Associates of Cape Cod, Inc. anuncia a soltura de seu milionésimo caranguejo ferradura do seu projeto de sustentabilidade de espécies

E. FALMOUTH, Massachusetts, 4 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A ACC tem orgulho de anunciar a soltura de sua milionésima cria de caranguejo-ferradura para a natureza, como resultado de seu projeto de sustentabilidade de espécies. O programa é o primeiro desse tipo a lançar um número ecologicamente significativo de caranguejos-ferradura norte-americanos (NAHSC); ele foi iniciado pela empresa em 2017 nos Estados Unidos e expandiu para a Ásia em 2019, com o objetivo de aprimorar a sustentabilidade das populações de caranguejos que são vitais para os ecossistemas locais, como para a fabricação de reagentes de teste de endotoxina bacteriana (BET) que utilizam uma matéria-prima encontrada no sangue de caranguejos. Os reagentes da ACC são usados em todo o mundo nos setores farmacêutico, de dispositivos médicos, biotecnologia, farmácia de manipulação e diálise para controle de qualidade, lançamento de produtos e pesquisa.

Com o objetivo de manter a maior biodiversidade possível, o projeto de sustentabilidade de espécies da ACC obtém ovos e gametas de NAHSCs exclusivamente de exemplares de caranguejos destinados ao uso terminal como isca pelo setor pesqueiro. Sem ferimentos ao caranguejo, a equipe da ACC colhe as células reprodutivas, fertiliza-as in vitro e depois cultiva-as em crias de caranguejo-ferradura, todos dentro do inovador sistema de aquicultura da ACC com patente pendente em sua instalação de Falmouth, em Massachusetts. Quando os caranguejos alcançam seu primeiro e segundo ínstares (aproximadamente o tamanho de uma pequena unha), as crias são soltas na natureza em um cenário onde eles podem imediatamente ficar enterrados em segurança.

"Nosso projeto de sustentabilidade de caranguejos-ferradura é importante para a empresa e outras partes interessadas dos ecossistemas afetados", observou o Dr. A.J. Meuse, presidente e CEO da ACC, "Este projeto se alinha de perto com nossos planos gerais de minimizar nosso impacto nas populações de NAHSC e proporcionou a oportunidade de desenvolver uma tecnologia de sistema de aquicultura completamente nova desenvolvida especificamente para apoiar o crescimento dos caranguejos-ferradura. Os órgãos reguladores locais apoiaram nossa missão e concederam à ACC uma licença de aquicultura de classe 1 tipo 4, o que nos permitiu tornar este programa uma realidade."

"Espera-se que a criação e a liberação de mais de um milhão de caranguejos-ferradura nos ecossistemas locais continue e cause um impacto mensurável e positivo nas populações de caranguejos-ferradura nos próximos anos", disse Brett Hoffmeister, gerente de produção do teste do LAL da ACC e autor do sistema de aquicultura pendente de patente. "Como líder da equipe, esta incrível conquista não teria sido possível sem o trabalho árduo e a dedicação dos funcionários da ACC que compõem nossa equipe de sustentabilidade do caranguejo-ferradura  Estamos entusiasmados em ver o impacto que nosso programa terá em nosso ecossistema aquático local e apreciamos a visão de nossa propriedade corporativa que apoia plenamente nossos esforços." O Sr. Hoffmeister também comentou que a decisão da ACC de fornecer gratuitamente esses sistemas de aquicultura altamente especializados a acadêmicos qualificados na Ásia para apoiar a recuperação da população de Tachypleus mostra a dedicação da empresa em causar um impacto global.

A ACC acredita que seu projeto de sustentabilidade do caranguejo-ferradura de grande sucesso é o primeiro a causar impacto dessa magnitude entre quaisquer fornecedores de produtos do Limulus Ameobocyte Lysate (LAL). Desde 2011, como empresa, a ACC tem demonstrado seu compromisso com o meio ambiente e o uso consciente de recursos por meio de outras iniciativas operacionais, como programas de redução e reutilização de águas residuais, práticas de reciclagem de embalagens e a introdução de colas à base de água e tintas à base de vegetais ecologicamente corretas para impressão.

Sobre a Associates of Cape Cod Inc. – uma empresa do Seikagaku Group 

Especializada em tecnologias de reagentes cromogênicos e turbidimétricos, a Associates of Cape Cod, Inc. (ACC) tem ocupado a liderança global de produtos e serviços de detecção de endotoxinas e (1,3)-ß-D-glucanos por quase 50 anos. A ACC foi pioneira na metodologia moderna de testes do LAL e foi a primeira empresa licenciada pela FDA nos EUA a fabricar reagentes do LAL; a ACC é reconhecida hoje como líder internacional em detecção de endotoxinas. Acesse www.acciusa.com para maiores informações.

Para mais informações, entre em contato com

Vann Jones – gerente sênior de marketing

Associates of Cape Cod, Inc.

East Falmouth, MA 02536

EUA

Telefone: 888-395-2221

VJones@acciusa.com

www.acciusa.com

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=W36W2HxKT8I

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1223081/Associates_of_Cape_Cod_Inc_Logo.jpg

 

FONTE Associates of Cape Cod Inc.

