CGTN: China e Rússia prometem transformar a confiança mútua em cooperação em várias áreas

BEIJING, 4 de fevereiro de 2022 /PRNewswire/ -- A China está comemorando o Ano Novo Chinês e atraindo a atenção global ao sediar as Olimpíadas de Inverno, e as relações entre a China e a Rússia também estão em destaque com a visita do presidente russo Vladimir Putin a Pequim na sexta-feira.

Quase três anos após a última visita de Putin à China, a viagem representou o 38º encontro entre o presidente chinês, Xi Jinping, e o presidente russo desde 2013.

Durante a reunião, os dois chefes de estado prometeram transformar a confiança mútua entre os dois países em cooperação em todas as áreas.

Manutenção de comunicação próxima 

Mencionando sua presença na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno de 2014 em Sochi a convite de Putin, Xi disse que eles prometeram se encontrar novamente em Pequim oito anos depois.

"Sua visita desta vez cumpre nossa promessa", disse ele, acrescentando que espera que a reunião no início da primavera injete mais vitalidade às relações entre a China e a Rússia.

"Lichun", o primeiro dos 24 termos solares do calendário lunar chinês, cai em 4 de fevereiro este ano e é considerado o início da primavera.

Putin disse que a troca de visitas nas Olimpíadas é um símbolo e uma boa tradição das estreitas relações entre os chefes de estado dos dois países.

"A pandemia da COVID-19 não me impediu de manter intercâmbios próximos com o Presidente Xi de várias maneiras", disse ele.

Após as conversas, Xi organizou um banquete para Putin, e os dois líderes participaram da cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno de Pequim.

Promovendo a cooperação prática em geral 

De acordo com Xi, a China e a Rússia fortalecerão sua parceria estratégica em energia, farão progressos contínuos em grandes projetos de cooperação de petróleo e gás e promoverão a cooperação de inovação científica e tecnológica em áreas limítrofes, como inteligência artificial, Internet das Coisas e o projeto Estação Internacional de Pesquisa Lunar.

O presidente chinês também destacou a promoção da cooperação bilateral em bens e serviços, agricultura, comércio ecológico, medicina e saúde e economia digital.

De acordo com Putin, a Rússia está pronta para aprofundar a cooperação com a China em economia e comércio, energia, ciência e tecnologia, finanças e transporte.

Além disso, os dois líderes concordaram em anunciar em conjunto os Anos de Intercâmbios Esportivos entre a China e a Rússia.

Os dois países também assinaram uma série de documentos de cooperação em áreas importantes.

Fortalecendo a coordenação em assuntos internacionais

Xi enfatizou o compromisso da China e da Rússia de aprofundarem a coordenação estratégica "back-to-back" diante das mudanças profundas e complexas na situação internacional; destacou também a importância de fortalecer a coordenação com a Rússia no âmbito da Organização de Cooperação de Xangai e do BRICS.

Mencionando a declaração conjunta emitida na reunião sobre as relações internacionais na nova era e o desenvolvimento sustentável global, Putin disse que ela reflete a posição altamente consistente da Rússia e da China sobre as principais questões internacionais.

Conforme ele acrescentou, a Rússia está pronta para fortalecer ainda mais a comunicação estratégica e a coordenação com a China, apoiar firmemente uma à outra na proteção da soberania e da integridade territorial e manter firmemente o papel de coordenação central das Nações Unidas.

https://news.cgtn.com/news/2022-02-04/Chinese-Russian-presidents-meet-in-Beijing-17nr7lbqo0w/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=IvGCcFnunR4

 

FONTE CGTN

BEIJING, 4 de fevereiro de 2022 /PRNewswire/ -- A China está comemorando o Ano Novo Chinês e atraindo a atenção global ao sediar as Olimpíadas de Inverno, e as relações entre a China e a Rússia também estão em destaque com a visita do presidente russo Vladimir Putin a Pequim na sexta-feira.

Quase três anos após a última visita de Putin à China, a viagem representou o 38º encontro entre o presidente chinês, Xi Jinping, e o presidente russo desde 2013.

Durante a reunião, os dois chefes de estado prometeram transformar a confiança mútua entre os dois países em cooperação em todas as áreas.

Manutenção de comunicação próxima 

Mencionando sua presença na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno de 2014 em Sochi a convite de Putin, Xi disse que eles prometeram se encontrar novamente em Pequim oito anos depois.

"Sua visita desta vez cumpre nossa promessa", disse ele, acrescentando que espera que a reunião no início da primavera injete mais vitalidade às relações entre a China e a Rússia.

"Lichun", o primeiro dos 24 termos solares do calendário lunar chinês, cai em 4 de fevereiro este ano e é considerado o início da primavera.

Putin disse que a troca de visitas nas Olimpíadas é um símbolo e uma boa tradição das estreitas relações entre os chefes de estado dos dois países.

"A pandemia da COVID-19 não me impediu de manter intercâmbios próximos com o Presidente Xi de várias maneiras", disse ele.

Após as conversas, Xi organizou um banquete para Putin, e os dois líderes participaram da cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno de Pequim.

Promovendo a cooperação prática em geral 

De acordo com Xi, a China e a Rússia fortalecerão sua parceria estratégica em energia, farão progressos contínuos em grandes projetos de cooperação de petróleo e gás e promoverão a cooperação de inovação científica e tecnológica em áreas limítrofes, como inteligência artificial, Internet das Coisas e o projeto Estação Internacional de Pesquisa Lunar.

O presidente chinês também destacou a promoção da cooperação bilateral em bens e serviços, agricultura, comércio ecológico, medicina e saúde e economia digital.

De acordo com Putin, a Rússia está pronta para aprofundar a cooperação com a China em economia e comércio, energia, ciência e tecnologia, finanças e transporte.

Além disso, os dois líderes concordaram em anunciar em conjunto os Anos de Intercâmbios Esportivos entre a China e a Rússia.

Os dois países também assinaram uma série de documentos de cooperação em áreas importantes.

Fortalecendo a coordenação em assuntos internacionais

Xi enfatizou o compromisso da China e da Rússia de aprofundarem a coordenação estratégica "back-to-back" diante das mudanças profundas e complexas na situação internacional; destacou também a importância de fortalecer a coordenação com a Rússia no âmbito da Organização de Cooperação de Xangai e do BRICS.

Mencionando a declaração conjunta emitida na reunião sobre as relações internacionais na nova era e o desenvolvimento sustentável global, Putin disse que ela reflete a posição altamente consistente da Rússia e da China sobre as principais questões internacionais.

Conforme ele acrescentou, a Rússia está pronta para fortalecer ainda mais a comunicação estratégica e a coordenação com a China, apoiar firmemente uma à outra na proteção da soberania e da integridade territorial e manter firmemente o papel de coordenação central das Nações Unidas.

https://news.cgtn.com/news/2022-02-04/Chinese-Russian-presidents-meet-in-Beijing-17nr7lbqo0w/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=IvGCcFnunR4

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: China e Rússia prometem transformar a confiança mútua em cooperação em várias áreas

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-china-e-russia-prometem-transformar-a-confianca-mutua-em-cooperacao-em-varias-areas/