A China Marine Economy Expo de 2018 foi inaugurada em Zhanjiang, Guangdong

ZHANJIANG, China, 23 de novembro de 2018 /PRNewswire/ -- Em 22 de novembro, a sexta edição da Exposição de Economia Marítima da China (CMEE - China Marine Economy Expo), realizada em conjunto entre o governo de Guangdong e o Ministério de Recursos Naturais da China (MNR), foi inaugurada em Zhanjiang, uma cidade costeira de Guangdong, China. A abertura da Exposição foi feita pelo governador da província de Guangdong, Ma Xingrui e Wang Hong, membro do grupo de liderança do partido do MNR e diretor geral da Administração Oceânica do Estado, discursou no evento.

Wang Hong disse que durante os últimos 40 anos de reforma e abertura, a China melhorou de forma contínua o desenvolvimento e a utilização de seus recursos marítimos e as capacidades de proteção ecológica ambiental, melhorou seu nível de inovação científica e tecnológica e a economia marítima continuou a crescer. O azul do mar se tornou um espaço importante para a construção de um moderno sistema econômico na nova era. Espera-se que a plataforma da CMEE seja totalmente utilizada e, com o esforço conjunto de todas as partes, uma cooperação mais intensa, abrangente e pragmática será realizada para criar um futuro brilhante e de benefícios mútuos.

Após a cerimônia de abertura, Ma Xingrui, Wang Hong e outros líderes visitaram a área de exibição. Durante uma conversa cordial com os representantes das empresas expositoras, Ma disse que, no presente, Guangdong está totalmente comprometida com a promoção da construção da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau e se empenhando para construir um moderno cinturão econômico costeiro e uma forte província marítima. Espera-se que as empresas expositoras aproveitem as oportunidades, aprofundem as trocas e a cooperação, fortaleçam a P&D e a inovação e, juntas, promovam o desenvolvimento da economia marítima e do setor marítimo. Guangdong criará um ambiente de negócios mais vantajoso para as empresas em Guangdong. Ma também solicitou mais melhorias na CMEE, para ser mais internacionalizada, especializada e orientada para o mercado e se tornar uma janela para apresentar as conquistas da China e o desenvolvimento da economia marítima mundial, uma plataforma de alta qualidade para a cooperação econômica no setor marítimo e um grandioso evento para trocas na ciência marítima e na inovação tecnológica.

Sob o tema "Liderando o compartilhamento cooperativo no azul do mar", a CMEE de 2018 exibe inovações em vários setores, no centro das quais estão equipamentos de engenharia naval, energia e tecnologia naval, logística de portos, turismo costeiro, biomedicina e serviços marítimos modernos. De acordo com o Comitê de Preparação do evento, 2.400 empresas de 72 países participaram da exibição, incluindo uma grande variedade de gigantes da área marítima, tai como a BASF SE, China Merchants Group, China Shipbuilding Industry Corporation, China State Shipbuilding Corporation Limited, China Communications Construction, State Power Investment, CNOOC e a Guangzhou Shipyard International.

Durante o evento, foram discutidos caminhos para o desenvolvimento inovador da economia marítima, o índice de desenvolvimento da economia marítima da China foi divulgado e 11 fóruns relacionados com o setor marítimo e várias atividades comerciais relevantes foram realizados.

Localizada na ponta mais ao sul da China continental e cercada pelo mar por três lados, Zhanjiang é a cidade com nível de província com a mais longa linha costeira da China. A cidade tem vantagens geográficas exclusivas e abundantes recursos marítimos. Sendo uma cidade-modelo para a inovação e o desenvolvimento da economia marítima da China, Zhanjiang tem renovado constantemente seu modo de desenvolvimento nos últimos anos e alcançado rápido desenvolvimento.

Como resultado, a CMEE, um evento anual que teve início em 2012, se fixou permanentemente em Zhanjiang desde 2014. As últimas cinco edições contaram com 83 países participantes e 11.000 empresas, com um volume total de transações de mais de 200 bilhões de yuans (US$ 28,85 bilhões).

