CGTN: 15 anos depois, na China, verde é o novo ouro

PEQUIM, 17 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- No sábado, completa 15 anos desde que foi apresentada a proposta do conceito de desenvolvimento verde – "Águas cristalinas e montanhas luxuriantes são ativos inestimáveis" ("Lucid waters and lush mountains are invaluable assets"). A Vila Yucun, um povoado florescente ao leste da Província de Zhejiang na China, é seu lugar de origem.

A vila, agora uma área nacional pitoresca de classe 4A, é famosa por sua beleza. Ainda assim, acredite ou não, há apenas uma década, águas poluídas e árvores cobertas de pó existiam abaixo de um céu cinzento, na área que é agora um oásis idílico.

Como essa pequena vila realizou essa surpreendente transformação?

Yucun, berço e modelo

Em um esforço para reduzir a pobreza, Yucun buscou crescimento econômico na mineração, nos anos 90. No entanto, a fonte de prosperidade trouxe um problema grave de poluição.

Em 2003, a vila encerrou sua dependência na "economia da pedra" e tentou restaurar o ecossistema local.

Em agosto de 2005, a ação foi louvada por Xi Jinping, então secretário do Partido do Comitê Provinciano de Zhejiang do Partido Comunista da China.

"Agora, vocês disseram que tomaram a decisão de fechar algumas minas, o que foi uma medida sábia. Águas cristalinas e montanhas luxuriantes são um ativo inestimável", Xi disse às autoridades locais em um encontro.

Em 2019, a vila registrou uma renda econômica bruta de cerca de 280 milhões de iuanes (US$ 40 milhões), se tornando um modelo para a construção abrangente de uma sociedade abastada na região rural de Zhejiang.

Evolução

Em um artigo publicado no Zhejiang Daily em 2006, Xi explicou os três estágios das ligações de desenvolvimento entre o desenvolvimento verde e o crescimento econômico.

Durante a primeira fase, as pessoas buscaram retornos econômicos rápidos, ignorando a proteção ambiental.

Na segunda fase, elas começaram a se dar conta da importância do desenvolvimento verde, mas continuaram a busca alto crescimento econômico.

Foi apenas na terceira fase que as pessoas finalmente se deram conta de que o desenvolvimento verde produz o verdadeiro "ouro" e que é apenas através do desenvolvimento verde que os humanos e a natureza podem coexistir harmoniosamente.

Pratique o que diz

Desenvolvimento verde não é apenas uma ideia vazia na China.

Para resolver o problema da poluição dos cursos de água navegáveis, a China lançou o plano "Mestre do Rio" ("Master of the River") em 2016.

O Rio Yangtze, o Rio Amarelo e duas outras hidrovias essenciais – o Rio Heilongjiang e o Rio Nenjiang – passaram por melhoras significativas na qualidade da água nos últimos anos.

Controlar terras arenosas é outro grande desafio para a China. Em 2019, um estudo da NASA concluiu que, entre 2000 e 2017, a China foi responsável por mais de um quarto de todas as novas áreas verdes criadas mundialmente, o que tornou o país o maior contribuinte do mundo nesse aspecto.

    

 

Além disso, a China adotou diversas medidas nacionais para estimular o desenvolvimento econômico para uma transição verde.

Elas incluem o estabelecimento de mecanismos de compensação ecológica, emendas à Lei de Proteção Ambiental, o lançamento de inspeções ambientais e a coleta de novos tributos de proteção ambiental.

https://news.cgtn.com/news/2020-08-15/15-years-on-In-China-green-is-new-gold-SmyH5dCEvu/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=-obpQX0PvRY 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228947/CGTN_Infographic_Yucun_village.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228945/CGTN_Cleaner_water_fresh_air_Infographic.jpg Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228946/CGTN_China_infographic.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228944/CGTN_Forest_data_Infographic.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228948/CGTN_CO2_graph_Infographic.jpg

  

FONTE CGTN

PEQUIM, 17 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- No sábado, completa 15 anos desde que foi apresentada a proposta do conceito de desenvolvimento verde – "Águas cristalinas e montanhas luxuriantes são ativos inestimáveis" ("Lucid waters and lush mountains are invaluable assets"). A Vila Yucun, um povoado florescente ao leste da Província de Zhejiang na China, é seu lugar de origem.

