Cerca de dois terços dos profissionais de marketing globais se adaptam de forma criativa após os movimentos Black Lives Matter e Stop Asian Hate

- Um em cada seis profissionais de marketing admite violar as restrições de confinamento para criar conteúdo diversificado - Marcando o Mês de Conscientização da Diversidade Global, o DII em Marketing: um relatório global da Shutterstock revela tendências cruciais de marketing com base nas respostas de mais de 2.700 profissionais de marketing em todo o mundo

NOVA YORK, 13 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- Shutterstock, Inc. (NYSE: SSTK), uma plataforma criativa líder global que oferece soluções de serviço completo, conteúdo de alta qualidade e aplicativos para marcas, negócios e empresas de mídia, anunciou hoje os resultados de um estudo marcante, o DII em Marketing: um relatório global da Shutterstock. Os resultados exploram as opiniões e ações de 2.700 profissionais de marketing na Austrália, Brasil, França, Alemanha, Itália, Coreia do Sul, Espanha, Reino Unido e EUA, em seu uso de diversos conteúdos em campanhas de marketing e como os eventos globais impactaram suas decisões.

"Nosso estudo DII em Marketing engloba os eventos do último ano e meio, e como esses momentos monumentais impactaram a forma como a diversidade é valorizada e priorizada nas decisões de conteúdo da marca", disse Meeckel Beecher, diretor global de diversidade, igualdade e inclusão da Shutterstock. "Apesar dos amplos lockdowns, a criação de conteúdo se destacou e a resiliência da criatividade prevaleceu. Não há como negar que a mídia mundial tenha prestado mais atenção do que nunca aos movimentos culturais e aumentado a conscientização muito necessária, no entanto, queríamos entender até que ponto isso foi verdadeiramente espelhado nas escolhas de conteúdo. Manter valores de diversidade, inclusão, representação e respeito nunca foi tão importante ou tão urgente. Ao lançar o Mês de Conscientização da Diversidade Global, nosso relatório destaca que há mais trabalho a ser feito, e esperamos colaborar com nossos parceiros para fazer o trabalho. É positivo observar que as pessoas estão ouvindo, e nossa missão na Shutterstock continua sendo a de garantir que todo conteúdo criativo represente a comunidade global diversificada."

Impacto dos movimentos sociais em diversos conteúdos

Globalmente, o aumento da conscientização em torno dos movimentos Black Lives Matter e Stop Asian Hate no ano passado levou as marcas a lançar e desenvolver promessas antirracismo existentes. Cerca de dois terços dos profissionais de marketing globais (63%) afirmam que esses movimentos impactaram significativamente as decisões de conteúdo nos últimos 12 meses. Explorando ainda mais profundamente, 65% dos profissionais de marketing concordam que a diversidade racial e étnica é um fator importante ao direcionar o público da campanha. No entanto, os resultados também mostram que 44% dos entrevistados acreditam que pode ser difícil refletir visualmente sua marca com diversidade racial e étnica.

O lockdown restringe o conteúdo localizado

Considerando as atuais restrições a viagens internacionais em vigor, as restrições de lockdown ainda têm um impacto monumental na criação de conteúdo de marketing. Com as fronteiras fechadas e as ordens de ficar em casa decretadas em muitos lugares, 37% dos profissionais de marketing globais dizem que sua capacidade de obter conteúdo diversificado foi significativamente impactada devido a restrições de viagem. O efeito knock-on sobre a criação de conteúdo é claro: um quarto dos profissionais de marketing (25%) afirmou que eles não puderam localizar conteúdo para mercados individuais. Isso levou mais de um em cada seis (17%) profissionais de marketing globais a violar restrições de lockdown – arriscando a saúde e as implicações legais – a continuar a criar conteúdos diversificados.

Marcas lutam para combinar representação com autenticidade

Os eventos do ano passado também incentivaram mais de um terço (34%) dos profissionais de marketing globais a acreditar que representar com precisão o mundo em que vivemos é o objetivo mais importante para o conteúdo usado em campanhas de marketing. Existe um desejo maior de que as marcas representem efetivamente o mundo em que vivemos sobre o objetivo de sua marca (34% em relação a 33%). No entanto, à medida que os consumidores procuram interagir com marcas autênticas, os profissionais de marketing devem entender como garantir que o marketing esteja alinhado com suas crenças e valores fundamentais, ou correm o risco de serem considerados dissimulados.