 

FONTE The Preparatory Committee of the China Marine Economy Expo

ZHANJIANG, China, 23 de novembro de 2018 /PRNewswire/ -- Em 22 de novembro, a sexta edição da Exposição de Economia Marítima da China (CMEE - China Marine Economy Expo), realizada em conjunto entre o governo de Guangdong e o Ministério de Recursos Naturais da China (MNR), foi inaugurada em Zhanjiang, uma cidade costeira de Guangdong, China. A abertura da Exposição foi feita pelo governador da província de Guangdong, Ma Xingrui e Wang Hong, membro do grupo de liderança do partido do MNR e diretor geral da Administração Oceânica do Estado, discursou no evento.

Wang Hong disse que durante os últimos 40 anos de reforma e abertura, a China melhorou de forma contínua o desenvolvimento e a utilização de seus recursos marítimos e as capacidades de proteção ecológica ambiental, melhorou seu nível de inovação científica e tecnológica e a economia marítima continuou a crescer. O azul do mar se tornou um espaço importante para a construção de um moderno sistema econômico na nova era. Espera-se que a plataforma da CMEE seja totalmente utilizada e, com o esforço conjunto de todas as partes, uma cooperação mais intensa, abrangente e pragmática será realizada para criar um futuro brilhante e de benefícios mútuos.

Após a cerimônia de abertura, Ma Xingrui, Wang Hong e outros líderes visitaram a área de exibição. Durante uma conversa cordial com os representantes das empresas expositoras, Ma disse que, no presente, Guangdong está totalmente comprometida com a promoção da construção da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau e se empenhando para construir um moderno cinturão econômico costeiro e uma forte província marítima. Espera-se que as empresas expositoras aproveitem as oportunidades, aprofundem as trocas e a cooperação, fortaleçam a P&D e a inovação e, juntas, promovam o desenvolvimento da economia marítima e do setor marítimo. Guangdong criará um ambiente de negócios mais vantajoso para as empresas em Guangdong. Ma também solicitou mais melhorias na CMEE, para ser mais internacionalizada, especializada e orientada para o mercado e se tornar uma janela para apresentar as conquistas da China e o desenvolvimento da economia marítima mundial, uma plataforma de alta qualidade para a cooperação econômica no setor marítimo e um grandioso evento para trocas na ciência marítima e na inovação tecnológica.

Sob o tema "Liderando o compartilhamento cooperativo no azul do mar", a CMEE de 2018 exibe inovações em vários setores, no centro das quais estão equipamentos de engenharia naval, energia e tecnologia naval, logística de portos, turismo costeiro, biomedicina e serviços marítimos modernos. De acordo com o Comitê de Preparação do evento, 2.400 empresas de 72 países participaram da exibição, incluindo uma grande variedade de gigantes da área marítima, tai como a BASF SE, China Merchants Group, China Shipbuilding Industry Corporation, China State Shipbuilding Corporation Limited, China Communications Construction, State Power Investment, CNOOC e a Guangzhou Shipyard International.

Durante o evento, foram discutidos caminhos para o desenvolvimento inovador da economia marítima, o índice de desenvolvimento da economia marítima da China foi divulgado e 11 fóruns relacionados com o setor marítimo e várias atividades comerciais relevantes foram realizados.

Localizada na ponta mais ao sul da China continental e cercada pelo mar por três lados, Zhanjiang é a cidade com nível de província com a mais longa linha costeira da China. A cidade tem vantagens geográficas exclusivas e abundantes recursos marítimos. Sendo uma cidade-modelo para a inovação e o desenvolvimento da economia marítima da China, Zhanjiang tem renovado constantemente seu modo de desenvolvimento nos últimos anos e alcançado rápido desenvolvimento.

Como resultado, a CMEE, um evento anual que teve início em 2012, se fixou permanentemente em Zhanjiang desde 2014. As últimas cinco edições contaram com 83 países participantes e 11.000 empresas, com um volume total de transações de mais de 200 bilhões de yuans (US$ 28,85 bilhões).

 

FONTE The Preparatory Committee of the China Marine Economy Expo