A Axenya Anuncia o Começo de um Estudo da Solução do Ecossistema do Diabetes em Pacientes Latino-Americanos

MONTEVIDÉU, Uruguai, 29 de maio de 2020 /PRNewswire/ -- A AXENYA, uma startup latino-americana de saúde digital, anuncia o começo do primeiro estudo e teste-piloto para o primeiro ecossistema de tratamento do diabetes da América Latina.

"Estamos fundamentados em pesquisas sólidas e sustentados por um programa clínico robusto", disse o Dr. Esteban Rubin, cofundador da Axenya. "Nosso foco é melhorar a relação médico-paciente com ferramentas terapêuticas de última geração, que mostram resultados mensuráveis e com as quais os médicos podem criar um caminho clínico com base em evidências. Não existe medicina moderna sem evidências".

A Axenya, que iniciou suas operações no início de 2020, oferece produtos de software e hardware que expandem a caixa de ferramentas dos médicos, permitindo-lhes ajudar os pacientes a atingir padrões mais elevados de saúde e tornar a prática geral da medicina mais personalizada e precisa. Ferramentas de tecnologia semelhantes foram usadas em outras regiões para propósitos comparáveis e mostraram resultados clínicos significativos em estudos controlados e revisados por pares. Ao contrário dos estudos relacionados aos fármacos, que visam principalmente fatores químicos e biológicos, as soluções tecnológicas se baseiam significativamente em traços culturais complexos e dependem mais fortemente da ciência do comportamento. Em estudos clínicos, os efeitos do tratamento podem ser inferidos imparcialmente em uma população diferente, porque os seres humanos tendem a ser razoavelmente uniformes em seus traços biológicos. As ferramentas digitais, por outro lado, exigem adaptação mais rigorosa e pesquisa local cuidadosa para garantir eficácia e segurança. A Axenya tem o compromisso de financiar e conduzir a pesquisa local necessária para oferecer evidências relevantes e robustas à comunidade médica.

O Dr. Adrian Proietti, um endocrinologista de destaque e clínico geral, com vasta experiência no uso da tecnologia aplicada à medicina e, mais especificamente, ao tratamento do diabetes, foi nomeado pesquisador principal do estudo. Graduou-se pela Universidade de Buenos Aires e estudou na Faculdade de Medicina da Universidade Emory, com o Dr. Bruce W. Bode, uma das principais autoridades mundiais em bombas de insulina e monitoramento contínuo de glicose, duas das tecnologias de ponta que revolucionaram os tratamentos do diabetes. Também é pós-graduado pela Universidade de Ljubljana, no campo da tecnologia aplicada ao tratamento do diabetes. Após 10 anos de prática clínica no Hospital Italiano de Buenos Aires, o Dr. Adrian Proietti é agora diretor do Instituto Integral de Diabetes e Tecnologia Aplicada (IDTA), em Buenos Aires.

"Estou muito animado para colaborar com a Axenya", disse ele. "Tenho acompanhado o desenvolvimento do setor de tecnologia da saúde com bastante entusiasmo nos últimos anos, em outras regiões, e acredito que ferramentas semelhantes podem trazer valor significativo para a América Latina, se dedicarmos algum tempo para unir cuidadosamente todas as partes dos sistemas de saúde locais. Estamos no início de uma revolução nos tratamentos aos pacientes. Daqui a dez anos, veremos o padrão de tratamento atual como hoje vemos um aparelho de fax do final do século XX".

A empresa espera começar o recrutamento nas próximas semanas e conduzir o estudo no final de 2020.

SOBRE A AXENYA

A Axenya é uma startup de saúde digital dedicada a capacitar médicos e pacientes latino-americanos para se conectarem com o futuro da medicina. A empresa permanece no modo oculto por enquanto.

FONTE Axenya Holdings Inc.