Os profissionais de marketing afirmam que a representação precisa é a principal razão por trás do aumento do uso de conteúdo que apresenta casais do mesmo sexo (64%), modelos com diversidade racial (68%), pessoas com deficiências (60%) e modelos transgêneros (62%). É certo que 75% dos profissionais de marketing compreendem a importância de que este conteúdo seja criado de forma autêntica pelo mesmo público que pretende alcançar.

Profissionais de marketing são indiferentes à ideologia política

As marcas globais estão mais focadas em apresentar sua própria ideologia por meio de suas decisões de marketing, do que em representar o cenário político. Pouco menos da metade (41%) dos entrevistados globais disseram que concentram seus esforços mais especificamente na ideologia de sua própria empresa, em comparação com apenas 32% que procuram refletir o cenário político. Mais de um quarto (26%) almeja que o profissional de criação de sua de campanha se oponha ao cenário político, demonstrando o aumento crescente de marcas que se posicionam em relação às questões sociais e estabelecem sua própria voz.

Outras importantes conclusões globais revelam que:

  • Menos de um terço (31%) das contratações de diretores de DII em todo o mundo estão envolvidos em todas as decisões de marketing, com 14% sem qualquer envolvimento—em vez de apenas apoiar a função de RH.
  • Conteúdos que apresentam mulheres em campanhas tiveram o maior crescimento global nos últimos 12 meses (28%), e o segundo tipo de conteúdo popular que teve maior aumento foi o de modelos com diversidade racial (26%).
  • 77% dos profissionais de marketing globais dizem que devem usar uma representação mais diversificada em suas campanhas. 76% em todo o mundo dizem que ainda há espaço para crescimento.
  • 74% dos profissionais de marketing em todo o mundo afirmam que o uso de conteúdo mais diversificado ajuda a reputação de uma marca.

Para dar suporte aos profissionais de marketing que buscam representar a diversidade por meio de decisões de conteúdo, a Shutterstock está compartilhando os resultados desta pesquisa aqui: https://content.shutterstock.com/us/diversityreport/index.html, juntamente com uma série de coleções de imagem e vídeo com curadoria aqui: https://www.shutterstock.com/collections/268512394-9cfb5c06. O diretor global de diversidade, equidade e inclusão da Shutterstock, Meeckel Beecher, também realizará um bate-papo com a AdAge em 28 de outubro de 2021 às 13h00 (horário da costa leste dos EUA) – a transmissão ao vivo pode ser assistida aqui: https://adage.com/.

Metodologia de pesquisa:

a pesquisa foi conduzida pela Censuswide com 2.723 profissionais de marketing no Reino Unido, EUA, Alemanha, Itália, Espanha, França, Brasil, Austrália e Coreia do Sul entre 13 de abril e 27 de abril de 2021. A Censuswide atende e emprega membros da sociedade de pesquisa de mercado para operar, de acordo com os princípios ESOMAR.

SOBRE A SHUTTERSTOCK

A Shutterstock, Inc. (NYSE: SSTK) é uma plataforma criativa líder global que oferece soluções de serviço completo, conteúdo de alta qualidade e aplicações para marcas, empresas e empresas de mídia. Diretamente e por meio das subsidiárias do grupo, a coleção abrangente da Shutterstock inclui fotografias licenciadas de alta qualidade, vetores, ilustrações, vídeos, modelos 3D e música. Trabalhando com uma comunidade crescente de mais de 1,8 milhão de colaboradores, a Shutterstock adiciona centenas de milhares de imagens toda semana e, atualmente, tem mais de 380 milhões de imagens e mais de 22 milhões de videoclipes disponíveis.

Com sede em Nova York, a Shutterstock tem escritórios em todo o mundo e clientes em mais de 150 países. A empresa também é proprietária da PicMonkey, uma plataforma on-line líder de edição de design gráfico e imagens; da Offset, uma coleção de imagens de alta qualidade; da Shutterstock Studios, uma loja para criação customizada integral; da PremiumBeat, uma biblioteca com curadoria de músicas livres de royalties; da Shutterstock Editorial, uma fonte de alto padrão de imagens editoriais e vídeos para a mídia mundial; da TurboSquid, uma líder em marketplace de conteúdo 3D; da Amper Music, uma plataforma de música orientada por IA; e da Bigstock, uma oferta de mídia orientada para o valor.

Para mais informações, acesse www.shutterstock.com e siga a Shutterstock no Twitter e no Facebook.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1657827/Shutterstock_2021_Diversity_Report.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1075411/shutterstock_Logo.jpg

 

FONTE Shutterstock, Inc.

