A Educação Não Pode Esperar: 222 milhões de crianças afetadas pela crise precisam urgentemente de assistência educacional

GENEBRA, 21 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- O fundo global das Nações Unidas para educação em emergências e crises prolongadas, A Educação não Pode Esperar (ECW), divulgou hoje um novo relatório chocante que indica o número de crianças em idade escolar que necessitam de apoio educacional e que sofreram impacto de crises cresceu de cerca de 75 milhões em 2016 para 222 milhões hoje.

Dos 222 milhões de crianças e adolescentes afetados pela crise que precisam de assistência urgente, o estudo indica que 78,2 milhões estão fora da escola e cerca de 120 milhões frequentam a escola, mas não alcançam proficiência mínima em matemática ou leitura. Na verdade, apenas uma em cada dez crianças afetadas pela crise que frequentam o ensino primário ou secundário está atingindo efetivamente esses padrões de proficiência.

"Precisamos de governos, empresas, fundações e pessoas para apoiar o trabalho vital do movimento "A Educação Não Pode Esperar". Ajudem-nos a levar a educação ao alcance de todas as crianças em todos os lugares. Ajudem-nos a manter vivos 222 milhões de sonhos", disse o Secretário-geral da ONU, António Guterres.

A análise indica que 84% das crianças fora da escola por consequência da crise vivem em áreas com crises prolongadas. A grande maioria delas está em países especificamente selecionados por meio dos inovadores investimentos de vários anos da ECW, como Afeganistão, República Democrática do Congo, Etiópia, Mali, Nigéria, Paquistão, Somália, Sudão do Sul, Sudão e Iêmen

Para responder a esta crise urgente de educação global, a ECW e seus parceiros estratégicos lançaram hoje em Genebra a campanha de mobilização de recursos #222MillionDreams. A campanha convoca doadores, o setor privado, fundações filantrópicas e indivíduos de alto patrimônio líquido para mobilizar urgentemente mais recursos para intensificar os investimentos da ECW, que já está oferecendo educação de qualidade para mais de cinco milhões de crianças em mais de 40 países afetados pela crise.

"Os recursos financeiros visam garantir que todas as crianças e jovens possam receber uma educação de qualidade existente no mundo. Governos, o setor privado e fundações podem e devem viabilizar esses recursos", disse O Muito Honorável Gordon Brown, enviado especial da ONU para a Educação Global e presidente do grupo de direção de alto nível da ECW.

A campanha leva à Conferência de Financiamento de Alto Nível - A Educação Não Pode Esperar, que será realizada de 16 a 17 de fevereiro de 2023, em Genebra.

"Este é um chamado à ação global. Enquanto o mundo luta contra os impactos devastadores dos conflitos armados, a COVID-19 e as mudanças climáticas, 222 milhões de crianças vivem essas experiências terríveis. É nosso dever capacitá-las por meio da educação e ajudar a realizar seus sonhos", disse a diretora da ECW, Yasmine Sherif.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1842761/Education_Cannot_Wait_Rania.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1656121/Education_Cannot_Wait_Logo.jpg

 

 

FONTE Education Cannot Wait

GENEBRA, 21 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- O fundo global das Nações Unidas para educação em emergências e crises prolongadas, A Educação não Pode Esperar (ECW), divulgou hoje um novo relatório chocante que indica o número de crianças em idade escolar que necessitam de apoio educacional e que sofreram impacto de crises cresceu de cerca de 75 milhões em 2016 para 222 milhões hoje.

Dos 222 milhões de crianças e adolescentes afetados pela crise que precisam de assistência urgente, o estudo indica que 78,2 milhões estão fora da escola e cerca de 120 milhões frequentam a escola, mas não alcançam proficiência mínima em matemática ou leitura. Na verdade, apenas uma em cada dez crianças afetadas pela crise que frequentam o ensino primário ou secundário está atingindo efetivamente esses padrões de proficiência.

"Precisamos de governos, empresas, fundações e pessoas para apoiar o trabalho vital do movimento "A Educação Não Pode Esperar". Ajudem-nos a levar a educação ao alcance de todas as crianças em todos os lugares. Ajudem-nos a manter vivos 222 milhões de sonhos", disse o Secretário-geral da ONU, António Guterres.

A análise indica que 84% das crianças fora da escola por consequência da crise vivem em áreas com crises prolongadas. A grande maioria delas está em países especificamente selecionados por meio dos inovadores investimentos de vários anos da ECW, como Afeganistão, República Democrática do Congo, Etiópia, Mali, Nigéria, Paquistão, Somália, Sudão do Sul, Sudão e Iêmen

Para responder a esta crise urgente de educação global, a ECW e seus parceiros estratégicos lançaram hoje em Genebra a campanha de mobilização de recursos #222MillionDreams. A campanha convoca doadores, o setor privado, fundações filantrópicas e indivíduos de alto patrimônio líquido para mobilizar urgentemente mais recursos para intensificar os investimentos da ECW, que já está oferecendo educação de qualidade para mais de cinco milhões de crianças em mais de 40 países afetados pela crise.

"Os recursos financeiros visam garantir que todas as crianças e jovens possam receber uma educação de qualidade existente no mundo. Governos, o setor privado e fundações podem e devem viabilizar esses recursos", disse O Muito Honorável Gordon Brown, enviado especial da ONU para a Educação Global e presidente do grupo de direção de alto nível da ECW.

A campanha leva à Conferência de Financiamento de Alto Nível - A Educação Não Pode Esperar, que será realizada de 16 a 17 de fevereiro de 2023, em Genebra.

"Este é um chamado à ação global. Enquanto o mundo luta contra os impactos devastadores dos conflitos armados, a COVID-19 e as mudanças climáticas, 222 milhões de crianças vivem essas experiências terríveis. É nosso dever capacitá-las por meio da educação e ajudar a realizar seus sonhos", disse a diretora da ECW, Yasmine Sherif.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1842761/Education_Cannot_Wait_Rania.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1656121/Education_Cannot_Wait_Logo.jpg

 

 

FONTE Education Cannot Wait

Você acabou de ler:

A Educação Não Pode Esperar: 222 milhões de crianças afetadas pela crise precisam urgentemente de assistência educacional

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/a-educacao-nao-pode-esperar-222-milhoes-de-criancas-afetadas-pela-crise-precisam-urgentemente-de-assistencia-educacional/