BRASKEM - Em 2020, o Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 2.082 milhões, 38% superior a 2019

SÃO PAULO, 11 de março de 2021 /PRNewswire/ -- A BRASKEM S.A. (B3: BRKM3, BRKM5 e BRKM6; NYSE: BAK; LATIBEX: XBRK) divulga hoje os resultados do 4T20 e 2020.

PRINCIPAIS DESTAQUES 4T20:

Consolidado:

  • O Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 833 milhões, 22% superior ao 3T20 explicado, principalmente, pelos melhores spreads de resinas e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e PE no México. Em relação ao mesmo período do ano anterior, o Resultado Operacional recorrente da Companhia em dólares foi 246% superior, em função (i) dos melhores spreads de resinas e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e na Europa e PE no México e (ii) do aumento no volume de vendas de resinas e químicos no Brasil. Em reais, o Resultado Operacional recorrente foi de R$ 4.522 milhões, 23% e 355% superior ao 3T20 e 4T19, respectivamente, dada a depreciação do real frente ao dólar.
  • Em 2020, a Companhia registrou prejuízo líquido[1] de R$ 6.692 milhões em função, principalmente, das provisões referentes ao evento geológico de Alagoas no montante de R$ 6.902 milhões e do impacto da variação cambial no resultado financeiro dada a depreciação do real frente ao dólar sobre a exposição líquida no montante de US$ 3.400 milhões.
  • No ano, a Companhia apresentou geração líquida de caixa positiva de R$ 1.276 milhões, principalmente, em função (i) do forte resultado operacional recorrente; (ii) da monetização de créditos de PIS/COFINS no valor de R$ 1.786 milhões; e (iii) da redução dos investimentos previstos pela Companhia em 23%. Esses impactos foram parcialmente compensados pelo impacto de capital de giro no fluxo de caixa no primeiro semestre do ano, em função do consumo de caixa devido à mudança no perfil de compra de matéria-prima, com menor volume de compra de nafta importada.
  • Em função da geração de caixa da Companhia e do contínuo compromisso com a higidez financeira, a alavancagem corporativa, medida pela relação dívida líquida/Resultado Operacional recorrente[2] em dólares, foi de 2,94x.
  • No acumulado do ano, a taxa de frequência global de acidentes com e sem afastamento (CAF + SAF) foi de 0,95 (eventos /1MM HH), 71% abaixo da média do setor[3]. Esta é a menor taxa dos últimos três anos e a redução é resultado dos esforços e treinamentos relativos ao programa da confiabilidade humana da Companhia. A companha atingiu também os melhores resultados históricos de segurança de processos com uma taxa de frequência de acidentes Tier 1 de 0,07 Tier 1/ MM HH.
  • Em dezembro de 2020, a Companhia concluiu um importante avanço em relação ao evento geológico de Alagoas e seus potencias impactos com a celebração dos Acordos para Compensação dos Moradores e para Reparação Socioambiental (em conjunto, " Acordos"). Após a homologação dos Acordos com as autoridades competentes, as ações civis públicas contra a Braskem relacionadas à compensação dos moradores e à reparação socioambiental no contexto do evento geológico em Alagoas foram extintas.
  • Em dezembro de 2020, a Braskem concluiu a renovação dos seus contratos de matérias-primas para suas centrais petroquímicas com a Petrobras com assinatura dos contratos de fornecimento de nafta petroquímica para a sua unidade industrial em São Paulo e de etano e propano para a sua unidade industrial no Rio de Janeiro. Tais contratos, com prazo de cerca de 5 anos após o encerramento dos contratos atuais em dezembro de 2020, têm por objeto o fornecimento de volume anual de até 2 milhões de toneladas de nafta petroquímica para São Paulo e de até 580.000 toneladas de eteno equivalente (volume de eteno para cada tonelada de etano e propano) para o Rio de Janeiro, com preços baseados nas referências internacionais.
  • Em fevereiro de 2021, a Companhia anunciou o reinício da produção de cloro-soda e dicloretano da sua unidade localizada no bairro do Pontal da Barra em Maceió, Alagoas que estava paralisada desde maio de 2019. Para o retorno da Planta de Cloro-soda, a Braskem concluiu o projeto para a produção de salmoura como matéria-prima a partir da aquisição de sal importado, o que permite a Companhia voltar a produzir de forma integrada PVC e soda cáustica.
  • No trimestre, as vendas de produtos reciclados atingiram 5,7 mil toneladas, um aumento de 310% em relação ao 3T20, em função do aumento de demanda no México e início da comercialização de resinas recicladas na Europa.
  • No ano, a taxa de utilização de eteno verde foi de 87%, aumento de 9 p.p. em relação à 2019, e as vendas de PE Verde chegaram ao patamar de 170 mil toneladas, aumento de 5% em relação ao ano anterior, sendo os dois valores recordes históricos desde o início da operação de biopolímeros da Companhia em 2010.

