Celgard registra emenda à petição e acrescenta Farasis, Sun Town e Global Venture ao processo contra a Senior por violação de patente e apropriação indébita de segredos comerciais

CHARLOTTE, Carolina do Norte, 19 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- A Celgard, LLC (Celgard), subsidiária da Polypore International, LP (Polypore), registrou emenda à petição inicial contra os réus Shenzhen Senior Technology Material Co. Ltd. (US) e Research Institute (Senior-California), Shenzhen Senior Technology Material Co. Ltd. (Senior-China) (juntos, a Senior), Sun Town Technology, Inc. (Sun Town), Farasis Energy USA, Inc., Farasis Energy, Inc., Farasis Energy (Gan Zhou), Inc., e Farasis Energy (Gan Zhou) Co., Ltd. (juntos, Farasis), Global Venture Development, LLC, e Global Venture Development, Inc. (juntos, Global Venture) (juntos, réus), e adicionou Farasis, Sun Town e Global Venture também como réus ao processo contra a Senior, que corre no Tribunal Distrital dos EUA, no norte da Califórnia. A emenda à petição inicial alega que os acusados violaram as patentes da Celgard reemitidas nos EUA, são elas Patente RE47,520 (a patente '520), que era a anterior Patente dos EUA 6.432.586 (a patente '586), de separadores revestidos de cerâmica, além da Patente da Celgard nos EUA de número 6.692.867 (a patente '867), de separadores de polipropileno, além de haverem apropriado-se de forma indébita e usarem de maneira inadequada os segredos comerciais e informações confidenciais da Celgard, bem como outras violações e desrespeitos à lei.

Antes, a Celgard havia registrado pedido de medida liminar quer proibisse os acusados (Senior-California, Senior-China) de: (1) usar os segredos comerciais e/ou informações confidenciais da Celgard, (2) violar a patente '520 e a patente '867, (3) violar o Código de Negócios e Profissões da Califórnia, (4) incentivar o descumprimento de contratos, (5) interferir, de maneira intencional, nas relações económicas prospectivas e (6) produzir, utilizar, oferecer para venda ou comercializar nos Estados Unidos (EUA), ou importar para os EUA, produtos que violem as patentes '520 and '867 e/ou que envolvam segredos comerciais ou informações confidenciais da Celgard. O Tribunal agendou a primeira audiência para a liminar para o dia 27 de janeiro de 2020. Com a primeira emenda à petição inicial, que acrescenta outros réus e pede cessação preliminar e permanente e outros. Se o Tribunal conceder a medida liminar solicitada pela Celgard, as empresas acusadas serão impedidas de revelar ou utilizar os segredos comerciais e/ou informações confidenciais da Celgard, e de produzir , testar, utilizar, promover, oferecer para venda, anunciar, comercializar ou vender os separadores ou produtos de qualquer tipo que utilizem, incorporem ou que tenham sido desenvolvidos, no todo ou em parte, com o benefício do uso dos segredos comerciais e/ou informações confidenciais da Celgard, além da violação direta ou indireta das patentes da Celgard, inclusive sob pena de serem impedidas de importar os separadores da Senior que violem a patente, ou produtos que os contenham, para os EUA, e produzir, utilizar, vender ou oferecer para venda os separadores da Senior que violem as patentes ou produtos que os contenham nos EUA, e de serem impedidos de induzir ou estimular que terceiros (seus clientes) descumpram ou violem a medida preliminar do Tribunal (comportamento impedido).

Em setembro, a Celgard registrou ação contra a Senior, que comercializa separadores em todo o mundo, os quais são produzidos em Shenzhen, China. A petição da Celgard alega que a Senior violou as patentes dos EUA '520 e '867 de separadores revestidos de cerâmica e separadores de polipropileno e que se apropriou de forma indébita e utilizou de maneira inadequada os segredos comerciais e informações confidenciais da Celgard, além de outras violações. O processo busca indenização por danos. Ver comunicado.

Em agosto, a Celgard obteve sucesso em um processo de violação de patente contra a Targray International (Targray) pela violação das patentes '520 e '867. Ver comunicado.

Em junho, a Celgard também obteve sucesso em dois processos contra a MTI Corporation (MTI) pela venda de separadores que violavam a patente '586 da Celgard e pela comercialização de separadores falsificados com a marca registrada da Celgard®. Ver comunicado.

O sucesso nos processos contra a Targray e a MTI consolidam ainda mais a integridade a propriedade intelectual (IP) da Celgard no que tange separadores revestidos e não revestidos para baterias de íon-lítio. A Celgard continuará o trabalho de prevenção contra a exploração indevida de sua tecnologia e IP para proteger seus ativos e clientes.

Sobre a Celgard e a Polypore 

A Celgard é uma empresa especializada em membranas microporosas de processo seco, revestidas e não revestidas, usadas como separadores, que são um componente importante das baterias de íons de lítio. A tecnologia separadora de baterias da Celgard é importante para o desempenho das baterias de íon-lítio para veículos com acionamento elétrico, sistemas de armazenamento de energia e outras situações.

