Aprovada a Fusão da GLA e Smiles; Companhia Prepara-se para Aceleração da Demanda no 2T21

Acionistas da GOL e Smiles aprovam reorganização societária, que proporcionará sinergias operacionais e financeiras significativas, e melhorará a competitividade do Grupo; Forte disciplina na gestão da capacidade mantém rentabilidade das operações; Neutralidade de consumo de caixa em março em meio ao arrefecimento da demanda por transporte aéreo no Brasil, combinada com a transição para a baixa temporada.

SÃO PAULO, 29 de abril de 2021 /PRNewswire/ -- A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. ("GOL" ou "Companhia") (B3: GOLL4 e NYSE: GOL), a maior Companhia aérea doméstica do Brasil, anunciou hoje o resultado consolidado do primeiro trimestre de 2021 (1T21), detalhando também suas iniciativas contínuas em resposta à pandemia de Covid-19.

Todas as informações são apresentadas em Reais (R$), de acordo com as normas internacionais de contabilidade (IFRS) e com métricas ajustadas e estão disponibilizadas para possibilitar a comparabilidade nesse trimestre com o mesmo período do ano anterior. Tais indicadores ajustados excluem os gastos relacionados ao percentual da frota não operacional que a GOL manteve em solo nesse período, e estão detalhados na tabela da seção "despesas operacionais". As comparações são em relação ao primeiro trimestre de 2020 (1T20), exceto quando especificadas de outra forma.

O 1T21 foi marcado por três tendências relevantes para a retomada do crescimento da GOL no futuro próximo:

A primeira delas refere-se à fusão entre GLA ("GOL Linhas Aéreas") e Smiles, cuja aprovação foi concedida pelos acionistas nas respectivas assembleias extraordinárias de 24/03/21. Essa transação deve proporcionar sinergias operacionais e financeiras para ambas as empresas que podem ultrapassar R$400 milhões por ano, principalmente por meio da gestão mais dinâmica do estoque de assentos, da unificação das ações de marketing, de otimização da gestão dos yields e de maior eficiência tributária.

"Os acionistas da GOL e da Smiles reconhecem o alto potencial de geração de valor das entidades integradas, bem como o diferencial gerado pelas sinergias na maximização do desempenho competitivo do Grupo," disse Paulo Kakinoff, Diretor-Presidente. "A transação será autofinanciada pela própria geração de caixa da Smiles, e possui significativos benefícios quanto a potenciais sinergias operacionais, financeiras e fiscais que não estavam disponíveis na configuração de empresas apartadas".

A outra tendência importante contempla a segunda onda da pandemia de Covid-19 no Brasil, que atingiu seu pico no final de março. Essa situação, combinada com o início da baixa temporada, interrompeu o processo de recuperação do mercado no primeiro trimestre. A GOL utilizou de sua flexibilidade e reajustou a malha aérea em resposta à menor demanda, protegendo o balanço e a liquidez.

"Desde o início da pandemia, a Companhia mantém a agilidade necessária para ajustar sua oferta de acordo com as oscilações de demanda, e isso permanece como nosso diferencial. Felizmente, já estamos constatando um declínio promissor nessa segunda onda de casos de Covid-19, com a taxa de transmissão do vírus no Brasil caindo abaixo de 1 pela primeira vez desde novembro/20. A GOL tem observado a correspondente retomada da recuperação das vendas de passagens ao longo das últimas semanas. Tendo por base a experiência de outras empresas aéreas nos EUA e Reino Unido, países que estão mais avançados que o Brasil no ritmo de vacinação, nós esperamos que o Programa Nacional de Imunização impacte positivamente na normalização da demanda por transporte aéreo no Brasil", adicionou Kakinoff.

A terceira tendência é o compromisso de longo prazo da Companhia com a sustentabilidade. Isso é um componente chave no combate aos efeitos da pandemia e é um direcionador estratégico para perpetuidade e crescimento do negócio no futuro próximo. A GOL segue comprometida em permanecer na liderança de sustentabilidade e está focada em alcançar emissões líquidas zero de carbono em 2050. Recentemente, a Companhia expandiu a transparência de seu reporting de ESG, incluindo informações detalhadas de métricas SASB e TCFD e, pela primeira vez, uma subseção específica para projeções em seu website de RI (www.voegol.com.br/ri). Ao adotar esses padrões e fornecer informações relevantes adicionais ao público em geral, a GOL reforça a transparência e a responsabilidade com seus stakeholders.

