A Oxford Royale Academy anuncia a terceira vitória do prestigiado Queen's Award

OXFORD, Inglaterra, 26 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A Oxford Royale Academy (ORA), principal fornecedora de escolas de verão acadêmicas para estudantes internacionais, foi nomeada hoje como vencedora do prêmio Queen's Award for Enterprise, pela terceira vez em sete anos. O Queen's Award é o mais alto reconhecimento oficial para empresas britânicas, concedido por contribuições excepcionais ao comércio internacional, à inovação ou ao desenvolvimento sustentável. A ORA foi selecionada como vencedora na categoria de comércio internacional.

"Receber o Queen's Award três vezes desde 2012 é uma enorme conquista", disse o diretor executivo e fundador da ORA, William Humphreys. "Trilhamos um caminho muito interessante desde o início da organização, há 15 anos, e recebemos mais de 20.000 estudantes de mais de 160 países no Reino Unido. Tenho muito orgulho das oportunidades que oferecemos e da maneira como os alunos usam essas oportunidades para ter sucesso nos caminhos de vida que escolhem. Também estou extremamente orgulhoso da equipe da ORA, que trabalha incansavelmente para garantir experiências culturais e educacionais inigualáveis a todos os alunos".

Para traçar um caminho verdadeiramente sólido e bem-sucedido neste mundo altamente competitivo, a ORA acredita que os jovens precisam agora de mais conscientização global, experiências culturais mais variadas, redes globais mais amplas e orientações e direções pessoais vitais. E as escolas de verão da ORA oferecem exatamente isso. Os alunos podem escolher entre os mais de 150 cursos, todos criados para ajudá-los a ganhar confiança, experiência e vantagem competitiva. Dependendo do curso escolhido, eles podem ter a experiência de frequentar uma faculdade da Universidade de Oxford, visitar alguns dos locais mais ricos em patrimônio do Reino Unido, graduar-se em medicina, construir um carro de kit ou explorar a inteligência artificial e o blockchain, enquanto trabalham com colegas do mundo todo.

William continua, "Muitos jovens são capazes de ter sucesso acadêmico, pessoal e comercial excepcional, mas simplesmente não conhecem as oportunidades que podem estar disponíveis para eles. Ao oferecer aos jovens a oportunidade do ensino superior de elite, experiências multiculturais e temas inovadores, podemos ajudá-los a identificar suas forças, paixões e ambições. E, muitas vezes, eles aproveitam novas oportunidades, às quais nunca teriam acreditado que poderiam ter acesso ou alcançar. Posso confirmar, pessoalmente, o valor desta abordagem, uma vez que nos orgulhamos do sucesso dos nossos alunos, muitos dos quais estudaram em algumas das melhores universidades do Reino Unido, como as de Oxford e Cambridge e o Imperial College, em Londres e, posteriormente, fizeram enormes contribuições para a indústria e pesquisa britânicas".

A ORA também acredita que o Reino Unido deve continuar a atrair mais talentos globais para o benefício dos estudantes estrangeiros e britânicos, além de garantir que o Reino Unido continue a liderar o mundo em áreas como pesquisa, tecnologia, educação e comércio. A publicação recente de um relatório do Grupo Parlamentar de Todos os Partidos do Reino Unido para Estudantes Internacionais pediu que mais seja feito para estimular os estudantes internacionais a escolherem o Reino Unido, o que foi endossado por um recente pronunciamento do Secretário de Comércio Internacional, Liam Fox, e do Secretário de Educação, Damian Hinds, mostrando a ambição do governo de aumentar o número de estudantes internacionais que escolhem concluir o ensino superior no Reino Unido em 30%, para 600.000 por ano até 2030.

William disse: "Apoiamos totalmente as conclusões do relatório do Grupo Parlamentar de Todos os Partidos, assim como as descritas por Liam Fox e Damian Hinds. Os estudantes internacionais, sem dúvida, beneficiam o Reino Unido econômica, cultural e socialmente. Ao abrir as portas para mais estudantes internacionais, estamos empolgados por fazer a nossa parte para garantir que o Reino Unido continue na vanguarda do comércio, das pesquisa e da educação".

