Anvisa aprova tratamento para prevenção da enxaqueca em doses mensal e trimestral

AJOVY (fremanezumabe) chega para ajudar os 14 milhões de brasileiros diagnosticados com a doença a terem melhor qualidade de vida

SÃO PAULO, 16 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- A ANVISA, órgão regulador de saúde no Brasil, acaba de aprovar o AJOVY (fremanezumabe) para o tratamento preventivo da enxaqueca indicado para adultos com pelo menos quatro dias de dor de cabeça por mês. AJOVY possui apresentação de uma seringa pré-preenchida de 225mg/1,5ml de uso único, com duas opções de dose: 225mg mensal administrado em uma única aplicação subcutânea, ou 675mg, a cada três meses (trimestral), em sistema de três injeções subcutâneas.

AJOVY (fremanezumabe) foi avaliado em dois estudos clínicos de fase III, controlados com placebo, e que envolveu pacientes com enxaqueca incapacitante que utilizavam ou não outros tratamentos preventivos orais. Os estudos tiveram a duração de 12 semanas, onde os pacientes obtiveram uma redução no número de dias por mês com dor de cabeça. AJOVY é um anticorpo monoclonal humanizado que se liga ao CGRP (peptídeo relacionado ao gene da calcitonina), um composto químico que está envolvido com a ativação da enxaqueca e a duração da dor, impedindo sua ligação com o seu receptor.

"A aprovação de AJOVY pela ANVISA reforça o compromisso da Teva em oferecer aos pacientes no Brasil tratamentos inovadores para doenças neurológicas. O medicamento é mais um aliado no tratamento da Enxaqueca, e pode contribuir para a melhoria da qualidade de vida de tantos brasileiros que são acometidos por esta doença, muitas vezes negligenciada", conta a gerente geral da Teva no Brasil, Cristiane Giordano. Comercializado pela Teva, AJOVY (fremanezumabe) deve estar disponível para comercialização no primeiro semestre de 2020.

Sobre a Doença

A enxaqueca é uma doença neurológica e a terceira enfermidade mais prevalente no mundo. Muito mais que uma dor de cabeça,  é uma doença incapacitante que pode vir acompanhada de náuseas, vômitos, sensibilidade à luz, som e odores, além das cefaleias recorrentes e pulsantes, típicas da enfermidade. A causa e os gatilhos da enfermidade neurológica não são totalmente compreendidos e podem variar de pessoa para pessoa. No entanto, se sabe que o peptídeo relacionado com o gene de calcitonina (CGRP) tem um papel importante no ciclo da enxaqueca.

A enxaqueca atinge uma a cada sete pessoas, o que representa no Brasil cerca 30 milhões de pessoas acometidas pela doença. As mulheres são três vezes mais acometidas do que nos homens. Também conhecida como migrânea, a enfermidade está associada à dor redução da qualidade de vida e custo financeiro para a sociedade. Trata-se de uma doença que causa impacto profundo sobre as habilidades de um indivíduo para realizar tarefas cotidianas.

Em pesquisa internacional que envolveu 11 mil pessoas no mundo, de 31 países diferentes, incluindo o Brasil, os pacientes relataram que a enxaqueca diminuiu pela metade a produtividade no trabalho (53% de redução). O estudo também mostrou que 60% dos trabalhadores que têm enxaqueca grave perdem, em média, uma semana de trabalho por mês. E, apesar da maioria dos empregadores terem conhecimento sobre a doença do colaborador (63%), apenas 18% tinham apoio no trabalho.

Sobre a Teva Farmacêutica

A Teva é uma das maiores empresas globais no setor farmacêutico e oferece soluções com alta qualidade voltadas para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Com sede em Israel, a Teva é o maior produtor de medicamentos genéricos do mundo, valendo-se de um portfólio com mais de 1.800 moléculas para produzir uma ampla gama de produtos genéricos para quase todas as áreas terapêuticas. Além disso, a Teva tem uma posição de liderança mundial em tratamentos inovadores para doenças do sistema nervoso central, incluindo a dor, bem como um forte portfólio de produtos para a área respiratória. A divisão de Pesquisa e Desenvolvimento da Teva integra medicamentos genéricos e de marca, criando novas formas de abordagem para as diferentes necessidades dos pacientes combinando o desenvolvimento de novas drogas com dispositivos, serviços e tecnologias. No Brasil desde 2006, a empresa oferece produtos para Oncologia, Neurologia, Hematologia e Infectologia. A receita líquida global da Teva totalizou US$ 22 bilhões em 2018.

