CGTN: China promete tratar igualmente entidades de mercado e construir sistema de mercado aberto

PEQUIM, 11 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A China se comprometeu a proteger melhor os investimentos e as operações de comerciais do país para promover sua abertura geral e a recuperação econômica global. O compromisso chega quase dois meses depois de ter anunciado a solicitação do Acordo Abrangente e Progressivo para a Parceria Transpacífica e cerca de um mês e meio antes que o acordo Parceria Econômica Regional Abrangente (RCEP) entre em vigor.

A China tratará igualmente todos os tipos de entidades de mercado e construirá um "sistema de mercado unificado e aberto com concorrência organizada", disse o presidente chinês Xi Jinping em seu discurso na Cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) por meio de videoconferência na quinta-feira. Em seu discurso de abertura, Xi pediu o compromisso com o desenvolvimento sustentável e os esforços para construir uma comunidade Ásia-Pacífico com um futuro compartilhado.

Explicando as recentes medidas tomadas pelas autoridades chinesas para melhorar a implementação de leis antimonopólio e fortalecer a regulamentação de alguns setores nacionais, ele disse que as medidas são necessárias para o desenvolvimento saudável da economia de mercado da China, acrescentando que elas também são práticas comuns em todo o mundo.

"Trabalharemos incessantemente para consolidar e desenvolver o setor público e incentivar, apoiar e orientar o desenvolvimento do setor não público", disse ele.

A China fará esforços contínuos para fortalecer a base para o desenvolvimento de longo prazo de sua economia e oferecer uma proteção melhor para que as empresas da Ásia-Pacífico e globais invistam e iniciem as operações no país, disse ele.

Fundada em 1989, a APEC se tornou uma plataforma importante para facilitar a cooperação econômica entre 21 economias da região da Ásia-Pacífico. A Cúpula de CEOs faz parte da semana de Líderes Econômicos da APEC de 2021, organizada pela Nova Zelândia e presidida pela primeira-ministra Jacinda Ardern.

Em seu discurso, Xi conclamou as economias da região a "olhar e avançar" e "opor-se a atos discriminativos e exclusivos".

"Não haverá futuro para traçar linhas de acordo com a ideologia e formar pequenos círculos geopolíticos", afirmou. "A região da Ásia-Pacífico não pode e não deve voltar ao estado de confronto e divisão da era da Guerra Fria."

Desenvolvimento e transformação verde 

Xi também abordou a relação entre o desenvolvimento econômico e a transformação verde, solicitando uma abordagem coordenada e holística para promover a transformação verde e de baixo carbono.

"Sem desenvolvimento, não podemos fomentar forças econômicas suficientes para sustentar a transformação verde; se a subsistência das pessoas for negligenciada, não haverá suporte social para a transformação verde", disse ele.

A China promete introduzir uma série de medidas para facilitar a transformação verde geral do desenvolvimento econômico e social durante o 14º período do Plano Quinquenal (2021-2025) e além. O país se comprometeu a atingir o pico de suas emissões de carbono até 2030 e alcançar a neutralidade de carbono até 2060.

Enquanto isso, as autoridades chinesas prometem seguir uma filosofia de desenvolvimento centrada nas pessoas. Após erradicar a pobreza absoluta e garantir uma vitória marcante na construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos, o país está intensificando os esforços para promover o desenvolvimento de alta qualidade que pretende trazer prosperidade comum para todos.

"Devemos ter uma compreensão precisa do conceito de desenvolvimento sustentável, aderir à abordagem centrada nas pessoas e coordenar o crescimento econômico com a garantia da subsistência das pessoas, bem como a conservação de energia e a redução das emissões", disse Xi.

Ele pediu esforços para "promover a transformação verde no desenvolvimento econômico e alcançar um maior desenvolvimento na transformação verde."

Descrevendo a campanha da China para reduzir as emissões de carbono como uma "profunda transformação socioeconômica", ele disse que o país se esforçará para contribuir para a transformação verde global.

Xi participará da 28ª Reunião de Líderes Econômicos da APEC por meio de videoconferência na sexta-feira e fará outro discurso.

https://news.cgtn.com/news/2021-11-11/Xi-China-to-treat-market-entities-equally-build-open-market-system-155j46p5vCE/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=fZlM02YwnvI  

 

FONTE CGTN

PEQUIM, 11 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A China se comprometeu a proteger melhor os investimentos e as operações de comerciais do país para promover sua abertura geral e a recuperação econômica global. O compromisso chega quase dois meses depois de ter anunciado a solicitação do Acordo Abrangente e Progressivo para a Parceria Transpacífica e cerca de um mês e meio antes que o acordo Parceria Econômica Regional Abrangente (RCEP) entre em vigor.

