CGTN: História de amor Qixi: momentos de carinho entre Xi Jinping e sua esposa, Peng Liyuan

BEIJING, 15 de agosto de 2021 /PRNewswire/ -- O Festival Qixi marca o encontro anual entre uma fada e um ser humano cujo amor foi proibido na mitologia chinesa. Também conhecido como o Duplo Sétimo Festival, ele cai no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar chinês.

O festival, que incorpora os significados de grande romance e de amor inabalável, agora é comemorado como o Dia dos Namorados chinês. 

Este ano, o Qixi cai em 14 de agosto. Neste dia especial, vamos dar uma olhada na história de amor do presidente chinês, Xi Jinping, e de sua esposa, Peng Liyuan.

Casados há 34 anos, Xi e Peng são vistos por muitas pessoas na China como um bom exemplo de casamento.

"Marido responsável" 

Xi é amplamente conhecido como um bom líder determinado a servir ao povo de forma incondicional, mas também como um grande companheiro e um "marido responsável", nas palavras de Peng.

"Tenho uma família muito feliz. Minha esposa e eu temos nossas próprias carreiras, mas trabalhamos juntos para construir a família", disse Xi, então secretário do Comitê Provincial de Zhejiang do Partido Comunista da China (PCC), em entrevista televisiva em 2004.

Embora Xi e Peng ficassem grande parte do tempo separados por suas obrigações de trabalho, compartilhavam um entendimento e preocupação mútuos.

Faz muito frio no inverno na província de Fujian, onde Xi trabalhava, então Peng costurou uma colcha para seu marido. Quando Peng trabalhava com o evento de Gala do Festival da Primavera, Xi fazia bolinhos e esperava sua esposa voltar para casa para jantarem juntos.

"Depois de mais de uma década de casamento, falo com minha esposa pelo telefone todos os dias, embora não passemos muito tempo juntos", disse ele na entrevista.

Foram vistas 21 fotos no escritório em que o presidente Xi fez seu discurso de Ano Novo de 2021 com várias fotos da família, inclusive uma de Xi e Peng diante da Grande Fonte (Dashuifa), um dos locais mais conhecidos nas ruínas do Antigo Palácio de Verão em Beijing, e uma foto de Peng em sua juventude.

Um casal humilde e frugal 

Xi e Peng casaram-se em setembro de 1987. Para comemorar, ofereceram um jantar simples a alguns colegas e amigos, em lugar de uma tradicional cerimônia de casamento.

Na véspera do Festival da Primavera em 2015, Xi visitou novamente o vilarejo de Liangjiahe, no noroeste da província de Shaanxi, onde já havia trabalhado e vivido por quase sete anos. Ele apresentou Peng Liyuan aos moradores de lá com o sotaque local dizendo: "Esta é minha esposa."

Dando as mãos no cenário mundial 

Tendo aparecido de mãos dadas várias vezes no cenário internacional, a história de amor de Xi e Peng ganhou admiração em todo o mundo.

Na Austrália, durante uma inspeção do navio de pesquisa científica da China na Antártica, o Xuelong, quando Xi subiu em uma cabine mais elevada, voltou-se e estendeu a mão para Peng para ajudá-la.

Durante uma visita oficial à Índia em setembro de 2014, Peng foi convidada a sentar-se em um balanço. Depois de balançar por um tempo, ela fez sinal para que Xi se juntasse a ela. Ele rapidamente se sentou, divertindo-se com Peng no balanço.

O casal também usou roupas combinando em várias ocasiões.

"Não interrompa o amor verdadeiro devido a uma grande distância, nunca o esqueça em sua vida cotidiana movimentada, não o ignore durante períodos de trabalho incansável." Isso é o que Xi disse e o que vem aplicando.

https://news.cgtn.com/news/2021-08-14/Qixi-love-story-Sweet-moments-of-Xi-Jinping-and-his-wife-Peng-Liyuan-12IqUZ0rYas/index.html 

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=JkZssIWKY5A

 

FONTE CGTN

BEIJING, 15 de agosto de 2021 /PRNewswire/ -- O Festival Qixi marca o encontro anual entre uma fada e um ser humano cujo amor foi proibido na mitologia chinesa. Também conhecido como o Duplo Sétimo Festival, ele cai no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar chinês.

