CGTN: integração com o desenvolvimento nacional traz novo impulso para Hong Kong

PEQUIM, 5 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- O valor do comércio entre a Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR) e a China Continental aumentou mais de seis vezes de USD 50,77 bilhões para USD 360,33 bilhões, um aumento médio anual de 8,5% desde o retorno do Hong Kong à pátria há 25 anos, de acordo com o Ministério do Comércio chinês.

Ao mesmo tempo em que se integra ao desenvolvimento geral do país, Hong Kong tornou-se um importante participante da circulação doméstica e um importante contribuinte para conectar a circulação doméstica e internacional.

Até o final de 2021, os investimentos de Hong Kong no continente ultrapassaram USD 1,4 trilhão, representando 57,6% da atração total de investimentos externos na China Continental. 

"Integrando-se proativamente ao desenvolvimento geral do país e conquistando seu papel nas estratégias nacionais, Hong Kong manteve seus pontos fortes em seu elevado grau de abertura e alinhamento com as regras internacionais", disse o presidente chinês, Xi Jinping, na sexta-feira na reunião que celebrou o aniversário de 25 anos do retorno de Hong Kong à pátria.

"Com áreas em contínua expansão e mecanismos de facilitação para a cooperação e intercâmbio de Hong Kong com o continente, as pessoas em Hong Kong agora têm melhores oportunidades para abrir seus próprios negócios e realizar conquistas", complementou o presidente.

Acessando a área da Grande Baía 

A área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau (GBA), que pretende tornar-se uma área de baía e um cluster de cidades de classe mundial, é um projeto nacional significativo concebido e promovido pelo Presidente Xi. 

Em 1º de julho de 2017, Xi assistiu à cerimônia de assinatura de um acordo estrutural entre a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, o principal planejador econômico do país e os governos de Guangdong, Hong Kong e Macau para aprofundar a cooperação entre Guangdong, Hong Kong e Macau.

Um ano depois, Xi anunciou a abertura da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, um projeto gigantesco de travessia marítima que conecta Guangdong, Hong Kong e Macau. A ponte tornou-se um símbolo físico da visão da China para a GBA.

Em 18 de fevereiro de 2019, foi apresentado o plano de desenvolvimento da GBA, que previa a criação de um modelo de desenvolvimento de alta qualidade, uma área de baía internacional de primeira classe e um cluster de cidades de classe mundial.

Em setembro passado, foi lançado um plano para desenvolver ainda mais a zona de cooperação de Qianhai para a metrópole do sul de Shenzhen e a HKSAR, com o objetivo de ajudar a zona a desempenhar melhor um papel exemplar e de liderança no desenvolvimento da GBA.

Em 2021, o número de empresas financiadas por Hong Kong na zona de Qianhai aumentou 156% em relação ao ano anterior. Do total de investimentos estrangeiros em uso real em Qianhai no ano passado, 93,8% foi de Hong Kong.

Os indivíduos de Hong Kong também estão se beneficiando da iniciativa GBA. Profissionais de Hong Kong e Macau de oito setores, como professores, médicos e guias turísticos, agora podem exercer suas profissões na China Continental com reconhecimento mútuo de qualificações. Atualmente, mais de três mil profissionais obtiveram qualificações no continente.

Ao discursar durante a celebração, Xi disse novamente que o governo central apoia plenamente Hong Kong em seu esforço para aproveitar as oportunidades históricas oferecidas pelo desenvolvimento da China e se estabelecer ativamente na área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.

Governança nacional 

"Desde seu retorno à pátria, Hong Kong foi reintegrada ao sistema de governança da China e uma ordem constitucional foi estabelecida com o princípio "um país, dois sistemas" como sua diretriz fundamental", observou Xi.

Os cidadãos chineses que são residentes permanentes do HKSAR podem participar da governança da RAE e do país, conforme autorizado pela lei.

Após seu retorno, na Nona Assembleia Popular Nacional (APN) em 1998, deputados de Hong Kong passaram a participar da APN, órgão máximo do poder estatal, para discutir planos de desenvolvimento nacional e problemas que afetam a vida das pessoas, e colocar as expectativas das pessoas no topo da agenda em assuntos de Estado.

Além disso, mais de 5.600 representantes de todas as esferas da vida em Hong Kong atuam como membros da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC) em todos os níveis, incluindo mais de 200 no Comitê Nacional do CCPPC. Todos são conselheiros valiosos nos principais programas nacionais e contribuem para o desenvolvimento do país.

Trinta e seis deputados de Hong Kong foram eleitos para participar das atividades da 13a APN, respondendo por 1,2% do número total de deputados, enquanto mais de 200 membros do CCPPC são do HKSAR, 10% do total. Ambas as proporções são significativamente superiores à participação de Hong Kong na população do país de aproximadamente 0,5%.

https://news.cgtn.com/news/2022-06-29/Hong-Kong-25-years-on-Better-integrating-into-national-development-1bfyY0p1lWo/index.html

 

FONTE CGTN

PEQUIM, 5 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- O valor do comércio entre a Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR) e a China Continental aumentou mais de seis vezes de USD 50,77 bilhões para USD 360,33 bilhões, um aumento médio anual de 8,5% desde o retorno do Hong Kong à pátria há 25 anos, de acordo com o Ministério do Comércio chinês.

