Brasil apresenta drones agrícolas da XAG para plantar árvores

CURITIBA, Brasil, 31 de janeiro de 2022 /PRNewswire/ -- Foi iniciado no Brasil um projeto de restauração florestal com o uso de drones agrícolas da XAG. O país é pioneiro em fazer experiências de plantio de sementes de espécies arbóreas nativas por meio de drones. O teste ajudará a demonstrar a eficácia dos drones para impulsionar o crescimento das florestas, preparando o caminho para que as tecnologias autônomas sejam utilizadas no plantio em larga escala de florestas brasileiras.

Essa aplicação de semeadura por drones faz parte do Projeto Arboreto, realizado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), a universidade mais antiga do Brasil, em colaboração com a Timber, parceira local da XAG e fornecedora de maquinários agrícolas autônomos. O projeto tem como objetivo ajudar a acelerar o processo de restauração florestal por meio do plantio de espécies de árvores com interesse comercial e adaptação ambiental.

Durante o experimento de campo, diferentes quantidades de sementes foram pesadas e dispostas no recipiente inteligente a bordo do drone. Após o piloto ter inserido todos os parâmetros de operação no aplicativo móvel, como pontos de passagem, velocidade de voo e volume de pulverização, o drone agrícola da XAG com acessório para pulverização foi programado para percorrer linhas-alvo, distribuindo uniformemente sementes de diferentes espécies florestais nativas da região.

Comparado com o plantio de árvores manual, o drone com automação completa pode melhorar a produtividade do trabalho de restauração, principalmente em terrenos de difícil acesso. Espera-se que o drone agrícola possa servir como uma ferramenta econômica para facilitar o replantio de árvores nativas por governos e empresas.

Como empresa líder em agrotecnologia, a XAG desenvolve drones para várias aplicações agrícolas, que já foram apresentados a 42 países e regiões. Seus drones agrícolas são amplamente utilizados para lançar sementes, espalhar fertilizantes, pulverizar pesticidas e realizar mapeamento digital de campo.

Como o desmatamento se tornou uma crise global que pode comprometer a meta climática e ameaçar a segurança alimentar, o drone agrícola autônomo pode ser explorado em um novo território para tornar o replantio florestal mais fácil e rápido. Com a segunda maior área florestal do mundo, o Brasil é um dos países que se comprometeram a reverter e acabar com o desmatamento até 2030 na cúpula climática COP26.

Agora, com as sementes de esperança plantadas, a taxa de germinação e o crescimento das árvores por fileiras serão cuidadosamente avaliados para esse projeto inovador, além de entender a mistura de sementes mais adequada para aplicação por drones.

Aproveitando a versatilidade do drone agrícola da XAG, a UFPR também realizou outro experimento com foco na adubação e controle de pragas de plantações de espécies arbóreas comerciais. Na Fazenda Experimental da UFPR próxima a Rio Negro, o drone da XAG dispersou automaticamente fertilizantes sólidos e pesticidas líquidos em uma área plantada com pinus de um ano e meio.

"Sabemos como é difícil realizar trabalhos como esse de plantar árvores nativas. Então, quando podemos contar com uma tecnologia que tem controle e que conseguimos definir o rigor, isso é bem-vindo", concluiu o Professor Alessandro Camargo Angelo.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1736784/XAG_Agricultural_Drone.jpg

FONTE XAG

CURITIBA, Brasil, 31 de janeiro de 2022 /PRNewswire/ -- Foi iniciado no Brasil um projeto de restauração florestal com o uso de drones agrícolas da XAG. O país é pioneiro em fazer experiências de plantio de sementes de espécies arbóreas nativas por meio de drones. O teste ajudará a demonstrar a eficácia dos drones para impulsionar o crescimento das florestas, preparando o caminho para que as tecnologias autônomas sejam utilizadas no plantio em larga escala de florestas brasileiras.

Essa aplicação de semeadura por drones faz parte do Projeto Arboreto, realizado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), a universidade mais antiga do Brasil, em colaboração com a Timber, parceira local da XAG e fornecedora de maquinários agrícolas autônomos. O projeto tem como objetivo ajudar a acelerar o processo de restauração florestal por meio do plantio de espécies de árvores com interesse comercial e adaptação ambiental.

Durante o experimento de campo, diferentes quantidades de sementes foram pesadas e dispostas no recipiente inteligente a bordo do drone. Após o piloto ter inserido todos os parâmetros de operação no aplicativo móvel, como pontos de passagem, velocidade de voo e volume de pulverização, o drone agrícola da XAG com acessório para pulverização foi programado para percorrer linhas-alvo, distribuindo uniformemente sementes de diferentes espécies florestais nativas da região.

Comparado com o plantio de árvores manual, o drone com automação completa pode melhorar a produtividade do trabalho de restauração, principalmente em terrenos de difícil acesso. Espera-se que o drone agrícola possa servir como uma ferramenta econômica para facilitar o replantio de árvores nativas por governos e empresas.

Como empresa líder em agrotecnologia, a XAG desenvolve drones para várias aplicações agrícolas, que já foram apresentados a 42 países e regiões. Seus drones agrícolas são amplamente utilizados para lançar sementes, espalhar fertilizantes, pulverizar pesticidas e realizar mapeamento digital de campo.

Como o desmatamento se tornou uma crise global que pode comprometer a meta climática e ameaçar a segurança alimentar, o drone agrícola autônomo pode ser explorado em um novo território para tornar o replantio florestal mais fácil e rápido. Com a segunda maior área florestal do mundo, o Brasil é um dos países que se comprometeram a reverter e acabar com o desmatamento até 2030 na cúpula climática COP26.

Agora, com as sementes de esperança plantadas, a taxa de germinação e o crescimento das árvores por fileiras serão cuidadosamente avaliados para esse projeto inovador, além de entender a mistura de sementes mais adequada para aplicação por drones.

Aproveitando a versatilidade do drone agrícola da XAG, a UFPR também realizou outro experimento com foco na adubação e controle de pragas de plantações de espécies arbóreas comerciais. Na Fazenda Experimental da UFPR próxima a Rio Negro, o drone da XAG dispersou automaticamente fertilizantes sólidos e pesticidas líquidos em uma área plantada com pinus de um ano e meio.

"Sabemos como é difícil realizar trabalhos como esse de plantar árvores nativas. Então, quando podemos contar com uma tecnologia que tem controle e que conseguimos definir o rigor, isso é bem-vindo", concluiu o Professor Alessandro Camargo Angelo.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1736784/XAG_Agricultural_Drone.jpg

FONTE XAG

Você acabou de ler:

Brasil apresenta drones agrícolas da XAG para plantar árvores

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/brasil-apresenta-drones-agricolas-da-xag-para-plantar-arvores/