Código material: AJO-BR-00010

FONTE MSR Serviços em Saúde

AJOVY (fremanezumabe) chega para ajudar os 14 milhões de brasileiros diagnosticados com a doença a terem melhor qualidade de vida

SÃO PAULO, 16 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- A ANVISA, órgão regulador de saúde no Brasil, acaba de aprovar o AJOVY (fremanezumabe) para o tratamento preventivo da enxaqueca indicado para adultos com pelo menos quatro dias de dor de cabeça por mês. AJOVY possui apresentação de uma seringa pré-preenchida de 225mg/1,5ml de uso único, com duas opções de dose: 225mg mensal administrado em uma única aplicação subcutânea, ou 675mg, a cada três meses (trimestral), em sistema de três injeções subcutâneas.

AJOVY (fremanezumabe) foi avaliado em dois estudos clínicos de fase III, controlados com placebo, e que envolveu pacientes com enxaqueca incapacitante que utilizavam ou não outros tratamentos preventivos orais. Os estudos tiveram a duração de 12 semanas, onde os pacientes obtiveram uma redução no número de dias por mês com dor de cabeça. AJOVY é um anticorpo monoclonal humanizado que se liga ao CGRP (peptídeo relacionado ao gene da calcitonina), um composto químico que está envolvido com a ativação da enxaqueca e a duração da dor, impedindo sua ligação com o seu receptor.

"A aprovação de AJOVY pela ANVISA reforça o compromisso da Teva em oferecer aos pacientes no Brasil tratamentos inovadores para doenças neurológicas. O medicamento é mais um aliado no tratamento da Enxaqueca, e pode contribuir para a melhoria da qualidade de vida de tantos brasileiros que são acometidos por esta doença, muitas vezes negligenciada", conta a gerente geral da Teva no Brasil, Cristiane Giordano. Comercializado pela Teva, AJOVY (fremanezumabe) deve estar disponível para comercialização no primeiro semestre de 2020.

Sobre a Doença

A enxaqueca é uma doença neurológica e a terceira enfermidade mais prevalente no mundo. Muito mais que uma dor de cabeça,  é uma doença incapacitante que pode vir acompanhada de náuseas, vômitos, sensibilidade à luz, som e odores, além das cefaleias recorrentes e pulsantes, típicas da enfermidade. A causa e os gatilhos da enfermidade neurológica não são totalmente compreendidos e podem variar de pessoa para pessoa. No entanto, se sabe que o peptídeo relacionado com o gene de calcitonina (CGRP) tem um papel importante no ciclo da enxaqueca.

A enxaqueca atinge uma a cada sete pessoas, o que representa no Brasil cerca 30 milhões de pessoas acometidas pela doença. As mulheres são três vezes mais acometidas do que nos homens. Também conhecida como migrânea, a enfermidade está associada à dor redução da qualidade de vida e custo financeiro para a sociedade. Trata-se de uma doença que causa impacto profundo sobre as habilidades de um indivíduo para realizar tarefas cotidianas.

Em pesquisa internacional que envolveu 11 mil pessoas no mundo, de 31 países diferentes, incluindo o Brasil, os pacientes relataram que a enxaqueca diminuiu pela metade a produtividade no trabalho (53% de redução). O estudo também mostrou que 60% dos trabalhadores que têm enxaqueca grave perdem, em média, uma semana de trabalho por mês. E, apesar da maioria dos empregadores terem conhecimento sobre a doença do colaborador (63%), apenas 18% tinham apoio no trabalho.

Sobre a Teva Farmacêutica

A Teva é uma das maiores empresas globais no setor farmacêutico e oferece soluções com alta qualidade voltadas para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Com sede em Israel, a Teva é o maior produtor de medicamentos genéricos do mundo, valendo-se de um portfólio com mais de 1.800 moléculas para produzir uma ampla gama de produtos genéricos para quase todas as áreas terapêuticas. Além disso, a Teva tem uma posição de liderança mundial em tratamentos inovadores para doenças do sistema nervoso central, incluindo a dor, bem como um forte portfólio de produtos para a área respiratória. A divisão de Pesquisa e Desenvolvimento da Teva integra medicamentos genéricos e de marca, criando novas formas de abordagem para as diferentes necessidades dos pacientes combinando o desenvolvimento de novas drogas com dispositivos, serviços e tecnologias. No Brasil desde 2006, a empresa oferece produtos para Oncologia, Neurologia, Hematologia e Infectologia. A receita líquida global da Teva totalizou US$ 22 bilhões em 2018.

Código material: AJO-BR-00010

FONTE MSR Serviços em Saúde

Você acabou de ler:

Anvisa aprova tratamento para prevenção da enxaqueca em doses mensal e trimestral

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/anvisa-aprova-tratamento-para-prevencao-da-enxaqueca-em-doses-mensal-e-trimestral/