- Um em cada seis profissionais de marketing admite violar as restrições de confinamento para criar conteúdo diversificado - Marcando o Mês de Conscientização da Diversidade Global, o DII em Marketing: um relatório global da Shutterstock revela tendências cruciais de marketing com base nas respostas de mais de 2.700 profissionais de marketing em todo o mundo

NOVA YORK, 13 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- Shutterstock, Inc. (NYSE: SSTK), uma plataforma criativa líder global que oferece soluções de serviço completo, conteúdo de alta qualidade e aplicativos para marcas, negócios e empresas de mídia, anunciou hoje os resultados de um estudo marcante, o DII em Marketing: um relatório global da Shutterstock. Os resultados exploram as opiniões e ações de 2.700 profissionais de marketing na Austrália, Brasil, França, Alemanha, Itália, Coreia do Sul, Espanha, Reino Unido e EUA, em seu uso de diversos conteúdos em campanhas de marketing e como os eventos globais impactaram suas decisões.

"Nosso estudo DII em Marketing engloba os eventos do último ano e meio, e como esses momentos monumentais impactaram a forma como a diversidade é valorizada e priorizada nas decisões de conteúdo da marca", disse Meeckel Beecher, diretor global de diversidade, igualdade e inclusão da Shutterstock. "Apesar dos amplos lockdowns, a criação de conteúdo se destacou e a resiliência da criatividade prevaleceu. Não há como negar que a mídia mundial tenha prestado mais atenção do que nunca aos movimentos culturais e aumentado a conscientização muito necessária, no entanto, queríamos entender até que ponto isso foi verdadeiramente espelhado nas escolhas de conteúdo. Manter valores de diversidade, inclusão, representação e respeito nunca foi tão importante ou tão urgente. Ao lançar o Mês de Conscientização da Diversidade Global, nosso relatório destaca que há mais trabalho a ser feito, e esperamos colaborar com nossos parceiros para fazer o trabalho. É positivo observar que as pessoas estão ouvindo, e nossa missão na Shutterstock continua sendo a de garantir que todo conteúdo criativo represente a comunidade global diversificada."

Impacto dos movimentos sociais em diversos conteúdos

Globalmente, o aumento da conscientização em torno dos movimentos Black Lives Matter e Stop Asian Hate no ano passado levou as marcas a lançar e desenvolver promessas antirracismo existentes. Cerca de dois terços dos profissionais de marketing globais (63%) afirmam que esses movimentos impactaram significativamente as decisões de conteúdo nos últimos 12 meses. Explorando ainda mais profundamente, 65% dos profissionais de marketing concordam que a diversidade racial e étnica é um fator importante ao direcionar o público da campanha. No entanto, os resultados também mostram que 44% dos entrevistados acreditam que pode ser difícil refletir visualmente sua marca com diversidade racial e étnica.

O lockdown restringe o conteúdo localizado

Considerando as atuais restrições a viagens internacionais em vigor, as restrições de lockdown ainda têm um impacto monumental na criação de conteúdo de marketing. Com as fronteiras fechadas e as ordens de ficar em casa decretadas em muitos lugares, 37% dos profissionais de marketing globais dizem que sua capacidade de obter conteúdo diversificado foi significativamente impactada devido a restrições de viagem. O efeito knock-on sobre a criação de conteúdo é claro: um quarto dos profissionais de marketing (25%) afirmou que eles não puderam localizar conteúdo para mercados individuais. Isso levou mais de um em cada seis (17%) profissionais de marketing globais a violar restrições de lockdown – arriscando a saúde e as implicações legais – a continuar a criar conteúdos diversificados.

Marcas lutam para combinar representação com autenticidade

Os eventos do ano passado também incentivaram mais de um terço (34%) dos profissionais de marketing globais a acreditar que representar com precisão o mundo em que vivemos é o objetivo mais importante para o conteúdo usado em campanhas de marketing. Existe um desejo maior de que as marcas representem efetivamente o mundo em que vivemos sobre o objetivo de sua marca (34% em relação a 33%). No entanto, à medida que os consumidores procuram interagir com marcas autênticas, os profissionais de marketing devem entender como garantir que o marketing esteja alinhado com suas crenças e valores fundamentais, ou correm o risco de serem considerados dissimulados.

Os profissionais de marketing afirmam que a representação precisa é a principal razão por trás do aumento do uso de conteúdo que apresenta casais do mesmo sexo (64%), modelos com diversidade racial (68%), pessoas com deficiências (60%) e modelos transgêneros (62%). É certo que 75% dos profissionais de marketing compreendem a importância de que este conteúdo seja criado de forma autêntica pelo mesmo público que pretende alcançar.

