivos na liderança da empresa para desenvolver e melhorar ainda mais nossas operações e processos", disse o CECO (chief export compliance officer) Matt Bell, nomeado para o cargo em novembro de 2016. "Estamos criando uma equipe global de profissionais de compliance experientes e nossos treinamentos em compliance foram fortalecidos e reforçados em todos os níveis da empresa. Estamos constantemente revendo e melhorando políticas e procedimentos, para nos mantermos em dia com um cenário regulatório sempre renovado e trabalhando para reforçar a vantagem estratégica de negócios que um forte programa de compliance tem no mercado. Nossos profissionais de assessoria jurídica e de compliance continuarão a trabalhar juntos para identificar riscos em toda a empresa e melhorar continuamente a eficácia de nosso programa geral de compliance".

Sob a direção do Dr. Zhao, a ZTE continua focada no aperfeiçoamento de seus procedimentos e controles, persistindo na criação de uma forte cultura de compliance em toda a organização. Nos últimos meses, a empresa investiu em amplas reformas, para criar um programa superior de compliance na área de exportação, incluindo as seguintes ações:

  • Novo CEO e novas lideranças da empresa. A ZTE nomeou o Dr. Zhao para os cargos de presidente e CEO e promoveu mudanças significativas na equipe de administração sênior, com todos os executivos com poderes para liderar a nova ZTE com o melhor programa de compliance na área de exportação.
  • Novo Comitê de Compliance. A ZTE criou um Comitê de Compliance liderado por um CEO, com autoridade e responsabilidade de mudar significativamente as políticas e procedimentos da empresa, e fornecer maior supervisão do suporte às iniciativas de compliance.
  • Departamentos Jurídico e de Compliance reestruturados. A ZTE retirou a compliance da responsabilidade do departamento jurídico e criou um departamento separado de compliance, com um número maior de funcionários, para desenvolver o programa de compliance com independência total.
  • Novo advogado nos EUA nomeado CECO (chief export compliance officer). O novo CECO Matt Bell, advogado nos EUA, foi contratado com a responsabilidade de supervisionar o contínuo desenvolvimento e aperfeiçoamento do programa global de compliance na área de exportação. O Sr. Bell obteve experiência no desenvolvimento e aperfeiçoamento de programas de compliance durante sua carreira em grandes empresas multinacionais.
  • Manual de Compliance com o Controle de Exportação ampliado. A ZTE editou um novo Manual de Compliance com o Controle de Exportação, criado em combinação com a análise do BIS, para fornecer orientação mais detalhada a seus empregados. A ZTE também requer um Acordo de Compromisso com a Compliance anual de todos os empregados.
  • Novas ferramentas e processos automatizados. A ZTE implementou uma ferramenta de automação de softwares, que faz a triagem dos carregamentos da ZTE Corporation e de certas subsidiárias para cumprir as obrigações de controle da exportação. O sistema é usado para determinar que itens estão sujeitos às Regulamentações da Administração de Exportação (EAR -- Export Administration Regulations), fornece embargo e triagem de parte restrita sobre as transações e segura carregamentos que requeiram análise de classificação detalhada, solicitação de exceções de licença ou requerimento de licenças quando necessário. A ZTE continua a fazer investimentos significativos em automação para estendê-la a suas subsidiárias em todo o mundo.
  • Treinamento em Controles de Exportação global. A ZTE treinou mais de 45.000 empregados em leis de controles e sanções de exportação e em políticas da empresa em 2016. A ZTE mantém esses treinamentos de conscientização geral em 2017, enquanto implementa mais treinamentos dirigidos em funções críticas, como vendas, procurement, pesquisa e desenvolvimento e cadeia de suprimento.

O BIS irá recomendar a remoção da ZTE da lista da Entidade, condicionada à aprovação do tribunal do acordo com o DOJ, entrada da imputação e a emissão da Ordem de acordo do BIS.

"A ZTE criou parcerias sólidas com muitas fornecedoras nos EUA, que dão suporte a quase 130.000 empregos em alta tecnologia", enfatizou o Dr. Zhao. "Junto com os recentes esforços para racionalizar as operações e nossa inovadora liderança em torno do 5G, a ZTE estará bem posicionada para um desempenho geral positivo. A empresa prevê crescimento contínuo e expansão dos negócios nos próximos anos, conforme continuamos a trabalhar com nossas parceiras em todo o mundo".

Sobre a ZTE Corporation

A ZTE fornece sistemas avançados de telecomunicações, dispositivos móveis e soluções de tecnologia corporativa para consumidores, operadoras, empresas e clientes do setor público. Seus produtos e serviços são vendidos a mais de 500 operadoras, em aproximadamente 160 países. Como parte da estratégia de M-TIC da ZTE, a empresa está empenhada em fornecer aos clientes inovações integradas ponta-a-ponta, para oferecer excelência e valor conforme os setores de telecomunicações e da tecnologia de informação convergem. A ZTE destina uma grande porção de suas receitas anuais à pesquisa e desenvolvimento e exerce papéis de liderança em organizações internacionais que estabelecem os padrões. A ZTE está comprometida com a responsabilidade social corporativa e é afiliada ao programa "UN Global Compact" (Compacto Global da ONU). Para obter mais informações, visite www.zte.com.cn

Contato com a imprensa:

Margrete Ma
ZTE Corporation
ma.gaili@zte.com.cn 

FONTE ZTE Corporation