Sumário dos Resultados do 1T21

  • O número de Passageiro-Quilômetro Transportado Pago (RPK) reduziu 44% comparativamente ao 1T20, totalizando 5,6 bilhões;
  • O Assento Quilômetro Ofertado (ASK) diminuiu 44% em relação ao 1T20;
  • A GOL transportou 4,5 milhões de Clientes no trimestre, uma redução de 46% versus o 1T20;
  • A receita líquida foi de R$1,6 bilhão, uma queda de 50% em relação ao 1T20. As outras receitas (principalmente cargas e fidelidade) totalizaram R$151 milhões, equivalente a 9,7% das receitas totais;
  • A Receita Líquida por Assento Quilômetro Ofertado (RASK) foi de 22,40 centavos (R$), redução de 11,3% em relação ao 1T20. A Receita de Passageiros Líquida por Assento Quilômetro Ofertado (PRASK) foi 20,24 centavos (R$), queda de 14,2% em relação ao 1T20;
  • O EBITDA ajustado e o EBIT ajustado foram de R$354 milhões (margem de 23%) e R$208 milhões (margem de 13%), respectivamente, e refletem o resultado do gerenciamento racional e responsável da GOL quanto a oferta em relação à demanda; e
  • O prejuízo líquido após participação de minoritários foi de R$892 milhões, excluindo variações cambiais e monetárias, despesas líquidas não recorrentes, ganhos relacionados a Exchangeable Notes e resultados não realizados de capped calls.

VÍDEOS DA ADMINISTRAÇÃO COM A APRESENTAÇÃO & ÍNTEGRA DO RELEASE DE RESULTADOS

Acesse release de resultados, vídeos da administração, apresentação e demonstrações financeiras completas em: www.voegol.com.br/ri

Teleconferência 1T21: 29 de abril de 2021, 13h30 (Brasil), Telefone: +55 (11) 3181-8565, Código: GOL, com transmissão via webcast (https://webcastlite.mziq.com/cover.html?webcastId=f03299f7-72b8-4595-ad24-1a17ff80351c).

Relações com Investidores: ri@voegol.com.br, +55(11) 2128-4700

Sobre a GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (www.voegol.com.br): O maior grupo de serviços de transporte e viagens aéreas do Brasil, com atuação em transporte de passageiros, transporte de carga e programas de fidelidade de coalizão.

 

FONTE GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A.

Acionistas da GOL e Smiles aprovam reorganização societária, que proporcionará sinergias operacionais e financeiras significativas, e melhorará a competitividade do Grupo; Forte disciplina na gestão da capacidade mantém rentabilidade das operações; Neutralidade de consumo de caixa em março em meio ao arrefecimento da demanda por transporte aéreo no Brasil, combinada com a transição para a baixa temporada.

SÃO PAULO, 29 de abril de 2021 /PRNewswire/ -- A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. ("GOL" ou "Companhia") (B3: GOLL4 e NYSE: GOL), a maior Companhia aérea doméstica do Brasil, anunciou hoje o resultado consolidado do primeiro trimestre de 2021 (1T21), detalhando também suas iniciativas contínuas em resposta à pandemia de Covid-19.

Todas as informações são apresentadas em Reais (R$), de acordo com as normas internacionais de contabilidade (IFRS) e com métricas ajustadas e estão disponibilizadas para possibilitar a comparabilidade nesse trimestre com o mesmo período do ano anterior. Tais indicadores ajustados excluem os gastos relacionados ao percentual da frota não operacional que a GOL manteve em solo nesse período, e estão detalhados na tabela da seção "despesas operacionais". As comparações são em relação ao primeiro trimestre de 2020 (1T20), exceto quando especificadas de outra forma.

O 1T21 foi marcado por três tendências relevantes para a retomada do crescimento da GOL no futuro próximo:

A primeira delas refere-se à fusão entre GLA ("GOL Linhas Aéreas") e Smiles, cuja aprovação foi concedida pelos acionistas nas respectivas assembleias extraordinárias de 24/03/21. Essa transação deve proporcionar sinergias operacionais e financeiras para ambas as empresas que podem ultrapassar R$400 milhões por ano, principalmente por meio da gestão mais dinâmica do estoque de assentos, da unificação das ações de marketing, de otimização da gestão dos yields e de maior eficiência tributária.

"Os acionistas da GOL e da Smiles reconhecem o alto potencial de geração de valor das entidades integradas, bem como o diferencial gerado pelas sinergias na maximização do desempenho competitivo do Grupo," disse Paulo Kakinoff, Diretor-Presidente. "A transação será autofinanciada pela própria geração de caixa da Smiles, e possui significativos benefícios quanto a potenciais sinergias operacionais, financeiras e fiscais que não estavam disponíveis na configuração de empresas apartadas".

