CEOs que se comprometeram a ajudar profissionais do sexo feminino a superar seus pares globais na promoção de mulheres em funções de liderança

O relatório oferece recomendações sobre como coletar dados de raça/etnia 

NOVA YORK, 8 de dezembro de 2020 /PRNewswire/ -- Mais uma vez, o Catalyst CEO Champions For Change está acelerando o desenvolvimento de mulheres nas funções de liderança, de acordo com o recém-lançado relatório do Catalyst CEO Champions For Change: Rumo a um Futuro Mais Equitativo. O relatório também identifica como as empresas globais podem coletar dados sobre etnia e raça em suas organizações.

O progresso tangível na representação das mulheres no pipeline de liderança global indica que as mulheres representam quase 40% dos gestores e estão em quase um terço dos cargos de liderança de nível sênior e do conselho:

  • Executivos: 27,0% (vs. empresas globais: 23%)
  • Gerentes seniores: 29,5% (vs. empresas globais: 29%)
  • Gestores: 39,3% (vs. empresas globais: 37%)
  • Diretores do conselho: 31,6% (vs. S&P 500: 26%)

A pandemia e os protestos contra o racismo resultaram no despertar corporativo, levando mais empresas a se aprofundar e se comprometer a tomar medidas para quebrar as barreiras sistêmicas criadas pelas desigualdades raciais e étnicas. Muito antes de 2020, o Catalyst CEO Champions For Change estava engajado nesse esforço e continua a liderar o caminho para a criação de locais de trabalho mais inclusivos.

"Em todos os níveis de nossa empresa, estamos comprometidos em ampliar a representação e visibilidade de diversos talentos, e nossa parceria com o Catalyst CEO Champions For Change nos ajudará a acelerar esse progresso", afirmou Brian Moynihan, CEO do Bank of America. "Também desenvolvemos o trabalho que realizamos ao longo da história de nossa empresa para garantir um local de trabalho diversificado e inclusivo e conferimos uma maior representação diversificada em quase todas as áreas."

O relatório explora formas de medir a representação de mulheres que se identificam com grupos étnicos e raciais sub-representados, bem como oferece um plano de três etapas para ajudar as organizações a acelerar sua jornada rumo à equidade:

  • Etapa 1: Aprender sobre a interseccionalidade.
  • Etapa 2: Estabelecer um sistema para coletar dados confiáveis sobre raça e etnia.
  • Etapa 3: iniciar o debate sobre racismo.

"As mulheres e, particularmente, as mulheres de cor, continuam a enfrentar barreiras entrincheiradas para o avanço nas empresas em todo o mundo, mas é importante que as empresas do Catalyst CEO Champions For Change continuem a demonstrar progresso coletivo", declarou Lorraine Hariton, presidente e CEO da Catalyst. "Estamos cientes de que há mais trabalho a ser feito, entretanto, os dados indicam ganhos positivos e estamos orgulhosos de fazer parceria com esses CEOs neste esforço."

Leia o relatório . 

Saiba mais.   

Junte-se à conversa: #CatalystForChange

###

Sobre a Catalyst

A Catalyst é uma organização global sem fins lucrativos que trabalha com alguns dos CEOs mais poderosos do mundo e com as principais empresas para ajudar a construir ambientes de trabalho favoráveis às mulheres. Fundada em 1962, a Catalyst promove mudanças com pesquisas pioneiras, ferramentas práticas e soluções comprovadas para acelerar e conduzir as mulheres à liderança, porque o progresso para as mulheres significa progresso para todos.

Contatos de mídia: 

Naomi R. Patton

vice-presidente, Mídia e Relações Públicas

Catalyst

npatton@catalyst.org

Stephanie Wolf

Consultora de Comunicações para os EUA

Catalyst

media@stephaniewolfpr.com

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/597751/Catalyst_C4C_Logo.jpg

FONTE Catalyst

O relatório oferece recomendações sobre como coletar dados de raça/etnia 

NOVA YORK, 8 de dezembro de 2020 /PRNewswire/ -- Mais uma vez, o Catalyst CEO Champions For Change está acelerando o desenvolvimento de mulheres nas funções de liderança, de acordo com o recém-lançado relatório do Catalyst CEO Champions For Change: Rumo a um Futuro Mais Equitativo. O relatório também identifica como as empresas globais podem coletar dados sobre etnia e raça em suas organizações.