A vila, agora uma área nacional pitoresca de classe 4A, é famosa por sua beleza. Ainda assim, acredite ou não, há apenas uma década, águas poluídas e árvores cobertas de pó existiam abaixo de um céu cinzento, na área que é agora um oásis idílico.

Como essa pequena vila realizou essa surpreendente transformação?

Yucun, berço e modelo

Em um esforço para reduzir a pobreza, Yucun buscou crescimento econômico na mineração, nos anos 90. No entanto, a fonte de prosperidade trouxe um problema grave de poluição.

Em 2003, a vila encerrou sua dependência na "economia da pedra" e tentou restaurar o ecossistema local.

Em agosto de 2005, a ação foi louvada por Xi Jinping, então secretário do Partido do Comitê Provinciano de Zhejiang do Partido Comunista da China.

"Agora, vocês disseram que tomaram a decisão de fechar algumas minas, o que foi uma medida sábia. Águas cristalinas e montanhas luxuriantes são um ativo inestimável", Xi disse às autoridades locais em um encontro.

Em 2019, a vila registrou uma renda econômica bruta de cerca de 280 milhões de iuanes (US$ 40 milhões), se tornando um modelo para a construção abrangente de uma sociedade abastada na região rural de Zhejiang.

Evolução

Em um artigo publicado no Zhejiang Daily em 2006, Xi explicou os três estágios das ligações de desenvolvimento entre o desenvolvimento verde e o crescimento econômico.

Durante a primeira fase, as pessoas buscaram retornos econômicos rápidos, ignorando a proteção ambiental.

Na segunda fase, elas começaram a se dar conta da importância do desenvolvimento verde, mas continuaram a busca alto crescimento econômico.

Foi apenas na terceira fase que as pessoas finalmente se deram conta de que o desenvolvimento verde produz o verdadeiro "ouro" e que é apenas através do desenvolvimento verde que os humanos e a natureza podem coexistir harmoniosamente.

Pratique o que diz

Desenvolvimento verde não é apenas uma ideia vazia na China.

Para resolver o problema da poluição dos cursos de água navegáveis, a China lançou o plano "Mestre do Rio" ("Master of the River") em 2016.

O Rio Yangtze, o Rio Amarelo e duas outras hidrovias essenciais – o Rio Heilongjiang e o Rio Nenjiang – passaram por melhoras significativas na qualidade da água nos últimos anos.

Controlar terras arenosas é outro grande desafio para a China. Em 2019, um estudo da NASA concluiu que, entre 2000 e 2017, a China foi responsável por mais de um quarto de todas as novas áreas verdes criadas mundialmente, o que tornou o país o maior contribuinte do mundo nesse aspecto.

    

 

Além disso, a China adotou diversas medidas nacionais para estimular o desenvolvimento econômico para uma transição verde.

Elas incluem o estabelecimento de mecanismos de compensação ecológica, emendas à Lei de Proteção Ambiental, o lançamento de inspeções ambientais e a coleta de novos tributos de proteção ambiental.

https://news.cgtn.com/news/2020-08-15/15-years-on-In-China-green-is-new-gold-SmyH5dCEvu/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=-obpQX0PvRY 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228947/CGTN_Infographic_Yucun_village.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228945/CGTN_Cleaner_water_fresh_air_Infographic.jpg Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228946/CGTN_China_infographic.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228944/CGTN_Forest_data_Infographic.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1228948/CGTN_CO2_graph_Infographic.jpg

  

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: 15 anos depois, na China, verde é o novo ouro

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-15-anos-depois-na-china-verde-e-o-novo-ouro/