A SGCC concluiu a aquisição de 49% do capital da OETC

MUSCAT, Omã, 16 de março de 2020 /PRNewswire/ -- No dia 11 de março, em Muscat, Omã, a State Grid Corporation of China (SGCC) concluiu a aquisição de 49% do capital da Oman Electricity Transmission Company (OETC) com o vendedor Nama Group.

Na posição de parceira técnica, a SGCC fará uso de suas tecnologias e experiência em gerenciamento de operações de rede com seus parceiros locais na região para continuar melhorando a segurança operacional e a capacidade de distribuição da rede elétrica do país.

Comprometida em se tornar uma investidora internacional estável e de longo prazo no setor que defende estratégias de desenvolvimento sustentável, a SGCC sempre insiste em operações de longo prazo, locais e voltadas para o mercado.

Usando tecnologias avançadas de transmissão de energia, experiência em gerenciamento e marca forte, a SGCC busca cumprir suas responsabilidades sociais para agir e ter melhores resultados. Em sua abordagem à aquisição internacional de ativos de ações no setor de energia no exterior, projetos de desenvolvimento totalmente novos e gerenciamento operacional de ativos, a SGCC segue os princípios de igualdade e crescimento mútuo.

Desde 2008, a SGCC adquiriu participações sucessivas nas Filipinas (NGCP, 40%), em Portugal (REN, 25%), na Austrália (46,56% da ElectraNet, 60% da SGSPAA e 19,9% da AusNet), na SAR de Hong Kong (HKEI, 21%), na Itália (CDP Reti, 35%), no Brasil (CPFL, quase 85%), na Grécia (IPTO, 24%) e em Omã (OETC, 49%).

A empresa ganhou várias licitações de investimentos totalmente novos, inclusive as linhas de transmissão da Teles Pires e o projeto de transmissão UHV da Hidrelétrica de Belo Monte. Todos os projetos da SGCC no exterior, que totalizam US$ 65 bilhões, estão operando normalmente e com excelente desempenho. A empresa também enfatiza o aumento da capacidade de ativos no exterior e a promoção do desenvolvimento sustentável de empresas de investimento.

Desde que se tornou acionista do projeto NGCP, nas Filipinas, a SGCC compartilhou ativamente tecnologias avançadas de rede elétrica e experiência de gerenciamento com o parceiro local para continuamente aprimorar as operações, a qualidade e a confiabilidade da energia. Garantindo uma fonte de alimentação segura e confiável para o desenvolvimento econômico das Filipinas.

A SGCC também apoiou o NGCP no combate a desastres naturais e enviou vários especialistas para dar conselhos sobre reformas, melhorando a prevenção contra desastres e a resiliência dos ativos de energia do NGCP.

No Brasil, a SGCC orientou a CPFL na melhora da qualidade e da eficiência, conquistando vários prêmios que a reconheceram como a "melhor distribuidora nacional" e o "1º lugar em reputação das empresas de energia", em 2017, no Relatório de dividendos de reputação do Brasil. A CPFL também recebeu o Prêmio IASC (Índice de Satisfação do Consumidor da ANEEL) (2018). O UHVDC Belo Monte fase II (XRTE) da State Grid Brazil Holding (SGBH) recebeu o prêmio de Melhor projeto de gestão de ambiente social do Programa Benchmarking Brasil de 2019 por seu trabalho prático de proteção ambiental. Enquanto isso, a fase II do projeto de transmissão de Teles Pires foi concluída com dois anos e meio de antecedência e recebeu carta de recomendação emitida pela ONS Brasil.

Na Austrália, o Projeto de fase II do Gasoduto do Norte da SGSPAA recebeu o prêmio de "melhor inovação do cliente" e se tornou um dos finalistas do International Edison Award 2019, com o projeto Power Changers, e um projeto da AusNet Services, que oferece a visão de como as novas tecnologias energéticas podem ser usadas para melhorar a segurança, a confiabilidade e a acessibilidade econômica da eletricidade para as comunidades do futuro, foi nomeado vencedor conjunto do prêmio de Inovação da Clean Energy Council.