O festival, que incorpora os significados de grande romance e de amor inabalável, agora é comemorado como o Dia dos Namorados chinês. 

Este ano, o Qixi cai em 14 de agosto. Neste dia especial, vamos dar uma olhada na história de amor do presidente chinês, Xi Jinping, e de sua esposa, Peng Liyuan.

Casados há 34 anos, Xi e Peng são vistos por muitas pessoas na China como um bom exemplo de casamento.

"Marido responsável" 

Xi é amplamente conhecido como um bom líder determinado a servir ao povo de forma incondicional, mas também como um grande companheiro e um "marido responsável", nas palavras de Peng.

"Tenho uma família muito feliz. Minha esposa e eu temos nossas próprias carreiras, mas trabalhamos juntos para construir a família", disse Xi, então secretário do Comitê Provincial de Zhejiang do Partido Comunista da China (PCC), em entrevista televisiva em 2004.

Embora Xi e Peng ficassem grande parte do tempo separados por suas obrigações de trabalho, compartilhavam um entendimento e preocupação mútuos.

Faz muito frio no inverno na província de Fujian, onde Xi trabalhava, então Peng costurou uma colcha para seu marido. Quando Peng trabalhava com o evento de Gala do Festival da Primavera, Xi fazia bolinhos e esperava sua esposa voltar para casa para jantarem juntos.

"Depois de mais de uma década de casamento, falo com minha esposa pelo telefone todos os dias, embora não passemos muito tempo juntos", disse ele na entrevista.

Foram vistas 21 fotos no escritório em que o presidente Xi fez seu discurso de Ano Novo de 2021 com várias fotos da família, inclusive uma de Xi e Peng diante da Grande Fonte (Dashuifa), um dos locais mais conhecidos nas ruínas do Antigo Palácio de Verão em Beijing, e uma foto de Peng em sua juventude.

Um casal humilde e frugal 

Xi e Peng casaram-se em setembro de 1987. Para comemorar, ofereceram um jantar simples a alguns colegas e amigos, em lugar de uma tradicional cerimônia de casamento.

Na véspera do Festival da Primavera em 2015, Xi visitou novamente o vilarejo de Liangjiahe, no noroeste da província de Shaanxi, onde já havia trabalhado e vivido por quase sete anos. Ele apresentou Peng Liyuan aos moradores de lá com o sotaque local dizendo: "Esta é minha esposa."

Dando as mãos no cenário mundial 

Tendo aparecido de mãos dadas várias vezes no cenário internacional, a história de amor de Xi e Peng ganhou admiração em todo o mundo.

Na Austrália, durante uma inspeção do navio de pesquisa científica da China na Antártica, o Xuelong, quando Xi subiu em uma cabine mais elevada, voltou-se e estendeu a mão para Peng para ajudá-la.

Durante uma visita oficial à Índia em setembro de 2014, Peng foi convidada a sentar-se em um balanço. Depois de balançar por um tempo, ela fez sinal para que Xi se juntasse a ela. Ele rapidamente se sentou, divertindo-se com Peng no balanço.

O casal também usou roupas combinando em várias ocasiões.

"Não interrompa o amor verdadeiro devido a uma grande distância, nunca o esqueça em sua vida cotidiana movimentada, não o ignore durante períodos de trabalho incansável." Isso é o que Xi disse e o que vem aplicando.

https://news.cgtn.com/news/2021-08-14/Qixi-love-story-Sweet-moments-of-Xi-Jinping-and-his-wife-Peng-Liyuan-12IqUZ0rYas/index.html 

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=JkZssIWKY5A

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: História de amor Qixi: momentos de carinho entre Xi Jinping e sua esposa, Peng Liyuan

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-historia-de-amor-qixi-momentos-de-carinho-entre-xi-jinping-e-sua-esposa-peng-liyuan/