CGTN: China prioriza a conservação em seu projeto de transposição de água

PEQUIM, 14 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A China avançará com o maior projeto de transposição de água do mundo e priorizará a conservação da água no processo.

À medida que o país busca o desenvolvimento verde e de alta qualidade, devem ser envidados esforços para avançar o projeto de transposição de águas do sul ao norte de maneira científica e promover o uso eficaz e econômico de recursos hídricos, disse o presidente chinês Xi Jinping na sexta-feira.

Xi fez as observações em um simpósio sobre o avanço do desenvolvimento de acompanhamento de alta qualidade do projeto em Nanyang, província de Henan, no centro da China, após uma visita de inspeção que começou na quarta-feira.

Ele clamou pela proteção da segurança ecológica e à promoção da distribuição espacial equilibrada de recursos hídricos no país.

3 mil lagos ocidentais, 120 milhões de pessoas

O projeto de transposição de águas do sul a norte conecta o rio Yangtze, o rio Huaihe, o rio Amarelo e o rio Haihe. O objetivo é fornecer uma solução permanente para a escassez de água no norte da China, transpondo água das regiões do sul do país, que são fartas em água.

O grande projeto consiste de três rotas, entre as quais a primeira fase das rotas orientais e intermediárias entrou em operação em 2013 e 2014, respectivamente. A rota Ocidental ainda está no estágio de pré-construção.

No início de abril, o projeto transferiu 41,8 bilhões de metros cúbicos de água para as áreas do norte, o que equivale ao volume de água de quase 3 mil lagos ocidentais – uma área cenográfica e renomada de Hangzhou, na província de Zhejiang, leste da China. Mais de 120 milhões de pessoas se beneficiaram diretamente do projeto.

A visita de inspeção de Xi e o simpósio chegaram em um momento em que a China se prepara para planejar e implementar a próxima etapa do projeto. De acordo com o esboço do 14º Plano Quinquenal (2021-2025) para o Desenvolvimento Econômico e Social Nacional e os Objetivos de Longo Prazo até o ano de 2035, serão envidados esforços para promover o desenvolvimento de acompanhamento das rotas orientais e intermediárias do projeto e a avaliação de planos para a rota ocidental.

Elaborando sobre como avançar o projeto de forma científica, Xi pediu esforços para fortalecer a gestão de demanda e fornecimento, maximizar os benefícios globais do projeto, priorizar a conservação da água e melhorar a proteção do ambiente ecológico. Ele também solicitou esforços acelerados para construir uma rede nacional de água e garantir a segurança nacional da água.

Xi elogia o sacrifício dos residentes realocados

O lugar onde o Presidente Xi decidiu fazer a reunião é de grande importância para o projeto de transposição de águas. Localizado no sudoeste da província de Henan, na fronteira da província de Hubei, Nanyang é o ponto de partida da rota intermediária, que transporta água do reservatório de Danjiangkou, na China central, pelas províncias de Henan e Hebei até Pequim e Tianjin no norte.

Mais de 40 cidades grandes e médias recebem água do projeto e, em Pequim, cerca de 70% da água da torneira é bombeada através da rota intermediária.

Mais de 345 mil pessoas que vivem na área do reservatório de Danjiangkou se mudaram para mais de 600 vilarejos construídos pelo governo para dar lugar ao projeto. Xi foi a um desses vilarejos, na quinta-feira, para visitar os residentes realojados.

No vilarejo de Zouzhuang, no condado de Xichuan, ele saudou o espírito de sacrifício dos residentes e desejou a eles uma vida melhor. Os moradores realojados merecem o agradecimento daqueles que se beneficiam do projeto e das pessoas em todo o país, disse ele.

No simpósio de sexta-feira, Xi pediu às autoridades para elaborarem planos econômicos para a próxima fase do projeto e minimizar o número de pessoas que precisam ser transferidas.

https://news.cgtn.com/news/2021-05-14/Xi-convenes-symposium-on-advancing-water-diversion-project-development-10g4Sd3Te5W/index.html 

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=sXEqjz7sqEI

 

FONTE CGTN

PEQUIM, 14 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A China avançará com o maior projeto de transposição de água do mundo e priorizará a conservação da água no processo.