Brasil:

  • O Resultado Operacional recorrente do Brasil foi de US$ 680 milhões (R$ 3.684 milhões), 29% superior ao 3T20, em função, principalmente, dos maiores spreads no mercado internacional de PE, PP, PVC e principais químicos, representando 79% do Resultado Operacional recorrente consolidado de segmentos da Companhia.
  • No quarto trimestre, em linha com a estratégia da Companhia de priorização ao atendimento do mercado brasileiro, a Companhia apresentou um volume de mais de 1,0 milhão toneladas de resinas comercializadas no Brasil, montante de aproximadamente 17% acima da média histórica[4] da Companhia.

 Estados Unidos e Europa:

  • O Resultado Operacional recorrente dos Estados Unidos e Europa foi de US$ 117 milhões (R$ 626 milhões), 12% inferior ao 3T20, em função do menor volume de vendas dada a menor disponibilidade de produtos para venda em ambas as regiões, representando 13% do Resultado Operacional recorrente consolidado de segmentos da Companhia. Ante ao 4T19, o aumento de 87% é explicado, principalmente, pelos melhores spreads de PP nos Estados Unidos e Europa.
  • No trimestre, o processo de ramp-up da nova planta de PP nos Estados Unidos (Delta) progrediu de forma significativa, tanto em volume de produção como em qualidade de material produzido. A produção da nova planta foi de 101 mil toneladas e representou aproximadamente 90% de taxa de utilização, considerando a capacidade de produção trimestral de cerca de 113 mil toneladas.

México:

  • O Resultado Operacional recorrente do México foi de US$ 63 milhões (R$ 350 milhões), 20% inferior ao 3T20 e 18% inferior ao 4T19. O Resultado Operacional recorrente do México representou 8% do Resultado Operacional recorrente consolidado de segmentos da Companhia.
  • No trimestre, a Braskem Idesa importou aproximadamente 35 mil toneladas (média de 7 mil barris por dia) de etano dos Estados Unidos, a fim de complementar o fornecimento de etano pela Pemex, o que representou 9% da taxa de utilização de PE do Complexo Petroquímico do México, que no trimestre foi de 48%. Em dezembro de 2020, a Braskem Idesa concluiu uma expansão da operação do Fast Track que atualmente apresenta capacidade esperada de 20 mil barris por dia de etano, ou cerca de 30% da necessidade total de etano do complexo petroquímico.
  • Em dezembro de 2020, a Braskem Idesa foi notificada pelo Centro Nacional de Control del Gas Natural ("Cenagas"), agência do governo mexicano responsável pelo sistema de dutos e transporte de gás natural na região, referente à interrupção, de forma unilateral, do serviço de transporte de gás natural, insumo energético essencial para produção de polietileno no Complexo Petroquímico do México. Com isso, e respeitando os protocolos de segurança, a Braskem Idesa interrompeu de forma imediata as atividades operacionais.
  • Em 7 de janeiro de 2021, a Companhia comunicou a retomada parcial da produção de polietileno pela Braskem Idesa, com base em um modelo de negócio experimental, seguindo os protocolos de segurança e reduzindo o impacto no atendimento da demanda da indústria plástica mexicana.
  • Conforme Comunicado ao Mercado de 1 de março de 2021, a Braskem Idesa assinou com a PEMEX e Cenagas, os seguintes documentos para permitir a continuidade da operação da BI:
    • i. memorando de entendimentos com termos e condições para discussão de potenciais aditivos ao contrato de fornecimento de etano com a PEMEX, bem como para desenvolvimento de terminal de importação desta matéria-prima, sujeitos à negociação, documentação definitiva, aprovação dos credores e dos acionistas da BI, e com reservas de direitos; e
    • ii. contrato de prestação de serviço de transporte de gás natural com o Cenagas, com prazo final de 15 anos, sendo que tal prazo está condicionado à assinatura da documentação definitiva mencionada no item (i) acima.
  • Com a assinatura desses documentos pela BI, BI começou a receber o serviço de transporte de gás natural que havia sido interrompido unilateralmente em dezembro de 2020, permitindo a Companhia a utilizar gás natural na sua operação de produção e geração de energia elétrica. Adicionalmente, o atual contrato de fornecimento de etano entre BI e PEMEX segue em vigor. No momento, a BI não consegue prever o resultado de tais discussões com a PEMEX, seus acionistas e credores.

