CAIXA atinge Lucro Líquido de R$ 4,6 bilhões no 1T21, aumento de 50,3% comparado ao 1T20

BRASÍLIA, Brazil, 12 de maio de 2021 /PRNewswire/ --  A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ("CAIXA"), o maior banco brasileiro em número de clientes, crédito, contas digitais e depósitos em poupança, anuncia o seu resultado consolidado do primeiro trimestre (1T21).

Destaques do resultado (1T21):

  • Lucro Líquido de R$ 4,6 bilhões no 1T21, aumento de 50,3% sobre o 1T20.
  • ROE totalizou 16,33%, crescimento de 1,14 p.p. no trimestre.
  • Margem financeira de R$ 11,0 bilhões, maior em 4,1% sobre o 4T20 e 6,8% sobre o 1T20.
  • Índice de Basileia de 17,6% no 1T21, com capital de nível 1 atingindo 13,0%.
  • Saldo de R$ 799,6 bilhões na carteira de crédito total, crescimento de 14,3% sobre o 1T20.
  • Crescimento de 103,1% em contratações de crédito imobiliário SBPE em relação ao 1T20.
  • Contratação de R$ 12,9 bilhões em crédito consignado, maior valor para o 1T em 10 anos.
  • 125,9% de crescimento no saldo MPE em 12 meses, atingindo R$ 49,0 bilhões.
  • Inadimplência acima de 90 dias de 2,04%, redução de 1,10 p.p. sobre o 1T20.                                                                                                       
  • Cobertura do saldo inadimplente alcançou 216,2%, aumento de 58,0 p.p. sobre o 1T20.
  • Saldo em poupança de R$ 368,5 bilhões, evolução de 14,8% em 12 meses.
  • Outras Despesas Administrativas com redução de 1,1% em 12 meses.
  • Devolução de 44 imóveis alugados, gerando R$ 119,0 milhões em economia no 1T20.
  • 31,0 milhões de CPF cadastrados no PIX, primeira colocada dentre os grandes bancos.
  • Volume financeiro de R$ 5,0 bilhões no IPO da CAIXA Seguridade.
  • 17,25% de ações da CAIXA Seguridade vendidas a 150 mil investidores.
  • 5 Parcerias Estratégicas da CAIXA Seguridade concluídas, totalizando R$ 9,8 bilhões
  • Seleção de 3 co-corretoras para atuação junto à corretora própria da Caixa Seguridade.
  • 2 Parcerias Estratégicas da CAIXA Cartões, totalizando mais de R$ 420,0 milhões.
  • Desinvestimento total no Banco PAN, com lucro estimado em R$ 2,0 bilhões.
  • Distribuição do FII CAIXA Imóveis Corporativos no valor de R$ 404,0 milhões.

webcast 1T21: 12/05/21, 10h00 (Brasília):

https://webcastlite.mziq.com/cover.html?webcastId=46f37db8-b7a3-4a3f-b587-6104679e0ea3

Documentos Divulgação 1T21: www.caixa.gov.br/sobre-a-caixa/relacoes-com-investidores/

Contato: Relações com Investidores, relacoes.investidores@caixa.gov.br

Sobre a Caixa Econômica Federal: A CAIXA é o maior banco brasileiro em número de clientes, crédito, contas digitais e depósitos em poupança.

FONTE Caixa Econômica Federal

BRASÍLIA, Brazil, 12 de maio de 2021 /PRNewswire/ --  A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ("CAIXA"), o maior banco brasileiro em número de clientes, crédito, contas digitais e depósitos em poupança, anuncia o seu resultado consolidado do primeiro trimestre (1T21).

Destaques do resultado (1T21):

  • Lucro Líquido de R$ 4,6 bilhões no 1T21, aumento de 50,3% sobre o 1T20.
  • ROE totalizou 16,33%, crescimento de 1,14 p.p. no trimestre.
  • Margem financeira de R$ 11,0 bilhões, maior em 4,1% sobre o 4T20 e 6,8% sobre o 1T20.
  • Índice de Basileia de 17,6% no 1T21, com capital de nível 1 atingindo 13,0%.
  • Saldo de R$ 799,6 bilhões na carteira de crédito total, crescimento de 14,3% sobre o 1T20.
  • Crescimento de 103,1% em contratações de crédito imobiliário SBPE em relação ao 1T20.
  • Contratação de R$ 12,9 bilhões em crédito consignado, maior valor para o 1T em 10 anos.
  • 125,9% de crescimento no saldo MPE em 12 meses, atingindo R$ 49,0 bilhões.
  • Inadimplência acima de 90 dias de 2,04%, redução de 1,10 p.p. sobre o 1T20.                                                                                                       
  • Cobertura do saldo inadimplente alcançou 216,2%, aumento de 58,0 p.p. sobre o 1T20.
  • Saldo em poupança de R$ 368,5 bilhões, evolução de 14,8% em 12 meses.
  • Outras Despesas Administrativas com redução de 1,1% em 12 meses.
  • Devolução de 44 imóveis alugados, gerando R$ 119,0 milhões em economia no 1T20.
  • 31,0 milhões de CPF cadastrados no PIX, primeira colocada dentre os grandes bancos.
  • Volume financeiro de R$ 5,0 bilhões no IPO da CAIXA Seguridade.
  • 17,25% de ações da CAIXA Seguridade vendidas a 150 mil investidores.
  • 5 Parcerias Estratégicas da CAIXA Seguridade concluídas, totalizando R$ 9,8 bilhões
  • Seleção de 3 co-corretoras para atuação junto à corretora própria da Caixa Seguridade.
  • 2 Parcerias Estratégicas da CAIXA Cartões, totalizando mais de R$ 420,0 milhões.
  • Desinvestimento total no Banco PAN, com lucro estimado em R$ 2,0 bilhões.
  • Distribuição do FII CAIXA Imóveis Corporativos no valor de R$ 404,0 milhões.

webcast 1T21: 12/05/21, 10h00 (Brasília):

https://webcastlite.mziq.com/cover.html?webcastId=46f37db8-b7a3-4a3f-b587-6104679e0ea3

Documentos Divulgação 1T21: www.caixa.gov.br/sobre-a-caixa/relacoes-com-investidores/

Contato: Relações com Investidores, relacoes.investidores@caixa.gov.br

Sobre a Caixa Econômica Federal: A CAIXA é o maior banco brasileiro em número de clientes, crédito, contas digitais e depósitos em poupança.

FONTE Caixa Econômica Federal

Você acabou de ler:

CAIXA atinge Lucro Líquido de R$ 4,6 bilhões no 1T21, aumento de 50,3% comparado ao 1T20

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/caixa-atinge-lucro-liquido-de-r-46-bilhoes-no-1t21-aumento-de-503-comparado-ao-1t20/