A Celgard, LLC é uma subsidiária integral da Polypore International, LP, uma empresa Asahi Kasei. A Polypore é uma empresa global, com fábricas em nove países, especializada em membranas microporosas, usadas em veículos elétricos e não elétricos, sistemas de armazenamento de energia e situações especiais. Visite os sites www.celgard.com e www.polypore.com

Imagem - https://mma.prnewswire.com/media/1057226/Polypore_International_Celgard_PR.jpg

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/798399/PolyPore_Logo.jpg

FONTE Polypore International, LP

CHARLOTTE, Carolina do Norte, 19 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- A Celgard, LLC (Celgard), subsidiária da Polypore International, LP (Polypore), registrou emenda à petição inicial contra os réus Shenzhen Senior Technology Material Co. Ltd. (US) e Research Institute (Senior-California), Shenzhen Senior Technology Material Co. Ltd. (Senior-China) (juntos, a Senior), Sun Town Technology, Inc. (Sun Town), Farasis Energy USA, Inc., Farasis Energy, Inc., Farasis Energy (Gan Zhou), Inc., e Farasis Energy (Gan Zhou) Co., Ltd. (juntos, Farasis), Global Venture Development, LLC, e Global Venture Development, Inc. (juntos, Global Venture) (juntos, réus), e adicionou Farasis, Sun Town e Global Venture também como réus ao processo contra a Senior, que corre no Tribunal Distrital dos EUA, no norte da Califórnia. A emenda à petição inicial alega que os acusados violaram as patentes da Celgard reemitidas nos EUA, são elas Patente RE47,520 (a patente '520), que era a anterior Patente dos EUA 6.432.586 (a patente '586), de separadores revestidos de cerâmica, além da Patente da Celgard nos EUA de número 6.692.867 (a patente '867), de separadores de polipropileno, além de haverem apropriado-se de forma indébita e usarem de maneira inadequada os segredos comerciais e informações confidenciais da Celgard, bem como outras violações e desrespeitos à lei.

Antes, a Celgard havia registrado pedido de medida liminar quer proibisse os acusados (Senior-California, Senior-China) de: (1) usar os segredos comerciais e/ou informações confidenciais da Celgard, (2) violar a patente '520 e a patente '867, (3) violar o Código de Negócios e Profissões da Califórnia, (4) incentivar o descumprimento de contratos, (5) interferir, de maneira intencional, nas relações económicas prospectivas e (6) produzir, utilizar, oferecer para venda ou comercializar nos Estados Unidos (EUA), ou importar para os EUA, produtos que violem as patentes '520 and '867 e/ou que envolvam segredos comerciais ou informações confidenciais da Celgard. O Tribunal agendou a primeira audiência para a liminar para o dia 27 de janeiro de 2020. Com a primeira emenda à petição inicial, que acrescenta outros réus e pede cessação preliminar e permanente e outros. Se o Tribunal conceder a medida liminar solicitada pela Celgard, as empresas acusadas serão impedidas de revelar ou utilizar os segredos comerciais e/ou informações confidenciais da Celgard, e de produzir , testar, utilizar, promover, oferecer para venda, anunciar, comercializar ou vender os separadores ou produtos de qualquer tipo que utilizem, incorporem ou que tenham sido desenvolvidos, no todo ou em parte, com o benefício do uso dos segredos comerciais e/ou informações confidenciais da Celgard, além da violação direta ou indireta das patentes da Celgard, inclusive sob pena de serem impedidas de importar os separadores da Senior que violem a patente, ou produtos que os contenham, para os EUA, e produzir, utilizar, vender ou oferecer para venda os separadores da Senior que violem as patentes ou produtos que os contenham nos EUA, e de serem impedidos de induzir ou estimular que terceiros (seus clientes) descumpram ou violem a medida preliminar do Tribunal (comportamento impedido).

Em setembro, a Celgard registrou ação contra a Senior, que comercializa separadores em todo o mundo, os quais são produzidos em Shenzhen, China. A petição da Celgard alega que a Senior violou as patentes dos EUA '520 e '867 de separadores revestidos de cerâmica e separadores de polipropileno e que se apropriou de forma indébita e utilizou de maneira inadequada os segredos comerciais e informações confidenciais da Celgard, além de outras violações. O processo busca indenização por danos. Ver comunicado.

Em agosto, a Celgard obteve sucesso em um processo de violação de patente contra a Targray International (Targray) pela violação das patentes '520 e '867. Ver comunicado.

Em junho, a Celgard também obteve sucesso em dois processos contra a MTI Corporation (MTI) pela venda de separadores que violavam a patente '586 da Celgard e pela comercialização de separadores falsificados com a marca registrada da Celgard®. Ver comunicado.

O sucesso nos processos contra a Targray e a MTI consolidam ainda mais a integridade a propriedade intelectual (IP) da Celgard no que tange separadores revestidos e não revestidos para baterias de íon-lítio. A Celgard continuará o trabalho de prevenção contra a exploração indevida de sua tecnologia e IP para proteger seus ativos e clientes.

Sobre a Celgard e a Polypore 

A Celgard é uma empresa especializada em membranas microporosas de processo seco, revestidas e não revestidas, usadas como separadores, que são um componente importante das baterias de íons de lítio. A tecnologia separadora de baterias da Celgard é importante para o desempenho das baterias de íon-lítio para veículos com acionamento elétrico, sistemas de armazenamento de energia e outras situações.

A Celgard, LLC é uma subsidiária integral da Polypore International, LP, uma empresa Asahi Kasei. A Polypore é uma empresa global, com fábricas em nove países, especializada em membranas microporosas, usadas em veículos elétricos e não elétricos, sistemas de armazenamento de energia e situações especiais. Visite os sites www.celgard.com e www.polypore.com

Imagem - https://mma.prnewswire.com/media/1057226/Polypore_International_Celgard_PR.jpg

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/798399/PolyPore_Logo.jpg

FONTE Polypore International, LP

Você acabou de ler:

Celgard registra emenda à petição e acrescenta Farasis, Sun Town e Global Venture ao processo contra a Senior por violação de patente e apropriação indébita de segredos comerciais

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/celgard-registra-emenda-a-peticao-e-acrescenta-farasis-sun-town-e-global-venture-ao-processo-contra-a-senior-por-violacao-de-patente-e-apropriacao-indebita-de-segredos-comerciais/