Veja o release de resultados no site de RI: www.braskem-ri.com.br

A Braskem realizará teleconferência sobre seus Resultados QUINTA-FEIRA, 11 de março, às 11h00.

Informações adicionais podem ser obtidas junto ao Departamento de Relações com Investidores através do tel +55 11 3576-9531 ou braskem-ri@braskem.com.br.



1Considera o prejuízo líquido atribuível aos acionistas da Companhia.

2Não inclui o Project Finance do México e considera o Resultado Operacional recorrente.

3A média do setor é de 3,25 por milhão de horas trabalhadas conforme American Chemistry Council. Dado mais recente é referente à 2018.

4Considera a média histórica desde o 1T10.

FONTE Braskem S.A.

SÃO PAULO, 11 de março de 2021 /PRNewswire/ -- A BRASKEM S.A. (B3: BRKM3, BRKM5 e BRKM6; NYSE: BAK; LATIBEX: XBRK) divulga hoje os resultados do 4T20 e 2020.

PRINCIPAIS DESTAQUES 4T20:

Consolidado:

  • O Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 833 milhões, 22% superior ao 3T20 explicado, principalmente, pelos melhores spreads de resinas e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e PE no México. Em relação ao mesmo período do ano anterior, o Resultado Operacional recorrente da Companhia em dólares foi 246% superior, em função (i) dos melhores spreads de resinas e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e na Europa e PE no México e (ii) do aumento no volume de vendas de resinas e químicos no Brasil. Em reais, o Resultado Operacional recorrente foi de R$ 4.522 milhões, 23% e 355% superior ao 3T20 e 4T19, respectivamente, dada a depreciação do real frente ao dólar.
  • Em 2020, a Companhia registrou prejuízo líquido[1] de R$ 6.692 milhões em função, principalmente, das provisões referentes ao evento geológico de Alagoas no montante de R$ 6.902 milhões e do impacto da variação cambial no resultado financeiro dada a depreciação do real frente ao dólar sobre a exposição líquida no montante de US$ 3.400 milhões.
  • No ano, a Companhia apresentou geração líquida de caixa positiva de R$ 1.276 milhões, principalmente, em função (i) do forte resultado operacional recorrente; (ii) da monetização de créditos de PIS/COFINS no valor de R$ 1.786 milhões; e (iii) da redução dos investimentos previstos pela Companhia em 23%. Esses impactos foram parcialmente compensados pelo impacto de capital de giro no fluxo de caixa no primeiro semestre do ano, em função do consumo de caixa devido à mudança no perfil de compra de matéria-prima, com menor volume de compra de nafta importada.
  • Em função da geração de caixa da Companhia e do contínuo compromisso com a higidez financeira, a alavancagem corporativa, medida pela relação dívida líquida/Resultado Operacional recorrente[2] em dólares, foi de 2,94x.
  • No acumulado do ano, a taxa de frequência global de acidentes com e sem afastamento (CAF + SAF) foi de 0,95 (eventos /1MM HH), 71% abaixo da média do setor[3]. Esta é a menor taxa dos últimos três anos e a redução é resultado dos esforços e treinamentos relativos ao programa da confiabilidade humana da Companhia. A companha atingiu também os melhores resultados históricos de segurança de processos com uma taxa de frequência de acidentes Tier 1 de 0,07 Tier 1/ MM HH.
