CGTN: A conversa dos astronautas chineses no espaço com a Terra

PEQUIM, 23 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- Os três astronautas chineses que estão no módulo central da estação espacial da China desde 17 de junho fizeram sua primeira chamada telefônica de longa distância com a Terra na quarta-feira.

Nie Haisheng (56), Liu Boming (54) e Tang Hongbo (45) agora estão estacionados no módulo central Tianhe, cerca de 380 quilômetros acima da Terra. Isso marca a mais longa missão espacial tripulada da China até hoje e a primeira desde 2016.

Na quarta-feira, o presidente chinês, Xi Jinping, enviou saudações aos três astronautas por meio de uma videoconferência, parabenizando sua entrada bem-sucedida na estação e agradecendo a eles por seu trabalho.

"Como é a vida aí?", Xi, também secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China e presidente da Comissão Militar Central, perguntou ao trio sobre sua saúde, vida e trabalho. Os astronautas tiveram seus pés temporariamente presos ao chão do módulo durante a conversa devido à gravidade zero no espaço sideral.

"Obrigado por sua preocupação, secretário-geral! Estamos em ótimas condições físicas, e nosso trabalho espacial está correndo sem problemas", disse Nie, comandante da missão.

Xi cumprimenta a missão espacial da China

"A construção de uma estação espacial é um importante marco para o projeto espacial da China", disse Xi no bate-papo televisionado.

"Essa será uma contribuição que abrirá novos horizontes para o uso pacífico do espaço pela humanidade. Vocês são representantes dos inúmeros lutadores na nova era do projeto espacial da China", disse ele.

A permanência mais longa no espaço por astronautas chineses até hoje tinha sido de 33 dias.

"Em missões anteriores, enviamos água e oxigênio para o espaço, juntamente com os astronautas. Mas, para uma permanência de três a seis meses, a água e o oxigênio encheriam a nave, não deixando espaço para outros bens e materiais necessários. Então, instalamos o módulo central com um novo sistema de suporte à vida para reciclar urina, coletar o condensado do ar exalado (EBC) e dióxido de carbono", disse Bai Linhou, vice-projetista da estação espacial da China Academy of Space Technology (CAST), a Xinhua em uma entrevista anterior.

O módulo central Tianhe, onde os três astronautas estão atualmente estacionados, tem um comprimento total de 16,6 metros, um diâmetro máximo de 4,2 metros e uma massa de decolagem de 22,5 toneladas. É a maior espaçonave desenvolvida e lançada pela China.

Ela está preparada para ajudar os engenheiros aeroespaciais da China a verificar importantes tecnologias, como asas solares flexíveis, montagem e manutenção em órbita e, acima de tudo, um novo sistema de suporte à vida.

Com cinco missões de lançamento realizadas esse ano, a China planeja mais seis missões, inclusive o lançamento dos módulos laboratoriais Wentian e Mengtian, duas espaçonaves de carga e duas naves espaciais tripuladas, em 2022, para concluir a construção da estação espacial.

Autoridades chinesas dizem que a nova estação espacial não será apenas para os chineses, mas será aberta para o mundo.

Astronautas estrangeiros e cooperação global em experimentos científicos são muito bem-vindos na estação espacial da China, de acordo com Hao Chun, diretor do Escritório de Engenharia Espacial Tripulada da China, em entrevista exclusiva à CGTN.

A conversa com a Terra dos astronautas chineses no espaço

https://news.cgtn.com/news/2021-06-23/Xi-Jinping-visits-Beijing-Aerospace-Control-Center-11jWnGtdHDW/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=aHgRUpGVY2c

 

FONTE CGTN

PEQUIM, 23 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- Os três astronautas chineses que estão no módulo central da estação espacial da China desde 17 de junho fizeram sua primeira chamada telefônica de longa distância com a Terra na quarta-feira.

Nie Haisheng (56), Liu Boming (54) e Tang Hongbo (45) agora estão estacionados no módulo central Tianhe, cerca de 380 quilômetros acima da Terra. Isso marca a mais longa missão espacial tripulada da China até hoje e a primeira desde 2016.

Na quarta-feira, o presidente chinês, Xi Jinping, enviou saudações aos três astronautas por meio de uma videoconferência, parabenizando sua entrada bem-sucedida na estação e agradecendo a eles por seu trabalho.

"Como é a vida aí?", Xi, também secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China e presidente da Comissão Militar Central, perguntou ao trio sobre sua saúde, vida e trabalho. Os astronautas tiveram seus pés temporariamente presos ao chão do módulo durante a conversa devido à gravidade zero no espaço sideral.

"Obrigado por sua preocupação, secretário-geral! Estamos em ótimas condições físicas, e nosso trabalho espacial está correndo sem problemas", disse Nie, comandante da missão.

Xi cumprimenta a missão espacial da China

"A construção de uma estação espacial é um importante marco para o projeto espacial da China", disse Xi no bate-papo televisionado.

"Essa será uma contribuição que abrirá novos horizontes para o uso pacífico do espaço pela humanidade. Vocês são representantes dos inúmeros lutadores na nova era do projeto espacial da China", disse ele.

A permanência mais longa no espaço por astronautas chineses até hoje tinha sido de 33 dias.

"Em missões anteriores, enviamos água e oxigênio para o espaço, juntamente com os astronautas. Mas, para uma permanência de três a seis meses, a água e o oxigênio encheriam a nave, não deixando espaço para outros bens e materiais necessários. Então, instalamos o módulo central com um novo sistema de suporte à vida para reciclar urina, coletar o condensado do ar exalado (EBC) e dióxido de carbono", disse Bai Linhou, vice-projetista da estação espacial da China Academy of Space Technology (CAST), a Xinhua em uma entrevista anterior.

O módulo central Tianhe, onde os três astronautas estão atualmente estacionados, tem um comprimento total de 16,6 metros, um diâmetro máximo de 4,2 metros e uma massa de decolagem de 22,5 toneladas. É a maior espaçonave desenvolvida e lançada pela China.

Ela está preparada para ajudar os engenheiros aeroespaciais da China a verificar importantes tecnologias, como asas solares flexíveis, montagem e manutenção em órbita e, acima de tudo, um novo sistema de suporte à vida.

Com cinco missões de lançamento realizadas esse ano, a China planeja mais seis missões, inclusive o lançamento dos módulos laboratoriais Wentian e Mengtian, duas espaçonaves de carga e duas naves espaciais tripuladas, em 2022, para concluir a construção da estação espacial.

Autoridades chinesas dizem que a nova estação espacial não será apenas para os chineses, mas será aberta para o mundo.

Astronautas estrangeiros e cooperação global em experimentos científicos são muito bem-vindos na estação espacial da China, de acordo com Hao Chun, diretor do Escritório de Engenharia Espacial Tripulada da China, em entrevista exclusiva à CGTN.

A conversa com a Terra dos astronautas chineses no espaço

https://news.cgtn.com/news/2021-06-23/Xi-Jinping-visits-Beijing-Aerospace-Control-Center-11jWnGtdHDW/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=aHgRUpGVY2c

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: A conversa dos astronautas chineses no espaço com a Terra

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-a-conversa-dos-astronautas-chineses-no-espaco-com-a-terra/