A China tratará igualmente todos os tipos de entidades de mercado e construirá um "sistema de mercado unificado e aberto com concorrência organizada", disse o presidente chinês Xi Jinping em seu discurso na Cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) por meio de videoconferência na quinta-feira. Em seu discurso de abertura, Xi pediu o compromisso com o desenvolvimento sustentável e os esforços para construir uma comunidade Ásia-Pacífico com um futuro compartilhado.

Explicando as recentes medidas tomadas pelas autoridades chinesas para melhorar a implementação de leis antimonopólio e fortalecer a regulamentação de alguns setores nacionais, ele disse que as medidas são necessárias para o desenvolvimento saudável da economia de mercado da China, acrescentando que elas também são práticas comuns em todo o mundo.

"Trabalharemos incessantemente para consolidar e desenvolver o setor público e incentivar, apoiar e orientar o desenvolvimento do setor não público", disse ele.

A China fará esforços contínuos para fortalecer a base para o desenvolvimento de longo prazo de sua economia e oferecer uma proteção melhor para que as empresas da Ásia-Pacífico e globais invistam e iniciem as operações no país, disse ele.

Fundada em 1989, a APEC se tornou uma plataforma importante para facilitar a cooperação econômica entre 21 economias da região da Ásia-Pacífico. A Cúpula de CEOs faz parte da semana de Líderes Econômicos da APEC de 2021, organizada pela Nova Zelândia e presidida pela primeira-ministra Jacinda Ardern.

Em seu discurso, Xi conclamou as economias da região a "olhar e avançar" e "opor-se a atos discriminativos e exclusivos".

"Não haverá futuro para traçar linhas de acordo com a ideologia e formar pequenos círculos geopolíticos", afirmou. "A região da Ásia-Pacífico não pode e não deve voltar ao estado de confronto e divisão da era da Guerra Fria."

Desenvolvimento e transformação verde 

Xi também abordou a relação entre o desenvolvimento econômico e a transformação verde, solicitando uma abordagem coordenada e holística para promover a transformação verde e de baixo carbono.

"Sem desenvolvimento, não podemos fomentar forças econômicas suficientes para sustentar a transformação verde; se a subsistência das pessoas for negligenciada, não haverá suporte social para a transformação verde", disse ele.

A China promete introduzir uma série de medidas para facilitar a transformação verde geral do desenvolvimento econômico e social durante o 14º período do Plano Quinquenal (2021-2025) e além. O país se comprometeu a atingir o pico de suas emissões de carbono até 2030 e alcançar a neutralidade de carbono até 2060.

Enquanto isso, as autoridades chinesas prometem seguir uma filosofia de desenvolvimento centrada nas pessoas. Após erradicar a pobreza absoluta e garantir uma vitória marcante na construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos, o país está intensificando os esforços para promover o desenvolvimento de alta qualidade que pretende trazer prosperidade comum para todos.

"Devemos ter uma compreensão precisa do conceito de desenvolvimento sustentável, aderir à abordagem centrada nas pessoas e coordenar o crescimento econômico com a garantia da subsistência das pessoas, bem como a conservação de energia e a redução das emissões", disse Xi.

Ele pediu esforços para "promover a transformação verde no desenvolvimento econômico e alcançar um maior desenvolvimento na transformação verde."

Descrevendo a campanha da China para reduzir as emissões de carbono como uma "profunda transformação socioeconômica", ele disse que o país se esforçará para contribuir para a transformação verde global.

Xi participará da 28ª Reunião de Líderes Econômicos da APEC por meio de videoconferência na sexta-feira e fará outro discurso.

https://news.cgtn.com/news/2021-11-11/Xi-China-to-treat-market-entities-equally-build-open-market-system-155j46p5vCE/index.html

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=fZlM02YwnvI  

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: China promete tratar igualmente entidades de mercado e construir sistema de mercado aberto

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-china-promete-tratar-igualmente-entidades-de-mercado-e-construir-sistema-de-mercado-aberto/