Acesso à tratamento para pacientes com doença sanguínea poderá ser ampliado na saúde pública (SUS)

Por meio de consulta pública até 14 de junho, pacientes com PTI, que tiveram resposta insuficiente a outras terapias, poderão ter acesso à eltrombopague olamina, da Novartis, no SUS

SÃO PAULO, 7 de junho de 2018 /PRNewswire/ -- A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) acaba de abrir Consulta Pública para avaliar a inclusão de eltrombopague olamina no Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento de pacientes adultos e pediátricos acima de 6 anos com púrpura trombocitopênica idiopática (PTI) que tiveram resposta insuficiente a corticosteroides, imunoglobulinas ou esplenectomia (tratamentos atualmente disponíveis no SUS). Os pacientes com PTI apresentam sintomas como manchas avermelhadas na pele, hematomas sem causa aparente e sangramentos espontâneos.

O medicamento proposto para inclusão no SUS, eltrombopague olamina, apresenta posologia oral e é capaz de elevar o número de plaquetas, reduzir o risco de sangramento, melhorar a qualidade de vida e reduzir as terapias de resgate.

Em estudo de avaliação de eficácia e segurança realizado pelo Grupo Elaborador de PCDT – Hospital Oswaldo Cruz a pedido da própria secretaria, concluiu-se que: "Em face ao exposto, recomenda-se a incorporação de eltrombopague olamina para o tratamento de crianças e adultos com PTI crônica após falha às estratégias medicamentosas com corticosteróides, IgIV e à esplenectomia (hoje disponíveis no SUS), devido a ser uma alternativa na qual todos os tratamentos anteriores não apresentaram resultados satisfatórios".

Apesar da recomendação, a decisão preliminar da CONITEC é a 'não incorporação'. Por isso, especialistas e associações de pacientes defendem a necessidade da disponibilização do eltrombopague olamina para que esses pacientes tenham uma nova opção no SUS.

A consulta pública está aberta até 14 de junho. Para o envio de contribuições, o interessado deve acessar o site http://conitec.gov.br/consultas-publicas, sob o nome "Eltrombopague olamina para o tratamento da púrpura trombocitopênica idiopática (PTI)", consulta número 27 – e seguir as instruções.

Informações para a imprensa

Mayara Souza

mayara.souza@edelman.com  

55 11 3060-3376

FONTE Novartis

Por meio de consulta pública até 14 de junho, pacientes com PTI, que tiveram resposta insuficiente a outras terapias, poderão ter acesso à eltrombopague olamina, da Novartis, no SUS

SÃO PAULO, 7 de junho de 2018 /PRNewswire/ -- A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) acaba de abrir Consulta Pública para avaliar a inclusão de eltrombopague olamina no Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento de pacientes adultos e pediátricos acima de 6 anos com púrpura trombocitopênica idiopática (PTI) que tiveram resposta insuficiente a corticosteroides, imunoglobulinas ou esplenectomia (tratamentos atualmente disponíveis no SUS). Os pacientes com PTI apresentam sintomas como manchas avermelhadas na pele, hematomas sem causa aparente e sangramentos espontâneos.

O medicamento proposto para inclusão no SUS, eltrombopague olamina, apresenta posologia oral e é capaz de elevar o número de plaquetas, reduzir o risco de sangramento, melhorar a qualidade de vida e reduzir as terapias de resgate.

Em estudo de avaliação de eficácia e segurança realizado pelo Grupo Elaborador de PCDT – Hospital Oswaldo Cruz a pedido da própria secretaria, concluiu-se que: "Em face ao exposto, recomenda-se a incorporação de eltrombopague olamina para o tratamento de crianças e adultos com PTI crônica após falha às estratégias medicamentosas com corticosteróides, IgIV e à esplenectomia (hoje disponíveis no SUS), devido a ser uma alternativa na qual todos os tratamentos anteriores não apresentaram resultados satisfatórios".

Apesar da recomendação, a decisão preliminar da CONITEC é a 'não incorporação'. Por isso, especialistas e associações de pacientes defendem a necessidade da disponibilização do eltrombopague olamina para que esses pacientes tenham uma nova opção no SUS.

A consulta pública está aberta até 14 de junho. Para o envio de contribuições, o interessado deve acessar o site http://conitec.gov.br/consultas-publicas, sob o nome "Eltrombopague olamina para o tratamento da púrpura trombocitopênica idiopática (PTI)", consulta número 27 – e seguir as instruções.

Informações para a imprensa

Mayara Souza

mayara.souza@edelman.com  

55 11 3060-3376

FONTE Novartis

Você acabou de ler:

Acesso à tratamento para pacientes com doença sanguínea poderá ser ampliado na saúde pública (SUS)

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/acesso-a-tratamento-para-pacientes-com-doenca-sanguinea-podera-ser-ampliado-na-saude-publica-sus/