O progresso tangível na representação das mulheres no pipeline de liderança global indica que as mulheres representam quase 40% dos gestores e estão em quase um terço dos cargos de liderança de nível sênior e do conselho:

  • Executivos: 27,0% (vs. empresas globais: 23%)
  • Gerentes seniores: 29,5% (vs. empresas globais: 29%)
  • Gestores: 39,3% (vs. empresas globais: 37%)
  • Diretores do conselho: 31,6% (vs. S&P 500: 26%)

A pandemia e os protestos contra o racismo resultaram no despertar corporativo, levando mais empresas a se aprofundar e se comprometer a tomar medidas para quebrar as barreiras sistêmicas criadas pelas desigualdades raciais e étnicas. Muito antes de 2020, o Catalyst CEO Champions For Change estava engajado nesse esforço e continua a liderar o caminho para a criação de locais de trabalho mais inclusivos.

"Em todos os níveis de nossa empresa, estamos comprometidos em ampliar a representação e visibilidade de diversos talentos, e nossa parceria com o Catalyst CEO Champions For Change nos ajudará a acelerar esse progresso", afirmou Brian Moynihan, CEO do Bank of America. "Também desenvolvemos o trabalho que realizamos ao longo da história de nossa empresa para garantir um local de trabalho diversificado e inclusivo e conferimos uma maior representação diversificada em quase todas as áreas."

O relatório explora formas de medir a representação de mulheres que se identificam com grupos étnicos e raciais sub-representados, bem como oferece um plano de três etapas para ajudar as organizações a acelerar sua jornada rumo à equidade:

  • Etapa 1: Aprender sobre a interseccionalidade.
  • Etapa 2: Estabelecer um sistema para coletar dados confiáveis sobre raça e etnia.
  • Etapa 3: iniciar o debate sobre racismo.

"As mulheres e, particularmente, as mulheres de cor, continuam a enfrentar barreiras entrincheiradas para o avanço nas empresas em todo o mundo, mas é importante que as empresas do Catalyst CEO Champions For Change continuem a demonstrar progresso coletivo", declarou Lorraine Hariton, presidente e CEO da Catalyst. "Estamos cientes de que há mais trabalho a ser feito, entretanto, os dados indicam ganhos positivos e estamos orgulhosos de fazer parceria com esses CEOs neste esforço."

Leia o relatório . 

Saiba mais.   

Junte-se à conversa: #CatalystForChange

###

Sobre a Catalyst

A Catalyst é uma organização global sem fins lucrativos que trabalha com alguns dos CEOs mais poderosos do mundo e com as principais empresas para ajudar a construir ambientes de trabalho favoráveis às mulheres. Fundada em 1962, a Catalyst promove mudanças com pesquisas pioneiras, ferramentas práticas e soluções comprovadas para acelerar e conduzir as mulheres à liderança, porque o progresso para as mulheres significa progresso para todos.

Contatos de mídia: 

Naomi R. Patton

vice-presidente, Mídia e Relações Públicas

Catalyst

npatton@catalyst.org

Stephanie Wolf

Consultora de Comunicações para os EUA

Catalyst

media@stephaniewolfpr.com

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/597751/Catalyst_C4C_Logo.jpg

FONTE Catalyst

Você acabou de ler:

CEOs que se comprometeram a ajudar profissionais do sexo feminino a superar seus pares globais na promoção de mulheres em funções de liderança

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/ceos-que-se-comprometeram-a-ajudar-profissionais-do-sexo-feminino-a-superar-seus-pares-globais-na-promocao-de-mulheres-em-funcoes-de-lideranca/