Profissionais de marketing são indiferentes à ideologia política

As marcas globais estão mais focadas em apresentar sua própria ideologia por meio de suas decisões de marketing, do que em representar o cenário político. Pouco menos da metade (41%) dos entrevistados globais disseram que concentram seus esforços mais especificamente na ideologia de sua própria empresa, em comparação com apenas 32% que procuram refletir o cenário político. Mais de um quarto (26%) almeja que o profissional de criação de sua de campanha se oponha ao cenário político, demonstrando o aumento crescente de marcas que se posicionam em relação às questões sociais e estabelecem sua própria voz.

Outras importantes conclusões globais revelam que:

  • Menos de um terço (31%) das contratações de diretores de DII em todo o mundo estão envolvidos em todas as decisões de marketing, com 14% sem qualquer envolvimento—em vez de apenas apoiar a função de RH.
  • Conteúdos que apresentam mulheres em campanhas tiveram o maior crescimento global nos últimos 12 meses (28%), e o segundo tipo de conteúdo popular que teve maior aumento foi o de modelos com diversidade racial (26%).
  • 77% dos profissionais de marketing globais dizem que devem usar uma representação mais diversificada em suas campanhas. 76% em todo o mundo dizem que ainda há espaço para crescimento.
  • 74% dos profissionais de marketing em todo o mundo afirmam que o uso de conteúdo mais diversificado ajuda a reputação de uma marca.

Para dar suporte aos profissionais de marketing que buscam representar a diversidade por meio de decisões de conteúdo, a Shutterstock está compartilhando os resultados desta pesquisa aqui: https://content.shutterstock.com/us/diversityreport/index.html, juntamente com uma série de coleções de imagem e vídeo com curadoria aqui: https://www.shutterstock.com/collections/268512394-9cfb5c06. O diretor global de diversidade, equidade e inclusão da Shutterstock, Meeckel Beecher, também realizará um bate-papo com a AdAge em 28 de outubro de 2021 às 13h00 (horário da costa leste dos EUA) – a transmissão ao vivo pode ser assistida aqui: https://adage.com/.

Metodologia de pesquisa:

a pesquisa foi conduzida pela Censuswide com 2.723 profissionais de marketing no Reino Unido, EUA, Alemanha, Itália, Espanha, França, Brasil, Austrália e Coreia do Sul entre 13 de abril e 27 de abril de 2021. A Censuswide atende e emprega membros da sociedade de pesquisa de mercado para operar, de acordo com os princípios ESOMAR.

SOBRE A SHUTTERSTOCK

A Shutterstock, Inc. (NYSE: SSTK) é uma plataforma criativa líder global que oferece soluções de serviço completo, conteúdo de alta qualidade e aplicações para marcas, empresas e empresas de mídia. Diretamente e por meio das subsidiárias do grupo, a coleção abrangente da Shutterstock inclui fotografias licenciadas de alta qualidade, vetores, ilustrações, vídeos, modelos 3D e música. Trabalhando com uma comunidade crescente de mais de 1,8 milhão de colaboradores, a Shutterstock adiciona centenas de milhares de imagens toda semana e, atualmente, tem mais de 380 milhões de imagens e mais de 22 milhões de videoclipes disponíveis.

Com sede em Nova York, a Shutterstock tem escritórios em todo o mundo e clientes em mais de 150 países. A empresa também é proprietária da PicMonkey, uma plataforma on-line líder de edição de design gráfico e imagens; da Offset, uma coleção de imagens de alta qualidade; da Shutterstock Studios, uma loja para criação customizada integral; da PremiumBeat, uma biblioteca com curadoria de músicas livres de royalties; da Shutterstock Editorial, uma fonte de alto padrão de imagens editoriais e vídeos para a mídia mundial; da TurboSquid, uma líder em marketplace de conteúdo 3D; da Amper Music, uma plataforma de música orientada por IA; e da Bigstock, uma oferta de mídia orientada para o valor.

Para mais informações, acesse www.shutterstock.com e siga a Shutterstock no Twitter e no Facebook.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1657827/Shutterstock_2021_Diversity_Report.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1075411/shutterstock_Logo.jpg

 

FONTE Shutterstock, Inc.

Você acabou de ler:

Cerca de dois terços dos profissionais de marketing globais se adaptam de forma criativa após os movimentos Black Lives Matter e Stop Asian Hate

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cerca-de-dois-tercos-dos-profissionais-de-marketing-globais-se-adaptam-de-forma-criativa-apos-os-movimentos-black-lives-matter-e-stop-asian-hate/