Em Portugal, a REN foi nomeada a "empregadora mais atraente", pelo seu bom desempenho comercial e pela imagem corporativa. Enquanto isso, a SGCC cumpre suas responsabilidades sociais corporativas, apoiando os empreendimentos locais de educação, cultura e esportes e redução da pobreza, se esforçando para ter desenvolvimento abrangente que integre a economia, a sociedade, a subsistência das pessoas e o meio ambiente nos países e regiões por meio de projetos de bem-estar público.

A SGBH apoiou mais de 450 programas de bem-estar público no Brasil, entre eles, o antigo Sítio Arqueológico do Cais do Valongo, no Rio de Janeiro, e o projeto da Orquestra Maré do Amanhã. Esse último treinou com sucesso mais de 6.000 adolescentes e recebeu o "Prêmio de melhores práticas de gerenciamento em responsabilidade social" do Pacto Global das Nações Unidas.

Nas Filipinas, a SGCC apoiou o NGCP por fazer contribuições significativas para programas de subsídio estudantil, desenvolvimento comunitário, resistência a desastres e alívio pós-desastres e proteção ambiental. O projeto "Brighten Up" foi o primeiro grande projeto de responsabilidade social corporativa nas Filipinas realizado por uma empresa chinesa e forneceu eletricidade a dois vilarejos localizados em regiões remotas.

Para obter mais informações, visite o site: www.sgcc.com.cn 

Sobre a SGCC

Fundada em 2002, a SGCC é uma estatal cujo principal negócio é o investimento, a construção e a operação de redes de energia elétrica. Comprometida com a re-eletrificação e conectividade energética, atendendo à demanda de energia com alternativas limpas e ecológicas, a SGCC fornece energia para mais de 1,1 bilhão de habitantes em 26 províncias, regiões autônomas e municípios, cobrindo 88% do território nacional chinês.

Sendo o maior serviço público do mundo, com capital social de 829,5 bilhões de RMB e ativos no exterior totalizando US$ 65 bilhões.

FONTE SGCC

MUSCAT, Omã, 16 de março de 2020 /PRNewswire/ -- No dia 11 de março, em Muscat, Omã, a State Grid Corporation of China (SGCC) concluiu a aquisição de 49% do capital da Oman Electricity Transmission Company (OETC) com o vendedor Nama Group.

Na posição de parceira técnica, a SGCC fará uso de suas tecnologias e experiência em gerenciamento de operações de rede com seus parceiros locais na região para continuar melhorando a segurança operacional e a capacidade de distribuição da rede elétrica do país.

Comprometida em se tornar uma investidora internacional estável e de longo prazo no setor que defende estratégias de desenvolvimento sustentável, a SGCC sempre insiste em operações de longo prazo, locais e voltadas para o mercado.

Usando tecnologias avançadas de transmissão de energia, experiência em gerenciamento e marca forte, a SGCC busca cumprir suas responsabilidades sociais para agir e ter melhores resultados. Em sua abordagem à aquisição internacional de ativos de ações no setor de energia no exterior, projetos de desenvolvimento totalmente novos e gerenciamento operacional de ativos, a SGCC segue os princípios de igualdade e crescimento mútuo.

Desde 2008, a SGCC adquiriu participações sucessivas nas Filipinas (NGCP, 40%), em Portugal (REN, 25%), na Austrália (46,56% da ElectraNet, 60% da SGSPAA e 19,9% da AusNet), na SAR de Hong Kong (HKEI, 21%), na Itália (CDP Reti, 35%), no Brasil (CPFL, quase 85%), na Grécia (IPTO, 24%) e em Omã (OETC, 49%).

A empresa ganhou várias licitações de investimentos totalmente novos, inclusive as linhas de transmissão da Teles Pires e o projeto de transmissão UHV da Hidrelétrica de Belo Monte. Todos os projetos da SGCC no exterior, que totalizam US$ 65 bilhões, estão operando normalmente e com excelente desempenho. A empresa também enfatiza o aumento da capacidade de ativos no exterior e a promoção do desenvolvimento sustentável de empresas de investimento.