A outra tendência importante contempla a segunda onda da pandemia de Covid-19 no Brasil, que atingiu seu pico no final de março. Essa situação, combinada com o início da baixa temporada, interrompeu o processo de recuperação do mercado no primeiro trimestre. A GOL utilizou de sua flexibilidade e reajustou a malha aérea em resposta à menor demanda, protegendo o balanço e a liquidez.

"Desde o início da pandemia, a Companhia mantém a agilidade necessária para ajustar sua oferta de acordo com as oscilações de demanda, e isso permanece como nosso diferencial. Felizmente, já estamos constatando um declínio promissor nessa segunda onda de casos de Covid-19, com a taxa de transmissão do vírus no Brasil caindo abaixo de 1 pela primeira vez desde novembro/20. A GOL tem observado a correspondente retomada da recuperação das vendas de passagens ao longo das últimas semanas. Tendo por base a experiência de outras empresas aéreas nos EUA e Reino Unido, países que estão mais avançados que o Brasil no ritmo de vacinação, nós esperamos que o Programa Nacional de Imunização impacte positivamente na normalização da demanda por transporte aéreo no Brasil", adicionou Kakinoff.

A terceira tendência é o compromisso de longo prazo da Companhia com a sustentabilidade. Isso é um componente chave no combate aos efeitos da pandemia e é um direcionador estratégico para perpetuidade e crescimento do negócio no futuro próximo. A GOL segue comprometida em permanecer na liderança de sustentabilidade e está focada em alcançar emissões líquidas zero de carbono em 2050. Recentemente, a Companhia expandiu a transparência de seu reporting de ESG, incluindo informações detalhadas de métricas SASB e TCFD e, pela primeira vez, uma subseção específica para projeções em seu website de RI (www.voegol.com.br/ri). Ao adotar esses padrões e fornecer informações relevantes adicionais ao público em geral, a GOL reforça a transparência e a responsabilidade com seus stakeholders.

Sumário dos Resultados do 1T21

  • O número de Passageiro-Quilômetro Transportado Pago (RPK) reduziu 44% comparativamente ao 1T20, totalizando 5,6 bilhões;
  • O Assento Quilômetro Ofertado (ASK) diminuiu 44% em relação ao 1T20;
  • A GOL transportou 4,5 milhões de Clientes no trimestre, uma redução de 46% versus o 1T20;
  • A receita líquida foi de R$1,6 bilhão, uma queda de 50% em relação ao 1T20. As outras receitas (principalmente cargas e fidelidade) totalizaram R$151 milhões, equivalente a 9,7% das receitas totais;
  • A Receita Líquida por Assento Quilômetro Ofertado (RASK) foi de 22,40 centavos (R$), redução de 11,3% em relação ao 1T20. A Receita de Passageiros Líquida por Assento Quilômetro Ofertado (PRASK) foi 20,24 centavos (R$), queda de 14,2% em relação ao 1T20;
  • O EBITDA ajustado e o EBIT ajustado foram de R$354 milhões (margem de 23%) e R$208 milhões (margem de 13%), respectivamente, e refletem o resultado do gerenciamento racional e responsável da GOL quanto a oferta em relação à demanda; e
  • O prejuízo líquido após participação de minoritários foi de R$892 milhões, excluindo variações cambiais e monetárias, despesas líquidas não recorrentes, ganhos relacionados a Exchangeable Notes e resultados não realizados de capped calls.

VÍDEOS DA ADMINISTRAÇÃO COM A APRESENTAÇÃO & ÍNTEGRA DO RELEASE DE RESULTADOS

Acesse release de resultados, vídeos da administração, apresentação e demonstrações financeiras completas em: www.voegol.com.br/ri

Teleconferência 1T21: 29 de abril de 2021, 13h30 (Brasil), Telefone: +55 (11) 3181-8565, Código: GOL, com transmissão via webcast (https://webcastlite.mziq.com/cover.html?webcastId=f03299f7-72b8-4595-ad24-1a17ff80351c).

Relações com Investidores: ri@voegol.com.br, +55(11) 2128-4700

Sobre a GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (www.voegol.com.br): O maior grupo de serviços de transporte e viagens aéreas do Brasil, com atuação em transporte de passageiros, transporte de carga e programas de fidelidade de coalizão.

 

FONTE GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A.

Você acabou de ler:

Aprovada a Fusão da GLA e Smiles; Companhia Prepara-se para Aceleração da Demanda no 2T21

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/aprovada-a-fusao-da-gla-e-smiles-companhia-prepara-se-para-aceleracao-da-demanda-no-2t21/