MONTEVIDÉU, Uruguai, 29 de maio de 2020 /PRNewswire/ -- A AXENYA, uma startup latino-americana de saúde digital, anuncia o começo do primeiro estudo e teste-piloto para o primeiro ecossistema de tratamento do diabetes da América Latina.

"Estamos fundamentados em pesquisas sólidas e sustentados por um programa clínico robusto", disse o Dr. Esteban Rubin, cofundador da Axenya. "Nosso foco é melhorar a relação médico-paciente com ferramentas terapêuticas de última geração, que mostram resultados mensuráveis e com as quais os médicos podem criar um caminho clínico com base em evidências. Não existe medicina moderna sem evidências".

A Axenya, que iniciou suas operações no início de 2020, oferece produtos de software e hardware que expandem a caixa de ferramentas dos médicos, permitindo-lhes ajudar os pacientes a atingir padrões mais elevados de saúde e tornar a prática geral da medicina mais personalizada e precisa. Ferramentas de tecnologia semelhantes foram usadas em outras regiões para propósitos comparáveis e mostraram resultados clínicos significativos em estudos controlados e revisados por pares. Ao contrário dos estudos relacionados aos fármacos, que visam principalmente fatores químicos e biológicos, as soluções tecnológicas se baseiam significativamente em traços culturais complexos e dependem mais fortemente da ciência do comportamento. Em estudos clínicos, os efeitos do tratamento podem ser inferidos imparcialmente em uma população diferente, porque os seres humanos tendem a ser razoavelmente uniformes em seus traços biológicos. As ferramentas digitais, por outro lado, exigem adaptação mais rigorosa e pesquisa local cuidadosa para garantir eficácia e segurança. A Axenya tem o compromisso de financiar e conduzir a pesquisa local necessária para oferecer evidências relevantes e robustas à comunidade médica.

O Dr. Adrian Proietti, um endocrinologista de destaque e clínico geral, com vasta experiência no uso da tecnologia aplicada à medicina e, mais especificamente, ao tratamento do diabetes, foi nomeado pesquisador principal do estudo. Graduou-se pela Universidade de Buenos Aires e estudou na Faculdade de Medicina da Universidade Emory, com o Dr. Bruce W. Bode, uma das principais autoridades mundiais em bombas de insulina e monitoramento contínuo de glicose, duas das tecnologias de ponta que revolucionaram os tratamentos do diabetes. Também é pós-graduado pela Universidade de Ljubljana, no campo da tecnologia aplicada ao tratamento do diabetes. Após 10 anos de prática clínica no Hospital Italiano de Buenos Aires, o Dr. Adrian Proietti é agora diretor do Instituto Integral de Diabetes e Tecnologia Aplicada (IDTA), em Buenos Aires.

"Estou muito animado para colaborar com a Axenya", disse ele. "Tenho acompanhado o desenvolvimento do setor de tecnologia da saúde com bastante entusiasmo nos últimos anos, em outras regiões, e acredito que ferramentas semelhantes podem trazer valor significativo para a América Latina, se dedicarmos algum tempo para unir cuidadosamente todas as partes dos sistemas de saúde locais. Estamos no início de uma revolução nos tratamentos aos pacientes. Daqui a dez anos, veremos o padrão de tratamento atual como hoje vemos um aparelho de fax do final do século XX".

A empresa espera começar o recrutamento nas próximas semanas e conduzir o estudo no final de 2020.

SOBRE A AXENYA

A Axenya é uma startup de saúde digital dedicada a capacitar médicos e pacientes latino-americanos para se conectarem com o futuro da medicina. A empresa permanece no modo oculto por enquanto.

FONTE Axenya Holdings Inc.

Você acabou de ler:

A Axenya Anuncia o Começo de um Estudo da Solução do Ecossistema do Diabetes em Pacientes Latino-Americanos

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/a-axenya-anuncia-o-comeco-de-um-estudo-da-solucao-do-ecossistema-do-diabetes-em-pacientes-latino-americanos/