A experiência de Oxbridge (Oxford e Cambridge), assim como a abrangência dos cursos e o excelente ensino, ajudaram a ORA a ter enorme crescimento nos últimos anos, com diversos cursos oferecidos agora no rico patrimônio britânico de Cambridge e Oxford até a força acadêmica dos EUA, com a Universidade de Yale. Para apoiar esse crescimento, a ORA recentemente adquiriu a notável Yarnton Manor, em Oxford, a mansão do século 17, anteriormente propriedade dos antepassados da princesa Diana, que agora funciona como um centro de educação e a sede da empresa. Para uma empresa que teve imenso crescimento e alcançou esse tipo de reconhecimento, este é certamente mais um sinal de que a ORA está apenas começando o próximo capítulo, à medida que continua desafiando as abordagens tradicionais de educação, construindo relações internacionais e contribuindo com o mundo do comércio internacional e da pesquisa, oferecendo talentos e experiência cada vez mais excepcionais.

Notas aos editores 

Sobre a Oxford Royale Academy

A Oxford Royale Academy é a principal fornecedora global de escolas de verão de elite em algumas das instituições mais prestigiadas do mundo, dentre elas, a Universidade de Oxford, a Universidade de Cambridge, a Universidade de St. Andrews e a Universidade de Yale, nos EUA. Fundada em 2004, a ORA venceu três vezes o Queen's Award for Enterprise e, até agora, recebeu mais de 20.000 estudantes de mais de 160 países.

Movida pela sólida crença de que a educação bem-sucedida vai além do aprendizado formal, a visão da ORA é oferecer aos jovens uma janela para um mundo de oportunidades. Ao oferecer experiências culturais e de aprendizado inigualáveis, a ORA auxilia os jovens a identificar suas paixões, talentos e ambições e, acima de tudo, ajuda-os a concretizar essas ambições.

A ORA oferece cursos criados para as profissões tradicionais, como direito e medicina, e também cursos destinados a ampliar os limites da educação tradicional, como fabricar e dirigir carros de kit, a inteligência artificial e o blockchain. A instituição também oferece inúmeras experiências culturais e workshops para desenvolver habilidades essenciais para a vida, como a oratória. Os cursos da ORA oferecem aos jovens experiências inestimáveis para ajudá-los a tomar decisões informadas e a ter sucesso nos caminhos que escolherem, sejam eles oncologistas, diretores de cinema ou empreendedores.

Para obter mais informações, visite o site: www.oxford-royale.co.uk.

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/877996/ORA.jpg

Logotipo: https://mma.prnewswire.com/media/877997/ORA_Logo.jpg

FONTE Oxford Royale Academy

OXFORD, Inglaterra, 26 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A Oxford Royale Academy (ORA), principal fornecedora de escolas de verão acadêmicas para estudantes internacionais, foi nomeada hoje como vencedora do prêmio Queen's Award for Enterprise, pela terceira vez em sete anos. O Queen's Award é o mais alto reconhecimento oficial para empresas britânicas, concedido por contribuições excepcionais ao comércio internacional, à inovação ou ao desenvolvimento sustentável. A ORA foi selecionada como vencedora na categoria de comércio internacional.

"Receber o Queen's Award três vezes desde 2012 é uma enorme conquista", disse o diretor executivo e fundador da ORA, William Humphreys. "Trilhamos um caminho muito interessante desde o início da organização, há 15 anos, e recebemos mais de 20.000 estudantes de mais de 160 países no Reino Unido. Tenho muito orgulho das oportunidades que oferecemos e da maneira como os alunos usam essas oportunidades para ter sucesso nos caminhos de vida que escolhem. Também estou extremamente orgulhoso da equipe da ORA, que trabalha incansavelmente para garantir experiências culturais e educacionais inigualáveis a todos os alunos".

Para traçar um caminho verdadeiramente sólido e bem-sucedido neste mundo altamente competitivo, a ORA acredita que os jovens precisam agora de mais conscientização global, experiências culturais mais variadas, redes globais mais amplas e orientações e direções pessoais vitais. E as escolas de verão da ORA oferecem exatamente isso. Os alunos podem escolher entre os mais de 150 cursos, todos criados para ajudá-los a ganhar confiança, experiência e vantagem competitiva. Dependendo do curso escolhido, eles podem ter a experiência de frequentar uma faculdade da Universidade de Oxford, visitar alguns dos locais mais ricos em patrimônio do Reino Unido, graduar-se em medicina, construir um carro de kit ou explorar a inteligência artificial e o blockchain, enquanto trabalham com colegas do mundo todo.