  • Em dezembro de 2020, a Companhia concluiu um importante avanço em relação ao evento geológico de Alagoas e seus potencias impactos com a celebração dos Acordos para Compensação dos Moradores e para Reparação Socioambiental (em conjunto, " Acordos"). Após a homologação dos Acordos com as autoridades competentes, as ações civis públicas contra a Braskem relacionadas à compensação dos moradores e à reparação socioambiental no contexto do evento geológico em Alagoas foram extintas.
  • Em dezembro de 2020, a Braskem concluiu a renovação dos seus contratos de matérias-primas para suas centrais petroquímicas com a Petrobras com assinatura dos contratos de fornecimento de nafta petroquímica para a sua unidade industrial em São Paulo e de etano e propano para a sua unidade industrial no Rio de Janeiro. Tais contratos, com prazo de cerca de 5 anos após o encerramento dos contratos atuais em dezembro de 2020, têm por objeto o fornecimento de volume anual de até 2 milhões de toneladas de nafta petroquímica para São Paulo e de até 580.000 toneladas de eteno equivalente (volume de eteno para cada tonelada de etano e propano) para o Rio de Janeiro, com preços baseados nas referências internacionais.
  • Em fevereiro de 2021, a Companhia anunciou o reinício da produção de cloro-soda e dicloretano da sua unidade localizada no bairro do Pontal da Barra em Maceió, Alagoas que estava paralisada desde maio de 2019. Para o retorno da Planta de Cloro-soda, a Braskem concluiu o projeto para a produção de salmoura como matéria-prima a partir da aquisição de sal importado, o que permite a Companhia voltar a produzir de forma integrada PVC e soda cáustica.
  • No trimestre, as vendas de produtos reciclados atingiram 5,7 mil toneladas, um aumento de 310% em relação ao 3T20, em função do aumento de demanda no México e início da comercialização de resinas recicladas na Europa.
  • No ano, a taxa de utilização de eteno verde foi de 87%, aumento de 9 p.p. em relação à 2019, e as vendas de PE Verde chegaram ao patamar de 170 mil toneladas, aumento de 5% em relação ao ano anterior, sendo os dois valores recordes históricos desde o início da operação de biopolímeros da Companhia em 2010.

Brasil:

  • O Resultado Operacional recorrente do Brasil foi de US$ 680 milhões (R$ 3.684 milhões), 29% superior ao 3T20, em função, principalmente, dos maiores spreads no mercado internacional de PE, PP, PVC e principais químicos, representando 79% do Resultado Operacional recorrente consolidado de segmentos da Companhia.
  • No quarto trimestre, em linha com a estratégia da Companhia de priorização ao atendimento do mercado brasileiro, a Companhia apresentou um volume de mais de 1,0 milhão toneladas de resinas comercializadas no Brasil, montante de aproximadamente 17% acima da média histórica[4] da Companhia.

 Estados Unidos e Europa:

  • O Resultado Operacional recorrente dos Estados Unidos e Europa foi de US$ 117 milhões (R$ 626 milhões), 12% inferior ao 3T20, em função do menor volume de vendas dada a menor disponibilidade de produtos para venda em ambas as regiões, representando 13% do Resultado Operacional recorrente consolidado de segmentos da Companhia. Ante ao 4T19, o aumento de 87% é explicado, principalmente, pelos melhores spreads de PP nos Estados Unidos e Europa.
  • No trimestre, o processo de ramp-up da nova planta de PP nos Estados Unidos (Delta) progrediu de forma significativa, tanto em volume de produção como em qualidade de material produzido. A produção da nova planta foi de 101 mil toneladas e representou aproximadamente 90% de taxa de utilização, considerando a capacidade de produção trimestral de cerca de 113 mil toneladas.

