Bitz Softwares promete projetos de modernização no setor de hotelaria e serviços

Crescimento vertiginoso se deve às oportunidades de inovação geradas pelo isolamento social, que vão desde web check in via WhatsApp até cardápios com QR Code

PATO BRANCO, Brasil, 18 de setembro de 2020 /PRNewswire/ --  A empresa de Pato Branco (PR), que começou sua operação em 2011 com foco no desenvolvimento de software e há três anos expandiu sua atuação para o setor hoteleiro, voltou suas atenções durante a pandemia para as oportunidades geradas em decorrência do isolamento social.

As necessidades digitais surgidas com o "novo normal" estão relacionadas às normas estabelecidas pelas autoridades de saúde e às adaptações pelas quais a população teve que passar. "O setor hoteleiro foi um dos que mais sofreu com os efeitos da pandemia e a tecnologia se mostrou uma ferramenta essencial para os negócios daqui para frente", diz Thiago Santin, Ceo da empresa.

Entre as inovações que impulsionaram o crescimento da Bitz está o Easy Check, um aplicativo que funciona como um portal do hóspede e traz informações úteis – como a senha do wifi, mapa do hotel, nome do gerente com quem ele pode falar.  Além disso, momentos antes da chegada ao hotel, o cliente recebe um link para fazer o check in pelo WhatsApp, com a possibilidade de fazer o pagamento antecipado por lá também. E depois, basta pegar as chaves e ir para o quarto. A partir daí, todos os pedidos – inclusive relacionados à alimentação - podem ser realizados diretamente pelo app.

"O comportamento das pessoas mudou, por isso a transformação se faz necessária em um segmento tão conservador. Por exemplo, porque não desenvolver um sistema para agendar o horário do café da manhã e evitar aglomeração? É algo que pode simbolizar um paradigma", reflete Santin.

Outra facilidade desenvolvida pela Bitz diz respeito aos serviços disponibilizados dentro dos restaurantes do próprio empreendimento. O CEO explica que eles podem adotar um módulo no qual é possível que os pedidos sejam feitos por QR Code, sem necessidade de interação com o garçom, que fica responsável somente por trazer os pedidos. "Tudo se resolve com tecnologia, evitando o contato e tornando o processo mais ágil e seguro".

Santin cita ainda outra novidade, o Bitz Pay. Trata-se de uma solução de pagamentos que realiza a conciliação de cartões automaticamente, colocando fim à necessidade de casar o valor das chamadas maquininhas com o montante que entra no sistema. "Com ele, todos os pagamentos realizados durante o check in e check out por meio do web check in e do Easy Check são compensados diretamente na conta do estabelecimento", esclarece, reforçando que todas as ações relacionadas à pagamento podem ser integradas com o sistema financeiro adotado.

 

FONTE Bitz Softwares

Crescimento vertiginoso se deve às oportunidades de inovação geradas pelo isolamento social, que vão desde web check in via WhatsApp até cardápios com QR Code

PATO BRANCO, Brasil, 18 de setembro de 2020 /PRNewswire/ --  A empresa de Pato Branco (PR), que começou sua operação em 2011 com foco no desenvolvimento de software e há três anos expandiu sua atuação para o setor hoteleiro, voltou suas atenções durante a pandemia para as oportunidades geradas em decorrência do isolamento social.

As necessidades digitais surgidas com o "novo normal" estão relacionadas às normas estabelecidas pelas autoridades de saúde e às adaptações pelas quais a população teve que passar. "O setor hoteleiro foi um dos que mais sofreu com os efeitos da pandemia e a tecnologia se mostrou uma ferramenta essencial para os negócios daqui para frente", diz Thiago Santin, Ceo da empresa.

Entre as inovações que impulsionaram o crescimento da Bitz está o Easy Check, um aplicativo que funciona como um portal do hóspede e traz informações úteis – como a senha do wifi, mapa do hotel, nome do gerente com quem ele pode falar.  Além disso, momentos antes da chegada ao hotel, o cliente recebe um link para fazer o check in pelo WhatsApp, com a possibilidade de fazer o pagamento antecipado por lá também. E depois, basta pegar as chaves e ir para o quarto. A partir daí, todos os pedidos – inclusive relacionados à alimentação - podem ser realizados diretamente pelo app.

"O comportamento das pessoas mudou, por isso a transformação se faz necessária em um segmento tão conservador. Por exemplo, porque não desenvolver um sistema para agendar o horário do café da manhã e evitar aglomeração? É algo que pode simbolizar um paradigma", reflete Santin.

Outra facilidade desenvolvida pela Bitz diz respeito aos serviços disponibilizados dentro dos restaurantes do próprio empreendimento. O CEO explica que eles podem adotar um módulo no qual é possível que os pedidos sejam feitos por QR Code, sem necessidade de interação com o garçom, que fica responsável somente por trazer os pedidos. "Tudo se resolve com tecnologia, evitando o contato e tornando o processo mais ágil e seguro".

Santin cita ainda outra novidade, o Bitz Pay. Trata-se de uma solução de pagamentos que realiza a conciliação de cartões automaticamente, colocando fim à necessidade de casar o valor das chamadas maquininhas com o montante que entra no sistema. "Com ele, todos os pagamentos realizados durante o check in e check out por meio do web check in e do Easy Check são compensados diretamente na conta do estabelecimento", esclarece, reforçando que todas as ações relacionadas à pagamento podem ser integradas com o sistema financeiro adotado.

 

FONTE Bitz Softwares