William continua, "Muitos jovens são capazes de ter sucesso acadêmico, pessoal e comercial excepcional, mas simplesmente não conhecem as oportunidades que podem estar disponíveis para eles. Ao oferecer aos jovens a oportunidade do ensino superior de elite, experiências multiculturais e temas inovadores, podemos ajudá-los a identificar suas forças, paixões e ambições. E, muitas vezes, eles aproveitam novas oportunidades, às quais nunca teriam acreditado que poderiam ter acesso ou alcançar. Posso confirmar, pessoalmente, o valor desta abordagem, uma vez que nos orgulhamos do sucesso dos nossos alunos, muitos dos quais estudaram em algumas das melhores universidades do Reino Unido, como as de Oxford e Cambridge e o Imperial College, em Londres e, posteriormente, fizeram enormes contribuições para a indústria e pesquisa britânicas".

A ORA também acredita que o Reino Unido deve continuar a atrair mais talentos globais para o benefício dos estudantes estrangeiros e britânicos, além de garantir que o Reino Unido continue a liderar o mundo em áreas como pesquisa, tecnologia, educação e comércio. A publicação recente de um relatório do Grupo Parlamentar de Todos os Partidos do Reino Unido para Estudantes Internacionais pediu que mais seja feito para estimular os estudantes internacionais a escolherem o Reino Unido, o que foi endossado por um recente pronunciamento do Secretário de Comércio Internacional, Liam Fox, e do Secretário de Educação, Damian Hinds, mostrando a ambição do governo de aumentar o número de estudantes internacionais que escolhem concluir o ensino superior no Reino Unido em 30%, para 600.000 por ano até 2030.

William disse: "Apoiamos totalmente as conclusões do relatório do Grupo Parlamentar de Todos os Partidos, assim como as descritas por Liam Fox e Damian Hinds. Os estudantes internacionais, sem dúvida, beneficiam o Reino Unido econômica, cultural e socialmente. Ao abrir as portas para mais estudantes internacionais, estamos empolgados por fazer a nossa parte para garantir que o Reino Unido continue na vanguarda do comércio, das pesquisa e da educação".

A experiência de Oxbridge (Oxford e Cambridge), assim como a abrangência dos cursos e o excelente ensino, ajudaram a ORA a ter enorme crescimento nos últimos anos, com diversos cursos oferecidos agora no rico patrimônio britânico de Cambridge e Oxford até a força acadêmica dos EUA, com a Universidade de Yale. Para apoiar esse crescimento, a ORA recentemente adquiriu a notável Yarnton Manor, em Oxford, a mansão do século 17, anteriormente propriedade dos antepassados da princesa Diana, que agora funciona como um centro de educação e a sede da empresa. Para uma empresa que teve imenso crescimento e alcançou esse tipo de reconhecimento, este é certamente mais um sinal de que a ORA está apenas começando o próximo capítulo, à medida que continua desafiando as abordagens tradicionais de educação, construindo relações internacionais e contribuindo com o mundo do comércio internacional e da pesquisa, oferecendo talentos e experiência cada vez mais excepcionais.

Notas aos editores 

Sobre a Oxford Royale Academy

A Oxford Royale Academy é a principal fornecedora global de escolas de verão de elite em algumas das instituições mais prestigiadas do mundo, dentre elas, a Universidade de Oxford, a Universidade de Cambridge, a Universidade de St. Andrews e a Universidade de Yale, nos EUA. Fundada em 2004, a ORA venceu três vezes o Queen's Award for Enterprise e, até agora, recebeu mais de 20.000 estudantes de mais de 160 países.

Movida pela sólida crença de que a educação bem-sucedida vai além do aprendizado formal, a visão da ORA é oferecer aos jovens uma janela para um mundo de oportunidades. Ao oferecer experiências culturais e de aprendizado inigualáveis, a ORA auxilia os jovens a identificar suas paixões, talentos e ambições e, acima de tudo, ajuda-os a concretizar essas ambições.

A ORA oferece cursos criados para as profissões tradicionais, como direito e medicina, e também cursos destinados a ampliar os limites da educação tradicional, como fabricar e dirigir carros de kit, a inteligência artificial e o blockchain. A instituição também oferece inúmeras experiências culturais e workshops para desenvolver habilidades essenciais para a vida, como a oratória. Os cursos da ORA oferecem aos jovens experiências inestimáveis para ajudá-los a tomar decisões informadas e a ter sucesso nos caminhos que escolherem, sejam eles oncologistas, diretores de cinema ou empreendedores.

Para obter mais informações, visite o site: www.oxford-royale.co.uk.

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/877996/ORA.jpg

Logotipo: https://mma.prnewswire.com/media/877997/ORA_Logo.jpg

FONTE Oxford Royale Academy

Você acabou de ler:

A Oxford Royale Academy anuncia a terceira vitória do prestigiado Queen's Award

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/a-oxford-royale-academy-anuncia-a-terceira-vitoria-do-prestigiado-queens-award-2/