México:

  • O Resultado Operacional recorrente do México foi de US$ 63 milhões (R$ 350 milhões), 20% inferior ao 3T20 e 18% inferior ao 4T19. O Resultado Operacional recorrente do México representou 8% do Resultado Operacional recorrente consolidado de segmentos da Companhia.
  • No trimestre, a Braskem Idesa importou aproximadamente 35 mil toneladas (média de 7 mil barris por dia) de etano dos Estados Unidos, a fim de complementar o fornecimento de etano pela Pemex, o que representou 9% da taxa de utilização de PE do Complexo Petroquímico do México, que no trimestre foi de 48%. Em dezembro de 2020, a Braskem Idesa concluiu uma expansão da operação do Fast Track que atualmente apresenta capacidade esperada de 20 mil barris por dia de etano, ou cerca de 30% da necessidade total de etano do complexo petroquímico.
  • Em dezembro de 2020, a Braskem Idesa foi notificada pelo Centro Nacional de Control del Gas Natural ("Cenagas"), agência do governo mexicano responsável pelo sistema de dutos e transporte de gás natural na região, referente à interrupção, de forma unilateral, do serviço de transporte de gás natural, insumo energético essencial para produção de polietileno no Complexo Petroquímico do México. Com isso, e respeitando os protocolos de segurança, a Braskem Idesa interrompeu de forma imediata as atividades operacionais.
  • Em 7 de janeiro de 2021, a Companhia comunicou a retomada parcial da produção de polietileno pela Braskem Idesa, com base em um modelo de negócio experimental, seguindo os protocolos de segurança e reduzindo o impacto no atendimento da demanda da indústria plástica mexicana.
  • Conforme Comunicado ao Mercado de 1 de março de 2021, a Braskem Idesa assinou com a PEMEX e Cenagas, os seguintes documentos para permitir a continuidade da operação da BI:
    • i. memorando de entendimentos com termos e condições para discussão de potenciais aditivos ao contrato de fornecimento de etano com a PEMEX, bem como para desenvolvimento de terminal de importação desta matéria-prima, sujeitos à negociação, documentação definitiva, aprovação dos credores e dos acionistas da BI, e com reservas de direitos; e
    • ii. contrato de prestação de serviço de transporte de gás natural com o Cenagas, com prazo final de 15 anos, sendo que tal prazo está condicionado à assinatura da documentação definitiva mencionada no item (i) acima.
  • Com a assinatura desses documentos pela BI, BI começou a receber o serviço de transporte de gás natural que havia sido interrompido unilateralmente em dezembro de 2020, permitindo a Companhia a utilizar gás natural na sua operação de produção e geração de energia elétrica. Adicionalmente, o atual contrato de fornecimento de etano entre BI e PEMEX segue em vigor. No momento, a BI não consegue prever o resultado de tais discussões com a PEMEX, seus acionistas e credores.

Veja o release de resultados no site de RI: www.braskem-ri.com.br

A Braskem realizará teleconferência sobre seus Resultados QUINTA-FEIRA, 11 de março, às 11h00.

Informações adicionais podem ser obtidas junto ao Departamento de Relações com Investidores através do tel +55 11 3576-9531 ou braskem-ri@braskem.com.br.



1Considera o prejuízo líquido atribuível aos acionistas da Companhia.

2Não inclui o Project Finance do México e considera o Resultado Operacional recorrente.

3A média do setor é de 3,25 por milhão de horas trabalhadas conforme American Chemistry Council. Dado mais recente é referente à 2018.

4Considera a média histórica desde o 1T10.

FONTE Braskem S.A.

Você acabou de ler:

BRASKEM - Em 2020, o Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 2.082 milhões, 38% superior a 2019

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/braskem-em-2020-o-resultado-operacional-recorrente-da-companhia-foi-de-us-2-082-milhoes-38-superior-a-2019/