À medida que o país busca o desenvolvimento verde e de alta qualidade, devem ser envidados esforços para avançar o projeto de transposição de águas do sul ao norte de maneira científica e promover o uso eficaz e econômico de recursos hídricos, disse o presidente chinês Xi Jinping na sexta-feira.

Xi fez as observações em um simpósio sobre o avanço do desenvolvimento de acompanhamento de alta qualidade do projeto em Nanyang, província de Henan, no centro da China, após uma visita de inspeção que começou na quarta-feira.

Ele clamou pela proteção da segurança ecológica e à promoção da distribuição espacial equilibrada de recursos hídricos no país.

3 mil lagos ocidentais, 120 milhões de pessoas

O projeto de transposição de águas do sul a norte conecta o rio Yangtze, o rio Huaihe, o rio Amarelo e o rio Haihe. O objetivo é fornecer uma solução permanente para a escassez de água no norte da China, transpondo água das regiões do sul do país, que são fartas em água.

O grande projeto consiste de três rotas, entre as quais a primeira fase das rotas orientais e intermediárias entrou em operação em 2013 e 2014, respectivamente. A rota Ocidental ainda está no estágio de pré-construção.

No início de abril, o projeto transferiu 41,8 bilhões de metros cúbicos de água para as áreas do norte, o que equivale ao volume de água de quase 3 mil lagos ocidentais – uma área cenográfica e renomada de Hangzhou, na província de Zhejiang, leste da China. Mais de 120 milhões de pessoas se beneficiaram diretamente do projeto.

A visita de inspeção de Xi e o simpósio chegaram em um momento em que a China se prepara para planejar e implementar a próxima etapa do projeto. De acordo com o esboço do 14º Plano Quinquenal (2021-2025) para o Desenvolvimento Econômico e Social Nacional e os Objetivos de Longo Prazo até o ano de 2035, serão envidados esforços para promover o desenvolvimento de acompanhamento das rotas orientais e intermediárias do projeto e a avaliação de planos para a rota ocidental.

Elaborando sobre como avançar o projeto de forma científica, Xi pediu esforços para fortalecer a gestão de demanda e fornecimento, maximizar os benefícios globais do projeto, priorizar a conservação da água e melhorar a proteção do ambiente ecológico. Ele também solicitou esforços acelerados para construir uma rede nacional de água e garantir a segurança nacional da água.

Xi elogia o sacrifício dos residentes realocados

O lugar onde o Presidente Xi decidiu fazer a reunião é de grande importância para o projeto de transposição de águas. Localizado no sudoeste da província de Henan, na fronteira da província de Hubei, Nanyang é o ponto de partida da rota intermediária, que transporta água do reservatório de Danjiangkou, na China central, pelas províncias de Henan e Hebei até Pequim e Tianjin no norte.

Mais de 40 cidades grandes e médias recebem água do projeto e, em Pequim, cerca de 70% da água da torneira é bombeada através da rota intermediária.

Mais de 345 mil pessoas que vivem na área do reservatório de Danjiangkou se mudaram para mais de 600 vilarejos construídos pelo governo para dar lugar ao projeto. Xi foi a um desses vilarejos, na quinta-feira, para visitar os residentes realojados.

No vilarejo de Zouzhuang, no condado de Xichuan, ele saudou o espírito de sacrifício dos residentes e desejou a eles uma vida melhor. Os moradores realojados merecem o agradecimento daqueles que se beneficiam do projeto e das pessoas em todo o país, disse ele.

No simpósio de sexta-feira, Xi pediu às autoridades para elaborarem planos econômicos para a próxima fase do projeto e minimizar o número de pessoas que precisam ser transferidas.

https://news.cgtn.com/news/2021-05-14/Xi-convenes-symposium-on-advancing-water-diversion-project-development-10g4Sd3Te5W/index.html 

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=sXEqjz7sqEI

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: China prioriza a conservação em seu projeto de transposição de água

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-china-prioriza-a-conservacao-em-seu-projeto-de-transposicao-de-agua/