A campanha #BiasCorrect do Dia Internacional da Mulher da Catalyst está de volta para quebrar o preconceito inconsciente de gênero no ambiente de trabalho

A campanha envolve os homens e está disponível em vários idiomas no plugin do Slack e em outras ferramentas

NOVA YORK, 4 de março de 2020 /PRNewswire/ -- A Catalyst está comemorando o Dia Internacional da Mulher de 2020 com o relançamento da bem-sucedida campanha #BiasCorrect (corretor de preconceito) para quebrar o preconceito inconsciente, destacando o poder das palavras usadas para descrever as mulheres no ambiente de trabalho.

Com base no sucesso da campanha #BiasCorrect do Dia Internacional da Mulher de 2019, que destacou imagens de mulheres líderes e influenciadoras como Hillary Clinton e Sheryl Sandberg, compartilhando palavras preconceituosas usadas para descrevê-las no ambiente de trabalho, mais o plugin do Slack para corrigir essa linguagem preconceituosa de gênero, a campanha deste ano foi ampliada para incluir os homens. O objetivo é demonstrar que mulheres e homens com os mesmos talentos e habilidades são frequentemente descritos de maneiras muito diferentes, criando barreiras que podem afetar desfavoravelmente o avanço das mulheres.

Estima-se que a campanha do ano passado, em parceria com o Burns Group, empresa de transformação de marcas liderada por mulheres, tenha atingido 188,5 milhões de pessoas, e que a hashtag #BiasCorrect tenha atraído o interesse de mais de 32 milhões no Twitter. A página #BiasCorrect recebeu mais de 114.000 visitas de 89 países, de seis continentes e, desde 2019, quase 300 equipes de trabalho baixaram o plug-in #BiasCorrect no Slack.

"A reação à campanha #BiasCorrect do ano passado confirmou que muitas pessoas não estão conscientes do impacto do preconceito inconsciente de gênero no local de trabalho. Assim, sabíamos que seria importante continuar a educar as pessoas sobre como a linguagem afeta a inclusão", disse Lorraine Hariton, presidente e diretora executiva da Catalyst. "Sabemos que o problema não está resolvido e estamos envolvendo os homens como parceiros de gênero na campanha #BiasCorrect de 2020 para quebrar o preconceito e ajudar as mulheres a avançar".

O gerador de fotos com palavras com preconceito de gênero do #BiasCorrect deste ano está disponível em inglês, francês, alemão, espanhol e japonês.

O plug-in #BiasCorrect do Slack está disponível em inglês, francês, alemão e espanhol. O plug-in foi atualizado pela WillowTree para a campanha 2020 e identifica preconceitos inconscientes em conversas em tempo real em plataformas de conversas de ambientes de trabalho, como o Slack, identificando palavras que criam estereótipos prejudiciais de gênero, sugerindo alternativas, como "apaixonada" para substituir "emotiva" e "chefe" para substituir "autoritária". Está disponível em código-fonte aberto, podendo ser adaptado para outras plataformas de mensagens instantâneas.

O site #BiasCorrect traz depoimentos em vídeo de líderes e influenciadoras que enfrentaram preconceitos de gênero, publicações personalizáveis de mídia social para download e informações sobre como indivíduos e empresas podem combater os preconceitos inconscientes, inclusive um recurso de fazer upload de fotos, permitindo que homens e mulheres adicionem suas próprias palavras ao #BiasCorrect.

"Consideramos importante ampliar nosso trabalho com a Catalyst para tornar o #BiasCorrect ainda mais inclusivo", disse Joanne McKinney, diretora executiva do Burns Group. "É uma verdade lamentável que o preconceito de gênero seja universal, e a presença global da Catalyst permite que sejam criadas ferramentas de amplo alcance para impulsionar mudanças".

A Catalyst convida as pessoas e empresas a visitar a página #BiasCorrect, que disponibiliza recursos para homens e mulheres para ajudar a entender, quebrar e corrigir o preconceito inconsciente. A campanha também será exibida em várias regiões e cidades, em pôsteres nos pontos de ônibus e elevadores. O Bank of America é o principal patrocinador desta campanha.

Sobre a Catalyst

A Catalyst é uma organização global sem fins lucrativos, que trabalha com alguns dos diretores executivos mais poderosos do mundo e com as principais empresas, para ajudar a construir ambientes de trabalho favoráveis às mulheres. Fundada em 1962, a Catalyst promove mudanças com pesquisas pioneiras, ferramentas práticas e soluções comprovadas para acelerar e conduzir as mulheres à liderança, porque o progresso para as mulheres significa progresso para todos.

Sobre o Burns Group

O Burns Group é uma empresa de transformação de marcas que, corajosamente, cocria o futuro de marcas jovens e antigas. Traz coragem às marcas estabelecidas e experiência às startups. Para saber mais, visite o site burnsgroupnyc.com.

Contatos de mídia: 

EUA: Stephanie Wolf

+1 732 322 3698

media@stephaniewolfpr.com

Canadá: Francine Beck

+1 416 725 3710

francine@fbstrategiesgroup.com

Europa: Frances Knox

+ 44 7850 470123

frances@frankly-pr.co.uk

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/732308/Catalyst_Tagline_Logo.jpg

FONTE Catalyst

A campanha envolve os homens e está disponível em vários idiomas no plugin do Slack e em outras ferramentas

NOVA YORK, 4 de março de 2020 /PRNewswire/ -- A Catalyst está comemorando o Dia Internacional da Mulher de 2020 com o relançamento da bem-sucedida campanha #BiasCorrect (corretor de preconceito) para quebrar o preconceito inconsciente, destacando o poder das palavras usadas para descrever as mulheres no ambiente de trabalho.

