Affinity descobre anticorpos potentes contra o SARS-CoV-2

MELBOURNE, Austrália, 2 de julho de 2020 /PRNewswire/ -- A Affinity Biosciences Pty Ltd (Affinity), com sede em Melbourne, uma empresa de propriedade privada voltada à descoberta de anticorpos para tratamentos contra o câncer, anunciou, hoje, a descoberta de anticorpos potentes com potencial terapêutico contra a COVID-19.

Em março, a Affinity iniciou o processo de triagem na biblioteca de propriedade da empresa de cem milhões de anticorpos humanos para encontrar aqueles que pudessem neutralizar o SARS-CoV-2, o vírus causador da COVID-19. Após encontrar uma série de anticorpos candidatos que impedem a ligação da proteína da espícula ao receptor humano, a Affinity fechou parceria com o Peter Doherty Institute for Infection and Immunity (Doherty Institute), em abril, para conduzir testes com o vírus em laboratório. O Doherty Institute confirmou que os anticorpos da Affinity são capazes de neutralizar por completo a infectividade do SARS-CoV-2 em uma concentração de microgramas/mL de dígito único em um ensaio de neutralização viral de cinco dias. Os anticorpos apresentam alta afinidade com a proteína da espícula do SARS-CoV-2 a cerca de 20 pmol, promovida por uma taxa de dissociação excepcionalmente baixa, uma medida do tempo que o anticorpo permanece ligado ao alvo.

"Nossos anticorpos conectam-se à proteína da espícula do vírus e bloqueiam sua atividade", comentou o CEO da Affinity CEO, Dr Peter Smith. "Esses anticorpos podem ter uma função protetora em seres humanos, evitando que o vírus se instale em pessoas saudáveis a ele expostas, e podem ser úteis para combater o progresso do vírus em uma pessoa infectada, uma vez que bloqueia sua capacidade de infectar novas células e replicar-se."

Um tratamento altamente eficaz permitiria um retorno mais rápido à vida normal, reduzindo a necessidade de hospitalização de pessoas infectadas.

As próximas etapas do desenvolvimento do tratamento da Affinity contra a COVID-19 são:

  • A Affinity procurará desenvolver um processo mais rápido para permitir a rápida produção dos anticorpos dentro das normas das Boas Práticas de Fabricação (BPF) para estudos clínicos.
  • Identificação de vias mais rápidas de desenvolvimento clínicos junto aos órgãos reguladores (TGA, FDA e EMA).
  • Discussões com órgãos governamentais, ONGs e empresas do segmento farmacêutico para promover a aceleração do desenvolvimento e distribuição comercial. Os anticorpos da Affinity fazem parte de um estudo comparativo conduzido pelo La Jolla Institute for Immunology (o programa CoVIC) e subsidiado pelo COVID-19 Therapeutics Accelerator, lançado em março em uma parceria entre a Bill & Melinda Gates Foundation, o Wellcome Trust, a Mastercard e entidades filantrópicas (covic.lji.org).

A Affinity também faz parte de um consórcio liderado pelo Walter and Eliza Hall Institute para o desenvolvimento de produtos biológicos contra o SARS-CoV-2 que, recentemente, recebeu subsídios do Governo de Vitória e do Medical Research Future Fund (MRFF).

Site: affinity.bio/covid-19 

Imagem - https://mma.prnewswire.com/media/1170006/Affinity_Biosciences_antibody_binding_SARS_CoV_2.jpg  

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1170007/Affinity_Biosciences_logo_Logo.jpg

FONTE Affinity Biosciences

MELBOURNE, Austrália, 2 de julho de 2020 /PRNewswire/ -- A Affinity Biosciences Pty Ltd (Affinity), com sede em Melbourne, uma empresa de propriedade privada voltada à descoberta de anticorpos para tratamentos contra o câncer, anunciou, hoje, a descoberta de anticorpos potentes com potencial terapêutico contra a COVID-19.

Em março, a Affinity iniciou o processo de triagem na biblioteca de propriedade da empresa de cem milhões de anticorpos humanos para encontrar aqueles que pudessem neutralizar o SARS-CoV-2, o vírus causador da COVID-19. Após encontrar uma série de anticorpos candidatos que impedem a ligação da proteína da espícula ao receptor humano, a Affinity fechou parceria com o Peter Doherty Institute for Infection and Immunity (Doherty Institute), em abril, para conduzir testes com o vírus em laboratório. O Doherty Institute confirmou que os anticorpos da Affinity são capazes de neutralizar por completo a infectividade do SARS-CoV-2 em uma concentração de microgramas/mL de dígito único em um ensaio de neutralização viral de cinco dias. Os anticorpos apresentam alta afinidade com a proteína da espícula do SARS-CoV-2 a cerca de 20 pmol, promovida por uma taxa de dissociação excepcionalmente baixa, uma medida do tempo que o anticorpo permanece ligado ao alvo.

"Nossos anticorpos conectam-se à proteína da espícula do vírus e bloqueiam sua atividade", comentou o CEO da Affinity CEO, Dr Peter Smith. "Esses anticorpos podem ter uma função protetora em seres humanos, evitando que o vírus se instale em pessoas saudáveis a ele expostas, e podem ser úteis para combater o progresso do vírus em uma pessoa infectada, uma vez que bloqueia sua capacidade de infectar novas células e replicar-se."

Um tratamento altamente eficaz permitiria um retorno mais rápido à vida normal, reduzindo a necessidade de hospitalização de pessoas infectadas.

As próximas etapas do desenvolvimento do tratamento da Affinity contra a COVID-19 são:

  • A Affinity procurará desenvolver um processo mais rápido para permitir a rápida produção dos anticorpos dentro das normas das Boas Práticas de Fabricação (BPF) para estudos clínicos.
  • Identificação de vias mais rápidas de desenvolvimento clínicos junto aos órgãos reguladores (TGA, FDA e EMA).
  • Discussões com órgãos governamentais, ONGs e empresas do segmento farmacêutico para promover a aceleração do desenvolvimento e distribuição comercial. Os anticorpos da Affinity fazem parte de um estudo comparativo conduzido pelo La Jolla Institute for Immunology (o programa CoVIC) e subsidiado pelo COVID-19 Therapeutics Accelerator, lançado em março em uma parceria entre a Bill & Melinda Gates Foundation, o Wellcome Trust, a Mastercard e entidades filantrópicas (covic.lji.org).

A Affinity também faz parte de um consórcio liderado pelo Walter and Eliza Hall Institute para o desenvolvimento de produtos biológicos contra o SARS-CoV-2 que, recentemente, recebeu subsídios do Governo de Vitória e do Medical Research Future Fund (MRFF).

Site: affinity.bio/covid-19 

Imagem - https://mma.prnewswire.com/media/1170006/Affinity_Biosciences_antibody_binding_SARS_CoV_2.jpg  

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1170007/Affinity_Biosciences_logo_Logo.jpg

FONTE Affinity Biosciences

Você acabou de ler:

Affinity descobre anticorpos potentes contra o SARS-CoV-2

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/affinity-descobre-anticorpos-potentes-contra-o-sars-cov-2/