A Global Energy Association está contribuindo para a discussão acerca da descarbonização

MOSCOU, 3 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- A Global Energy Association apresentou seu segundo relatório anual "Dez ideias inovadoras no setor de energia para os próximos dez anos" no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, organizado pela Roscongress Foundation.

O relatório apresenta tecnologias a serem utilizadas para resolver os problemas mais urgentes da energia moderna – redução das emissões de CO2, redução da pegada ambiental e identificação de maneiras menos onerosas de usar inovações no setor de energia.

Entre os autores estão pesquisadores dos Estados Unidos, Reino Unido, Holanda, Dinamarca, Espanha, China e Rússia.

A apresentação foi realizada no âmbito de uma sessão que contou com Alexander Novak (vice-primeiro-ministro russo), Alexey Miller (presidente do comitê de gestão, Gazprom), Andrei Ryumin (diretor geral, Rossetti), Príncipe Abdul Aziz bin Salman Al Saud (ministro da energia, Arábia Saudita) e Angela Wilkinson (secretária-geral, World Energy Council).

Participaram da sessão os vencedores do Prêmio Nobel, Rae Kwon Chung e Riccardo Valentini. O moderador foi Sergey Brilev, presidente da Global Energy Association.

"A ampla variedade de temas no relatório mostra mais uma vez que as premissas de que a transição energética é uma linha reta que separa os combustíveis fósseis das fontes de energia renováveis são um exagero", disse o vice-primeiro-ministro russo Alexander Novak.

"Mais apropriadamente, estamos falando de uma transição para o desenvolvimento sustentável que propicie nichos de combustíveis fósseis e energias alternativas."

De acordo com Novak, as novas tecnologias oferecem oportunidades para os fornecedores tradicionais avançarem com confiança na era do baixo carbono.

Aqui estão as dez ideias inovadoras apresentadas na segunda edição do relatório:

  • Tecnologias industriais de captura e armazenamento de carbono.
  • Gêmeos digitais (cópias virtuais de objetos físicos).
  • Usinas solares flutuantes.
  • Hidrogênio azul (hidrogênio produzido a partir da separação do vapor do gás natural).
  • Métodos catalíticos para processamento de dióxido de carbono da geração de carvão em produtos úteis.
  • Combustíveis para motores de alta qualidade a partir de matérias-primas vegetais (tecnologias que permitem a produção de biocombustíveis comparáveis aos derivados de petróleo em termos de características técnicas).
  • Bombas de calor de alta temperatura (bombas de calor que funcionam com CO2).
  • Tecnologias para gerenciamento de resíduos de campos petrolíferos (tecnologias para descarte de fluidos/lama de perfuração).
  • Tecnologia de transmissão de energia de ultra-alta tensão (tecnologias que permitem transporte eficaz de eletricidade).
  • Power to E-Fuel (transformação de eletricidade em hidrogênio por meio da eletrônica de potência).

 

  

 

 

FONTE The Global Energy Association

MOSCOU, 3 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- A Global Energy Association apresentou seu segundo relatório anual "Dez ideias inovadoras no setor de energia para os próximos dez anos" no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, organizado pela Roscongress Foundation.

O relatório apresenta tecnologias a serem utilizadas para resolver os problemas mais urgentes da energia moderna – redução das emissões de CO2, redução da pegada ambiental e identificação de maneiras menos onerosas de usar inovações no setor de energia.

Entre os autores estão pesquisadores dos Estados Unidos, Reino Unido, Holanda, Dinamarca, Espanha, China e Rússia.

A apresentação foi realizada no âmbito de uma sessão que contou com Alexander Novak (vice-primeiro-ministro russo), Alexey Miller (presidente do comitê de gestão, Gazprom), Andrei Ryumin (diretor geral, Rossetti), Príncipe Abdul Aziz bin Salman Al Saud (ministro da energia, Arábia Saudita) e Angela Wilkinson (secretária-geral, World Energy Council).

Participaram da sessão os vencedores do Prêmio Nobel, Rae Kwon Chung e Riccardo Valentini. O moderador foi Sergey Brilev, presidente da Global Energy Association.

"A ampla variedade de temas no relatório mostra mais uma vez que as premissas de que a transição energética é uma linha reta que separa os combustíveis fósseis das fontes de energia renováveis são um exagero", disse o vice-primeiro-ministro russo Alexander Novak.

"Mais apropriadamente, estamos falando de uma transição para o desenvolvimento sustentável que propicie nichos de combustíveis fósseis e energias alternativas."

De acordo com Novak, as novas tecnologias oferecem oportunidades para os fornecedores tradicionais avançarem com confiança na era do baixo carbono.

Aqui estão as dez ideias inovadoras apresentadas na segunda edição do relatório:

  • Tecnologias industriais de captura e armazenamento de carbono.
  • Gêmeos digitais (cópias virtuais de objetos físicos).
  • Usinas solares flutuantes.
  • Hidrogênio azul (hidrogênio produzido a partir da separação do vapor do gás natural).
  • Métodos catalíticos para processamento de dióxido de carbono da geração de carvão em produtos úteis.
  • Combustíveis para motores de alta qualidade a partir de matérias-primas vegetais (tecnologias que permitem a produção de biocombustíveis comparáveis aos derivados de petróleo em termos de características técnicas).
  • Bombas de calor de alta temperatura (bombas de calor que funcionam com CO2).
  • Tecnologias para gerenciamento de resíduos de campos petrolíferos (tecnologias para descarte de fluidos/lama de perfuração).
  • Tecnologia de transmissão de energia de ultra-alta tensão (tecnologias que permitem transporte eficaz de eletricidade).
  • Power to E-Fuel (transformação de eletricidade em hidrogênio por meio da eletrônica de potência).

 

  

 

 

FONTE The Global Energy Association

Você acabou de ler:

A Global Energy Association está contribuindo para a discussão acerca da descarbonização

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/a-global-energy-association-esta-contribuindo-para-a-discussao-acerca-da-descarbonizacao/