CGTN: Legisladores de mais de 20 países desejam sucesso a Pequim 2022 no Fórum do CMG

BEIJING, 31 de janeiro de 2022 /PRNewswire/ -- Mais de 30 legisladores de mais de 20 países do mundo expressaram seus votos para as Olimpíadas de Inverno de Pequim de 2022 e manifestaram oposição à politização dos Jogos.

Os legisladores fizeram as observações em um programa especial da CGTN dedicado a Pequim 2022, que foi ao ar no sábado.

O programa, que tinha como tema "A beleza das Olimpíadas de Inverno: uma celebração do espírito humano", faz parte do Fórum do China Media Group (CMG).

Os legisladores elogiaram os esforços da China na organização de uma Olimpíada "simples, segura e magnífica", apesar dos desafios impostos pela pandemia da COVID-19, e desejaram sucesso aos Jogos.

Shen Haixiong, presidente do CMG, deu as boas-vindas aos legisladores para que participassem do programa. Ele afirmou que o desenvolvimento pacífico e um destino compartilhado são elementos fundamentais para a construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade, uma visão defendida pelo presidente chinês, Xi Jinping, e também ideais do movimento olímpico.

"As Olimpíadas de Inverno de Pequim incorporam o anseio da humanidade por paz e excelência", disse Shen. "É mais importante do que nunca que fiquemos 'Juntos'", ele enfatizou.

Gong Taparanci, ex-vice-primeiro-ministro da Tailândia, expressou a confiança de que as Olimpíadas terão grande sucesso. Conforme ele declarou, apesar da falta de gelo e neve na Tailândia, o país decidiu enviar uma delegação para participar das Olimpíadas de Inverno.

Wang Yanxia, membro do Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC) e vice-ministro do Departamento de Esportes do Comitê Organizador de Pequim para as Olimpíadas e Paralimpíadas de Inverno de 2022, disse que os preparativos tranquilos para o evento devem-se em grande parte ao amor do povo chinês pelos esportes de inverno, ao apoio do governo chinês e à ajuda oferecida por especialistas e técnicos de vários países.

Filatova Irina Anatolyevna, membro da Duma do Estado Russo, disse que a China e a Rússia são vizinhas amigas. Conforme ela acrescentou, o significado da confiança mútua entre os dois países tem sido demonstrada pelos esportes.

Sainkhuu Ganbaatar, membro do parlamento da Mongólia, disse que os Jogos Olímpicos não devem ser interrompidos pela COVID-19 ou por questões políticas. Ele disse que os organizadores dos Jogos fizeram os preparativos de organização do evento sob circunstâncias "quase impossíveis", ganhando o respeito e o apoio do mundo.

Mushahid Hussain Sayed, presidente do Comitê de Defesa do Senado Paquistanês, disse que o Paquistão e outros países asiáticos se opõem fortemente ao boicote a Pequim 2022 de qualquer forma e a qualquer tentativa de instigar o conflito e a divisão. Conforme ele afirmou, o espírito olímpico pede amizade e cooperação.

Legisladores de países como Alemanha, Itália, Canadá, Turquia, Brasil, Espanha, Nova Zelândia, Japão e África do Sul também expressaram seus votos para os Jogos.

As Olimpíadas de Inverno de Pequim serão realizadas de 4 a 20 de fevereiro, seguidas das Paralimpíadas de Inverno, de 4 a 13 de março.

https://news.cgtn.com/news/2022-01-29/Lawmakers-from-over-20-countries-wish-Beijing-2022-success-17deP4lCmhG/index.html 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1736551/A_special_program_of_CGTN_dedicated_to_Beijing_2022___CMG.jpg

 

 

FONTE CGTN

BEIJING, 31 de janeiro de 2022 /PRNewswire/ -- Mais de 30 legisladores de mais de 20 países do mundo expressaram seus votos para as Olimpíadas de Inverno de Pequim de 2022 e manifestaram oposição à politização dos Jogos.

Os legisladores fizeram as observações em um programa especial da CGTN dedicado a Pequim 2022, que foi ao ar no sábado.

O programa, que tinha como tema "A beleza das Olimpíadas de Inverno: uma celebração do espírito humano", faz parte do Fórum do China Media Group (CMG).

Os legisladores elogiaram os esforços da China na organização de uma Olimpíada "simples, segura e magnífica", apesar dos desafios impostos pela pandemia da COVID-19, e desejaram sucesso aos Jogos.

Shen Haixiong, presidente do CMG, deu as boas-vindas aos legisladores para que participassem do programa. Ele afirmou que o desenvolvimento pacífico e um destino compartilhado são elementos fundamentais para a construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade, uma visão defendida pelo presidente chinês, Xi Jinping, e também ideais do movimento olímpico.

"As Olimpíadas de Inverno de Pequim incorporam o anseio da humanidade por paz e excelência", disse Shen. "É mais importante do que nunca que fiquemos 'Juntos'", ele enfatizou.

Gong Taparanci, ex-vice-primeiro-ministro da Tailândia, expressou a confiança de que as Olimpíadas terão grande sucesso. Conforme ele declarou, apesar da falta de gelo e neve na Tailândia, o país decidiu enviar uma delegação para participar das Olimpíadas de Inverno.

Wang Yanxia, membro do Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC) e vice-ministro do Departamento de Esportes do Comitê Organizador de Pequim para as Olimpíadas e Paralimpíadas de Inverno de 2022, disse que os preparativos tranquilos para o evento devem-se em grande parte ao amor do povo chinês pelos esportes de inverno, ao apoio do governo chinês e à ajuda oferecida por especialistas e técnicos de vários países.

Filatova Irina Anatolyevna, membro da Duma do Estado Russo, disse que a China e a Rússia são vizinhas amigas. Conforme ela acrescentou, o significado da confiança mútua entre os dois países tem sido demonstrada pelos esportes.

Sainkhuu Ganbaatar, membro do parlamento da Mongólia, disse que os Jogos Olímpicos não devem ser interrompidos pela COVID-19 ou por questões políticas. Ele disse que os organizadores dos Jogos fizeram os preparativos de organização do evento sob circunstâncias "quase impossíveis", ganhando o respeito e o apoio do mundo.

Mushahid Hussain Sayed, presidente do Comitê de Defesa do Senado Paquistanês, disse que o Paquistão e outros países asiáticos se opõem fortemente ao boicote a Pequim 2022 de qualquer forma e a qualquer tentativa de instigar o conflito e a divisão. Conforme ele afirmou, o espírito olímpico pede amizade e cooperação.

Legisladores de países como Alemanha, Itália, Canadá, Turquia, Brasil, Espanha, Nova Zelândia, Japão e África do Sul também expressaram seus votos para os Jogos.

As Olimpíadas de Inverno de Pequim serão realizadas de 4 a 20 de fevereiro, seguidas das Paralimpíadas de Inverno, de 4 a 13 de março.

https://news.cgtn.com/news/2022-01-29/Lawmakers-from-over-20-countries-wish-Beijing-2022-success-17deP4lCmhG/index.html 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1736551/A_special_program_of_CGTN_dedicated_to_Beijing_2022___CMG.jpg

 

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: Legisladores de mais de 20 países desejam sucesso a Pequim 2022 no Fórum do CMG

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-legisladores-de-mais-de-20-paises-desejam-sucesso-a-pequim-2022-no-forum-do-cmg/