E. FALMOUTH, Massachusetts, 4 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A ACC tem orgulho de anunciar a soltura de sua milionésima cria de caranguejo-ferradura para a natureza, como resultado de seu projeto de sustentabilidade de espécies. O programa é o primeiro desse tipo a lançar um número ecologicamente significativo de caranguejos-ferradura norte-americanos (NAHSC); ele foi iniciado pela empresa em 2017 nos Estados Unidos e expandiu para a Ásia em 2019, com o objetivo de aprimorar a sustentabilidade das populações de caranguejos que são vitais para os ecossistemas locais, como para a fabricação de reagentes de teste de endotoxina bacteriana (BET) que utilizam uma matéria-prima encontrada no sangue de caranguejos. Os reagentes da ACC são usados em todo o mundo nos setores farmacêutico, de dispositivos médicos, biotecnologia, farmácia de manipulação e diálise para controle de qualidade, lançamento de produtos e pesquisa.

Com o objetivo de manter a maior biodiversidade possível, o projeto de sustentabilidade de espécies da ACC obtém ovos e gametas de NAHSCs exclusivamente de exemplares de caranguejos destinados ao uso terminal como isca pelo setor pesqueiro. Sem ferimentos ao caranguejo, a equipe da ACC colhe as células reprodutivas, fertiliza-as in vitro e depois cultiva-as em crias de caranguejo-ferradura, todos dentro do inovador sistema de aquicultura da ACC com patente pendente em sua instalação de Falmouth, em Massachusetts. Quando os caranguejos alcançam seu primeiro e segundo ínstares (aproximadamente o tamanho de uma pequena unha), as crias são soltas na natureza em um cenário onde eles podem imediatamente ficar enterrados em segurança.

"Nosso projeto de sustentabilidade de caranguejos-ferradura é importante para a empresa e outras partes interessadas dos ecossistemas afetados", observou o Dr. A.J. Meuse, presidente e CEO da ACC, "Este projeto se alinha de perto com nossos planos gerais de minimizar nosso impacto nas populações de NAHSC e proporcionou a oportunidade de desenvolver uma tecnologia de sistema de aquicultura completamente nova desenvolvida especificamente para apoiar o crescimento dos caranguejos-ferradura. Os órgãos reguladores locais apoiaram nossa missão e concederam à ACC uma licença de aquicultura de classe 1 tipo 4, o que nos permitiu tornar este programa uma realidade."

"Espera-se que a criação e a liberação de mais de um milhão de caranguejos-ferradura nos ecossistemas locais continue e cause um impacto mensurável e positivo nas populações de caranguejos-ferradura nos próximos anos", disse Brett Hoffmeister, gerente de produção do teste do LAL da ACC e autor do sistema de aquicultura pendente de patente. "Como líder da equipe, esta incrível conquista não teria sido possível sem o trabalho árduo e a dedicação dos funcionários da ACC que compõem nossa equipe de sustentabilidade do caranguejo-ferradura  Estamos entusiasmados em ver o impacto que nosso programa terá em nosso ecossistema aquático local e apreciamos a visão de nossa propriedade corporativa que apoia plenamente nossos esforços." O Sr. Hoffmeister também comentou que a decisão da ACC de fornecer gratuitamente esses sistemas de aquicultura altamente especializados a acadêmicos qualificados na Ásia para apoiar a recuperação da população de Tachypleus mostra a dedicação da empresa em causar um impacto global.

A ACC acredita que seu projeto de sustentabilidade do caranguejo-ferradura de grande sucesso é o primeiro a causar impacto dessa magnitude entre quaisquer fornecedores de produtos do Limulus Ameobocyte Lysate (LAL). Desde 2011, como empresa, a ACC tem demonstrado seu compromisso com o meio ambiente e o uso consciente de recursos por meio de outras iniciativas operacionais, como programas de redução e reutilização de águas residuais, práticas de reciclagem de embalagens e a introdução de colas à base de água e tintas à base de vegetais ecologicamente corretas para impressão.

Sobre a Associates of Cape Cod Inc. – uma empresa do Seikagaku Group 

Especializada em tecnologias de reagentes cromogênicos e turbidimétricos, a Associates of Cape Cod, Inc. (ACC) tem ocupado a liderança global de produtos e serviços de detecção de endotoxinas e (1,3)-ß-D-glucanos por quase 50 anos. A ACC foi pioneira na metodologia moderna de testes do LAL e foi a primeira empresa licenciada pela FDA nos EUA a fabricar reagentes do LAL; a ACC é reconhecida hoje como líder internacional em detecção de endotoxinas. Acesse www.acciusa.com para maiores informações.

Para mais informações, entre em contato com

Vann Jones – gerente sênior de marketing

Associates of Cape Cod, Inc.

East Falmouth, MA 02536

EUA

Telefone: 888-395-2221

VJones@acciusa.com

www.acciusa.com

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=W36W2HxKT8I

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1223081/Associates_of_Cape_Cod_Inc_Logo.jpg

 

FONTE Associates of Cape Cod Inc.

Você acabou de ler:

Associates of Cape Cod, Inc. anuncia a soltura de seu milionésimo caranguejo ferradura do seu projeto de sustentabilidade de espécies

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/associates-of-cape-cod-inc-anuncia-a-soltura-de-seu-milionesimo-caranguejo-ferradura-do-seu-projeto-de-sustentabilidade-de-especies/