Apuração parcial indica vitória fácil de Sisi nas eleições do Egito

CAIRO, 29 March 2018 / PRN Africa / -- A primeira contagem parcial de votos das eleições presidenciais no Egito, concluída nessa quarta-feira (28), mostra vitória arrasadora do atual presidente, Abdul Fatah al Sisi.

A agência de notícias estatal Mena afirmou que, de acordo com as apurações em várias províncias do país, cidades e também em bairros de Cairo, Sisi tem mais de 90% dos votos em relação a seu único adversário, Musa Mustafa Musa.

Al Sisi soma 4,15 milhões de votos, contra 125.679 nas províncias de Garbia, Beheira, Swag e Assuão, as quatro cujos resultados da votação foram divulgados completamente.

Na província de Garbia, a participação foi de 50,66% e os votos nulos (110.224) foram superiores aos recebidos por Musa (cerca de 47 mil).

A vitória de Al Sisi era esperada, pois seu único oponente, um aliado do atual governo, não participou de comícios durante a campanha eleitoral e quase não fez propaganda para se tornar mais conhecido da população.

A previsão é de que o resultado oficial do pleito seja divulgado na próxima segunda-feira (2).

A grande incógnita, no entanto, foi o índice de participação. As autoridades chegaram a anunciar que aplicariam multas aos eleitores que não fossem às urnas.

Os partidos de oposição convocaram um boicote por considerar as eleições "uma farsa".

SOURCE Agência Brasil - Empresa Brasil de Comunicação S/A - EBC

CAIRO, 29 March 2018 / PRN Africa / -- A primeira contagem parcial de votos das eleições presidenciais no Egito, concluída nessa quarta-feira (28), mostra vitória arrasadora do atual presidente, Abdul Fatah al Sisi.

A agência de notícias estatal Mena afirmou que, de acordo com as apurações em várias províncias do país, cidades e também em bairros de Cairo, Sisi tem mais de 90% dos votos em relação a seu único adversário, Musa Mustafa Musa.

Al Sisi soma 4,15 milhões de votos, contra 125.679 nas províncias de Garbia, Beheira, Swag e Assuão, as quatro cujos resultados da votação foram divulgados completamente.

Na província de Garbia, a participação foi de 50,66% e os votos nulos (110.224) foram superiores aos recebidos por Musa (cerca de 47 mil).

A vitória de Al Sisi era esperada, pois seu único oponente, um aliado do atual governo, não participou de comícios durante a campanha eleitoral e quase não fez propaganda para se tornar mais conhecido da população.

A previsão é de que o resultado oficial do pleito seja divulgado na próxima segunda-feira (2).

A grande incógnita, no entanto, foi o índice de participação. As autoridades chegaram a anunciar que aplicariam multas aos eleitores que não fossem às urnas.

Os partidos de oposição convocaram um boicote por considerar as eleições "uma farsa".

SOURCE Agência Brasil - Empresa Brasil de Comunicação S/A - EBC