Desde que se tornou acionista do projeto NGCP, nas Filipinas, a SGCC compartilhou ativamente tecnologias avançadas de rede elétrica e experiência de gerenciamento com o parceiro local para continuamente aprimorar as operações, a qualidade e a confiabilidade da energia. Garantindo uma fonte de alimentação segura e confiável para o desenvolvimento econômico das Filipinas.

A SGCC também apoiou o NGCP no combate a desastres naturais e enviou vários especialistas para dar conselhos sobre reformas, melhorando a prevenção contra desastres e a resiliência dos ativos de energia do NGCP.

No Brasil, a SGCC orientou a CPFL na melhora da qualidade e da eficiência, conquistando vários prêmios que a reconheceram como a "melhor distribuidora nacional" e o "1º lugar em reputação das empresas de energia", em 2017, no Relatório de dividendos de reputação do Brasil. A CPFL também recebeu o Prêmio IASC (Índice de Satisfação do Consumidor da ANEEL) (2018). O UHVDC Belo Monte fase II (XRTE) da State Grid Brazil Holding (SGBH) recebeu o prêmio de Melhor projeto de gestão de ambiente social do Programa Benchmarking Brasil de 2019 por seu trabalho prático de proteção ambiental. Enquanto isso, a fase II do projeto de transmissão de Teles Pires foi concluída com dois anos e meio de antecedência e recebeu carta de recomendação emitida pela ONS Brasil.

Na Austrália, o Projeto de fase II do Gasoduto do Norte da SGSPAA recebeu o prêmio de "melhor inovação do cliente" e se tornou um dos finalistas do International Edison Award 2019, com o projeto Power Changers, e um projeto da AusNet Services, que oferece a visão de como as novas tecnologias energéticas podem ser usadas para melhorar a segurança, a confiabilidade e a acessibilidade econômica da eletricidade para as comunidades do futuro, foi nomeado vencedor conjunto do prêmio de Inovação da Clean Energy Council.

Em Portugal, a REN foi nomeada a "empregadora mais atraente", pelo seu bom desempenho comercial e pela imagem corporativa. Enquanto isso, a SGCC cumpre suas responsabilidades sociais corporativas, apoiando os empreendimentos locais de educação, cultura e esportes e redução da pobreza, se esforçando para ter desenvolvimento abrangente que integre a economia, a sociedade, a subsistência das pessoas e o meio ambiente nos países e regiões por meio de projetos de bem-estar público.

A SGBH apoiou mais de 450 programas de bem-estar público no Brasil, entre eles, o antigo Sítio Arqueológico do Cais do Valongo, no Rio de Janeiro, e o projeto da Orquestra Maré do Amanhã. Esse último treinou com sucesso mais de 6.000 adolescentes e recebeu o "Prêmio de melhores práticas de gerenciamento em responsabilidade social" do Pacto Global das Nações Unidas.

Nas Filipinas, a SGCC apoiou o NGCP por fazer contribuições significativas para programas de subsídio estudantil, desenvolvimento comunitário, resistência a desastres e alívio pós-desastres e proteção ambiental. O projeto "Brighten Up" foi o primeiro grande projeto de responsabilidade social corporativa nas Filipinas realizado por uma empresa chinesa e forneceu eletricidade a dois vilarejos localizados em regiões remotas.

Para obter mais informações, visite o site: www.sgcc.com.cn 

Sobre a SGCC

Fundada em 2002, a SGCC é uma estatal cujo principal negócio é o investimento, a construção e a operação de redes de energia elétrica. Comprometida com a re-eletrificação e conectividade energética, atendendo à demanda de energia com alternativas limpas e ecológicas, a SGCC fornece energia para mais de 1,1 bilhão de habitantes em 26 províncias, regiões autônomas e municípios, cobrindo 88% do território nacional chinês.

Sendo o maior serviço público do mundo, com capital social de 829,5 bilhões de RMB e ativos no exterior totalizando US$ 65 bilhões.

FONTE SGCC

Você acabou de ler:

A SGCC concluiu a aquisição de 49% do capital da OETC

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/a-sgcc-concluiu-a-aquisicao-de-49-do-capital-da-oetc/