Ao mesmo tempo em que se integra ao desenvolvimento geral do país, Hong Kong tornou-se um importante participante da circulação doméstica e um importante contribuinte para conectar a circulação doméstica e internacional.

Até o final de 2021, os investimentos de Hong Kong no continente ultrapassaram USD 1,4 trilhão, representando 57,6% da atração total de investimentos externos na China Continental. 

"Integrando-se proativamente ao desenvolvimento geral do país e conquistando seu papel nas estratégias nacionais, Hong Kong manteve seus pontos fortes em seu elevado grau de abertura e alinhamento com as regras internacionais", disse o presidente chinês, Xi Jinping, na sexta-feira na reunião que celebrou o aniversário de 25 anos do retorno de Hong Kong à pátria.

"Com áreas em contínua expansão e mecanismos de facilitação para a cooperação e intercâmbio de Hong Kong com o continente, as pessoas em Hong Kong agora têm melhores oportunidades para abrir seus próprios negócios e realizar conquistas", complementou o presidente.

Acessando a área da Grande Baía 

A área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau (GBA), que pretende tornar-se uma área de baía e um cluster de cidades de classe mundial, é um projeto nacional significativo concebido e promovido pelo Presidente Xi. 

Em 1º de julho de 2017, Xi assistiu à cerimônia de assinatura de um acordo estrutural entre a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, o principal planejador econômico do país e os governos de Guangdong, Hong Kong e Macau para aprofundar a cooperação entre Guangdong, Hong Kong e Macau.

Um ano depois, Xi anunciou a abertura da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, um projeto gigantesco de travessia marítima que conecta Guangdong, Hong Kong e Macau. A ponte tornou-se um símbolo físico da visão da China para a GBA.

Em 18 de fevereiro de 2019, foi apresentado o plano de desenvolvimento da GBA, que previa a criação de um modelo de desenvolvimento de alta qualidade, uma área de baía internacional de primeira classe e um cluster de cidades de classe mundial.

Em setembro passado, foi lançado um plano para desenvolver ainda mais a zona de cooperação de Qianhai para a metrópole do sul de Shenzhen e a HKSAR, com o objetivo de ajudar a zona a desempenhar melhor um papel exemplar e de liderança no desenvolvimento da GBA.

Em 2021, o número de empresas financiadas por Hong Kong na zona de Qianhai aumentou 156% em relação ao ano anterior. Do total de investimentos estrangeiros em uso real em Qianhai no ano passado, 93,8% foi de Hong Kong.

Os indivíduos de Hong Kong também estão se beneficiando da iniciativa GBA. Profissionais de Hong Kong e Macau de oito setores, como professores, médicos e guias turísticos, agora podem exercer suas profissões na China Continental com reconhecimento mútuo de qualificações. Atualmente, mais de três mil profissionais obtiveram qualificações no continente.

Ao discursar durante a celebração, Xi disse novamente que o governo central apoia plenamente Hong Kong em seu esforço para aproveitar as oportunidades históricas oferecidas pelo desenvolvimento da China e se estabelecer ativamente na área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.

Governança nacional 

"Desde seu retorno à pátria, Hong Kong foi reintegrada ao sistema de governança da China e uma ordem constitucional foi estabelecida com o princípio "um país, dois sistemas" como sua diretriz fundamental", observou Xi.

Os cidadãos chineses que são residentes permanentes do HKSAR podem participar da governança da RAE e do país, conforme autorizado pela lei.

Após seu retorno, na Nona Assembleia Popular Nacional (APN) em 1998, deputados de Hong Kong passaram a participar da APN, órgão máximo do poder estatal, para discutir planos de desenvolvimento nacional e problemas que afetam a vida das pessoas, e colocar as expectativas das pessoas no topo da agenda em assuntos de Estado.

Além disso, mais de 5.600 representantes de todas as esferas da vida em Hong Kong atuam como membros da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC) em todos os níveis, incluindo mais de 200 no Comitê Nacional do CCPPC. Todos são conselheiros valiosos nos principais programas nacionais e contribuem para o desenvolvimento do país.

Trinta e seis deputados de Hong Kong foram eleitos para participar das atividades da 13a APN, respondendo por 1,2% do número total de deputados, enquanto mais de 200 membros do CCPPC são do HKSAR, 10% do total. Ambas as proporções são significativamente superiores à participação de Hong Kong na população do país de aproximadamente 0,5%.

https://news.cgtn.com/news/2022-06-29/Hong-Kong-25-years-on-Better-integrating-into-national-development-1bfyY0p1lWo/index.html

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: integração com o desenvolvimento nacional traz novo impulso para Hong Kong

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-integracao-com-o-desenvolvimento-nacional-traz-novo-impulso-para-hong-kong/