A Vacina Tdap em mulheres grávidas não aumenta o risco de autismo, conclui o estudo da Kaiser Permanente

PASADENA, Califórnia , 13 de agosto de 2018 / PRNewswire / - Um estudo da Kaiser Permanente com mais de 80.000 crianças nascidas ao longo de um período de 4 anos mostrou que a vacinação Tdap no pré-natal (tétano, difteria, coqueluche acelular) não foi associada ao aumento do risco ao transtorno do espectro autista em crianças. O estudo foi publicado hoje em pediatria.

Para ver o release completo: https://prn.to/2vEWnWM

SOURCE Kaiser Permanente

PASADENA, Califórnia , 13 de agosto de 2018 / PRNewswire / - Um estudo da Kaiser Permanente com mais de 80.000 crianças nascidas ao longo de um período de 4 anos mostrou que a vacinação Tdap no pré-natal (tétano, difteria, coqueluche acelular) não foi associada ao aumento do risco ao transtorno do espectro autista em crianças. O estudo foi publicado hoje em pediatria.

Para ver o release completo: https://prn.to/2vEWnWM

SOURCE Kaiser Permanente

Você acabou de ler:

A Vacina Tdap em mulheres grávidas não aumenta o risco de autismo, conclui o estudo da Kaiser Permanente

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/a-vacina-tdap-em-mulheres-gravidas-nao-aumenta-o-risco-de-autismo-conclui-o-estudo-da-kaiser-permanente/