Aumento de capital de mais de US$ 200 milhões para a TCX

Os investidores apoiam a TCX na proteção dos mais pobres contra os riscos de câmbio em meio à COVID-19.

AMSTERDÃ, 13 de novembro de 2020 /PRNewswire/ -- O Currency Exchange Fund (TCX) está animado por anunciar que a Comissão Europeia (EC), apoiada pelo KfW, pela International Finance Corporation (IFC) em nome da International Development Association (IDA) e Proparco investiram mais de USD 200 milhões no Fundo.

Os investimentos, combinados com o aumento de capital de 2019, aumentam a capacidade de risco da TCX em 65% para uma base total de capital de US$ 1,25 bilhão. Isso permite ao fundo apoiar US$ 30 bilhões em investimentos em moeda local nos países fronteiriços durante o período do investimento da Comissão Europeia. Esse crescimento agressivo reflete a demanda crescente de moeda local pelos domicílios, empresas e instituições nos mercados fronteiriços. Isso também mostra a dedicação das instituições de desenvolvimento financeiro para proteger seus mutuários do risco cambial advindo de empréstimos transfronteiriços. Durante a crise do COVID muitas moedas de mercado fronteiriço foram atingidas, com resultados dramáticos para empréstimos feitos em moeda forte. Os investimentos vêm com um foco nos que fizeram empréstimos nos países IDA, especialmente na África subsaariana e nos países vizinhos da Europa.

A TCX forneceu continuamente proteção ao risco de moeda durante a crise, e o capital adicional fortalece ainda mais a capacidade do Fundo de fornecer proteção em tempos de instabilidade financeira grave.

Ruurd Brouwer, CEO da TCX diz:

"O investimento é uma resposta oportuna de nossos investidores para neutralizar os efeitos prejudiciais da pandemia. Especialmente os países mais pobres com falta de reservas e sistemas de saúde adequados são vulneráveis a este choque externo. As depreciações de moeda colocam em risco de inadimplência domicílios, empresas e instituições locais que fizeram empréstimos em moeda estrangeira. Permitir que eles façam empréstimos em suas moedas locais, ao contrário, aumenta a resiliência financeira e cria a estabilidade necessária para reduzir o impacto negativo desta e de crises futuras."

Informações básicas

A TCX é uma iniciativa global de desenvolvimento financeiro que oferece proteção de longo prazo a moedas em mais de 100 mercados financeiros nos quais tais produtos não estão disponíveis, ou são pouco acessíveis. O Fundo começou a operar em 2007 e, desde então, forneceu instrumentos de proteção em um volume total de US$ 8,5 bilhões, distribuídos em mais de 3.500 transações. Atualmente, o fundo tem uma exposição de mais de US$ 5 bilhões em 60 moedas de mercados emergentes e fronteiriços. Ao vender partes dessa exposição a investidores privados, ele cria mercados e dá a esses países acesso aos mercados de capital internacionais.

Logo: https://mma.prnewswire.com/media/1327921/The_Currency_Exchange_Fund_Logo.jpg

FONTE The Currency Exchange Fund

Os investidores apoiam a TCX na proteção dos mais pobres contra os riscos de câmbio em meio à COVID-19.

AMSTERDÃ, 13 de novembro de 2020 /PRNewswire/ -- O Currency Exchange Fund (TCX) está animado por anunciar que a Comissão Europeia (EC), apoiada pelo KfW, pela International Finance Corporation (IFC) em nome da International Development Association (IDA) e Proparco investiram mais de USD 200 milhões no Fundo.

Os investimentos, combinados com o aumento de capital de 2019, aumentam a capacidade de risco da TCX em 65% para uma base total de capital de US$ 1,25 bilhão. Isso permite ao fundo apoiar US$ 30 bilhões em investimentos em moeda local nos países fronteiriços durante o período do investimento da Comissão Europeia. Esse crescimento agressivo reflete a demanda crescente de moeda local pelos domicílios, empresas e instituições nos mercados fronteiriços. Isso também mostra a dedicação das instituições de desenvolvimento financeiro para proteger seus mutuários do risco cambial advindo de empréstimos transfronteiriços. Durante a crise do COVID muitas moedas de mercado fronteiriço foram atingidas, com resultados dramáticos para empréstimos feitos em moeda forte. Os investimentos vêm com um foco nos que fizeram empréstimos nos países IDA, especialmente na África subsaariana e nos países vizinhos da Europa.

A TCX forneceu continuamente proteção ao risco de moeda durante a crise, e o capital adicional fortalece ainda mais a capacidade do Fundo de fornecer proteção em tempos de instabilidade financeira grave.

Ruurd Brouwer, CEO da TCX diz:

"O investimento é uma resposta oportuna de nossos investidores para neutralizar os efeitos prejudiciais da pandemia. Especialmente os países mais pobres com falta de reservas e sistemas de saúde adequados são vulneráveis a este choque externo. As depreciações de moeda colocam em risco de inadimplência domicílios, empresas e instituições locais que fizeram empréstimos em moeda estrangeira. Permitir que eles façam empréstimos em suas moedas locais, ao contrário, aumenta a resiliência financeira e cria a estabilidade necessária para reduzir o impacto negativo desta e de crises futuras."

Informações básicas

A TCX é uma iniciativa global de desenvolvimento financeiro que oferece proteção de longo prazo a moedas em mais de 100 mercados financeiros nos quais tais produtos não estão disponíveis, ou são pouco acessíveis. O Fundo começou a operar em 2007 e, desde então, forneceu instrumentos de proteção em um volume total de US$ 8,5 bilhões, distribuídos em mais de 3.500 transações. Atualmente, o fundo tem uma exposição de mais de US$ 5 bilhões em 60 moedas de mercados emergentes e fronteiriços. Ao vender partes dessa exposição a investidores privados, ele cria mercados e dá a esses países acesso aos mercados de capital internacionais.

Logo: https://mma.prnewswire.com/media/1327921/The_Currency_Exchange_Fund_Logo.jpg

FONTE The Currency Exchange Fund

Você acabou de ler:

Aumento de capital de mais de US$ 200 milhões para a TCX

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/aumento-de-capital-de-mais-de-us-200-milhoes-para-a-tcx/