Base Social: Saúde integral por R$ 1,70 ao dia

RIO DE JANEIRO, 26 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta para um considerável aumento de distúrbios físicos e emocionais, com o advento da pandemia.

Segundo o organismo internacional, o isolamento compulsório trouxe sintomas de irritabilidade e ansiedade, conduzindo a transtornos diversos sobre reflexos no corpo. A 'luz vermelha' foi acesa e as pessoas com menores condições financeiras podem ser as mais atingidas, por falta de opção assistencial.

Antevendo os possíveis problemas, a Medikus Sistemas de Saúde criou o Base Social, um programa de assistência médica e emocional voltado para indivíduos das classes C e D.

O atual CEO da Medikus, Paulo Portela (reconhecido consultor e palestrante em mais de 150 empresas nacionais e multinacionais, em saúde suplementar), assim define a situação: "se não houver alternativa às camadas mais humildes, podemos chegar a um caos em saúde mental na sociedade. Objetivamos ser a grande opção das pessoas sem recursos financeiros para a aquisição de um plano de saúde".

O Base Social é fruto de oito anos de pesquisas, negociações e investimentos pessoais e está ancorado por diversas empresas parceiras (líderes em suas áreas de atuação).

Com o valor de R$1,70 por dia, o Programa oferece: Consultas Médicas por Vídeo, ilimitadas (24 horas/dia); Teleatendimento Psicológico (incluindo orientações sobre traumas e abuso de álcool e drogas); Teleatendimento em Assistência Social (incluindo orientações quanto a problemas de relacionamento familiar); Odontologia de Urgência, no domicílio, 24 horas/dia (excetuando-se em áreas de risco); Descontos significativos em Medicamentos (em todo o país); e, independente do desconto, o associado ainda recebe um bônus de R$ 100,00 nas compras mensais de remédios.

O Programa completo custa R$ 49,90 por mês, sendo R$ 39,90 por dependente.

"Em futuro próximo, forneceremos diárias em caso de desemprego do titular e, ao considerar a hipótese de óbito, arcar com os custos do funeral além dos dependentes receberem uma renda por 3 meses, de forma a minimamente amparar a família". Complementa Paulo Portela.

A tecnologia utilizada para o bem

Com tecnologia de ponta; a plataforma é digital através de APP. Os usuários poderão armazenar histórico das prescrições médicas, emitir relatórios de tratamento e registrar horários das medicações.

O  sistema também incluirá o 'modo' Alerta Precoce, onde o usuário terá o seu estado emocional diário monitorado, sendo avisado quando uma crise emocional demonstrar-se possível.

Pré cadastros, sem compromissos, podem ser efetuados através do site www.basesocial.net

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1656521/Base_Social.jpg

FONTE MSSaúde

RIO DE JANEIRO, 26 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta para um considerável aumento de distúrbios físicos e emocionais, com o advento da pandemia.

Segundo o organismo internacional, o isolamento compulsório trouxe sintomas de irritabilidade e ansiedade, conduzindo a transtornos diversos sobre reflexos no corpo. A 'luz vermelha' foi acesa e as pessoas com menores condições financeiras podem ser as mais atingidas, por falta de opção assistencial.

Antevendo os possíveis problemas, a Medikus Sistemas de Saúde criou o Base Social, um programa de assistência médica e emocional voltado para indivíduos das classes C e D.

O atual CEO da Medikus, Paulo Portela (reconhecido consultor e palestrante em mais de 150 empresas nacionais e multinacionais, em saúde suplementar), assim define a situação: "se não houver alternativa às camadas mais humildes, podemos chegar a um caos em saúde mental na sociedade. Objetivamos ser a grande opção das pessoas sem recursos financeiros para a aquisição de um plano de saúde".

O Base Social é fruto de oito anos de pesquisas, negociações e investimentos pessoais e está ancorado por diversas empresas parceiras (líderes em suas áreas de atuação).

Com o valor de R$1,70 por dia, o Programa oferece: Consultas Médicas por Vídeo, ilimitadas (24 horas/dia); Teleatendimento Psicológico (incluindo orientações sobre traumas e abuso de álcool e drogas); Teleatendimento em Assistência Social (incluindo orientações quanto a problemas de relacionamento familiar); Odontologia de Urgência, no domicílio, 24 horas/dia (excetuando-se em áreas de risco); Descontos significativos em Medicamentos (em todo o país); e, independente do desconto, o associado ainda recebe um bônus de R$ 100,00 nas compras mensais de remédios.

O Programa completo custa R$ 49,90 por mês, sendo R$ 39,90 por dependente.

"Em futuro próximo, forneceremos diárias em caso de desemprego do titular e, ao considerar a hipótese de óbito, arcar com os custos do funeral além dos dependentes receberem uma renda por 3 meses, de forma a minimamente amparar a família". Complementa Paulo Portela.

A tecnologia utilizada para o bem

Com tecnologia de ponta; a plataforma é digital através de APP. Os usuários poderão armazenar histórico das prescrições médicas, emitir relatórios de tratamento e registrar horários das medicações.

O  sistema também incluirá o 'modo' Alerta Precoce, onde o usuário terá o seu estado emocional diário monitorado, sendo avisado quando uma crise emocional demonstrar-se possível.

Pré cadastros, sem compromissos, podem ser efetuados através do site www.basesocial.net

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1656521/Base_Social.jpg

FONTE MSSaúde

Você acabou de ler:

Base Social: Saúde integral por R$ 1,70 ao dia

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/base-social-saude-integral-por-r-170-ao-dia/