Com base no sucesso da campanha #BiasCorrect do Dia Internacional da Mulher de 2019, que destacou imagens de mulheres líderes e influenciadoras como Hillary Clinton e Sheryl Sandberg, compartilhando palavras preconceituosas usadas para descrevê-las no ambiente de trabalho, mais o plugin do Slack para corrigir essa linguagem preconceituosa de gênero, a campanha deste ano foi ampliada para incluir os homens. O objetivo é demonstrar que mulheres e homens com os mesmos talentos e habilidades são frequentemente descritos de maneiras muito diferentes, criando barreiras que podem afetar desfavoravelmente o avanço das mulheres.

Estima-se que a campanha do ano passado, em parceria com o Burns Group, empresa de transformação de marcas liderada por mulheres, tenha atingido 188,5 milhões de pessoas, e que a hashtag #BiasCorrect tenha atraído o interesse de mais de 32 milhões no Twitter. A página #BiasCorrect recebeu mais de 114.000 visitas de 89 países, de seis continentes e, desde 2019, quase 300 equipes de trabalho baixaram o plug-in #BiasCorrect no Slack.

"A reação à campanha #BiasCorrect do ano passado confirmou que muitas pessoas não estão conscientes do impacto do preconceito inconsciente de gênero no local de trabalho. Assim, sabíamos que seria importante continuar a educar as pessoas sobre como a linguagem afeta a inclusão", disse Lorraine Hariton, presidente e diretora executiva da Catalyst. "Sabemos que o problema não está resolvido e estamos envolvendo os homens como parceiros de gênero na campanha #BiasCorrect de 2020 para quebrar o preconceito e ajudar as mulheres a avançar".

O gerador de fotos com palavras com preconceito de gênero do #BiasCorrect deste ano está disponível em inglês, francês, alemão, espanhol e japonês.

O plug-in #BiasCorrect do Slack está disponível em inglês, francês, alemão e espanhol. O plug-in foi atualizado pela WillowTree para a campanha 2020 e identifica preconceitos inconscientes em conversas em tempo real em plataformas de conversas de ambientes de trabalho, como o Slack, identificando palavras que criam estereótipos prejudiciais de gênero, sugerindo alternativas, como "apaixonada" para substituir "emotiva" e "chefe" para substituir "autoritária". Está disponível em código-fonte aberto, podendo ser adaptado para outras plataformas de mensagens instantâneas.

O site #BiasCorrect traz depoimentos em vídeo de líderes e influenciadoras que enfrentaram preconceitos de gênero, publicações personalizáveis de mídia social para download e informações sobre como indivíduos e empresas podem combater os preconceitos inconscientes, inclusive um recurso de fazer upload de fotos, permitindo que homens e mulheres adicionem suas próprias palavras ao #BiasCorrect.

"Consideramos importante ampliar nosso trabalho com a Catalyst para tornar o #BiasCorrect ainda mais inclusivo", disse Joanne McKinney, diretora executiva do Burns Group. "É uma verdade lamentável que o preconceito de gênero seja universal, e a presença global da Catalyst permite que sejam criadas ferramentas de amplo alcance para impulsionar mudanças".

A Catalyst convida as pessoas e empresas a visitar a página #BiasCorrect, que disponibiliza recursos para homens e mulheres para ajudar a entender, quebrar e corrigir o preconceito inconsciente. A campanha também será exibida em várias regiões e cidades, em pôsteres nos pontos de ônibus e elevadores. O Bank of America é o principal patrocinador desta campanha.

Sobre a Catalyst

A Catalyst é uma organização global sem fins lucrativos, que trabalha com alguns dos diretores executivos mais poderosos do mundo e com as principais empresas, para ajudar a construir ambientes de trabalho favoráveis às mulheres. Fundada em 1962, a Catalyst promove mudanças com pesquisas pioneiras, ferramentas práticas e soluções comprovadas para acelerar e conduzir as mulheres à liderança, porque o progresso para as mulheres significa progresso para todos.

Sobre o Burns Group

O Burns Group é uma empresa de transformação de marcas que, corajosamente, cocria o futuro de marcas jovens e antigas. Traz coragem às marcas estabelecidas e experiência às startups. Para saber mais, visite o site burnsgroupnyc.com.

Contatos de mídia: 

EUA: Stephanie Wolf

+1 732 322 3698

media@stephaniewolfpr.com

Canadá: Francine Beck

+1 416 725 3710

francine@fbstrategiesgroup.com

Europa: Frances Knox

+ 44 7850 470123

frances@frankly-pr.co.uk

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/732308/Catalyst_Tagline_Logo.jpg

FONTE Catalyst

Você acabou de ler:

A campanha #BiasCorrect do Dia Internacional da Mulher da Catalyst está de volta para quebrar o preconceito inconsciente de gênero no ambiente de trabalho

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/a-campanha-biascorrect-do-dia-internacional-da-mulher-da-catalyst-esta-de-volta-para-quebrar-o-preconceito-inconsciente-de-genero-no-ambiente-de-trabalho/