CGTN: Nos EUA, pagar impostos é opcional se você for um bilionário

BEIJING, 13 de dezembro de 2021 /PRNewswire/ -- Os bilionários dos EUA têm pago impostos sobre uma pequena fração de sua renda, quando pagam, a uma alíquota muito mais baixa do que as pessoas comuns que lutam para sobreviver de um mês para o outro, de acordo com um relatório publicado em junho pela organização sem fins lucrativos de notícias investigativas ProPublica, com base em uma vasta série de registros fiscais vazados do Internal Revenue Service (IRS), o equivalente à Receita Federal do Brasil.

O relatório comparou a quantia de impostos pagos anualmente pelos 25 americanos mais ricos à riqueza que acumularam durante o mesmo período, conforme estimado pela revista Forbes. De um acúmulo total de riquezas de USD 401 bilhões, o grupo pagou coletivamente USD 13,6 bilhões em impostos, uma quantia estonteante que, no entanto, se traduz em uma alíquota fiscal real de apenas 3,4%.

Em contraste, uma família média americana pagou 14% em impostos federais, com alíquotas que aumentam progressivamente em relação à renda. Entre 2014 e 2018, uma casa típica de assalariados com cerca de 40 anos teve seu patrimônio líquido aumentado em média em USD 65 mil, devido principalmente ao aumento do valor de suas casas. Mas a maior parte desses ganhos – cerca de USD 62 mil – foi para o fisco.

Os cortes nos financiamentos do IRS, combinados com táticas de evasão fiscal cada vez mais sofisticadas desenvolvidas pelos ricos, facilitaram mais do que nunca a evasão fiscal, de acordo com um relatório do National Bureau for Economic Research. Essas táticas muitas vezes incluem acessar recursos não disponíveis para o público em geral, como paraísos fiscais offshore, empresas de fachada e técnicas complexas de contabilidade, todas explorando zonas legais cinzentas.

No ano passado, as 50 dinastias mais ricas dos EUA possuíam um total de USD 1,2 trilhão em ativos. Comparativamente, a metade inferior de todas as famílias dos EUA, um número estimado de 65 milhões de famílias, compartilhou uma riqueza combinada de USD 2,5 trilhões, de acordo com o relatório.

O autor principal do estudo, Chuck Collins, destacou em uma entrevista para a revista Jacobin que essas famílias bilionárias concentram-se menos em abrir empresas e se preocupam mais em obter renda.

"Com esse sistema sendo solidificado, os bilionários de hoje serão as instalações dinásticas de amanhã", disse ele. "Se o padrão persistir por 20 anos na trajetória atual, teremos ainda mais concentrações de riqueza hereditária e poder dominando nossa política, economia, imprensa e filantropia. Parece feudalismo, cheira a feudalismo."

https://news.cgtn.com/news/2021-06-27/In-America-paying-taxes-is-optional-if-you-re-a-billionaire--11qGbZzO7cY/index.html 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1707824/In_America_paying_taxes_optional_you_re_a_billionaire.jpg

FONTE CGTN

BEIJING, 13 de dezembro de 2021 /PRNewswire/ -- Os bilionários dos EUA têm pago impostos sobre uma pequena fração de sua renda, quando pagam, a uma alíquota muito mais baixa do que as pessoas comuns que lutam para sobreviver de um mês para o outro, de acordo com um relatório publicado em junho pela organização sem fins lucrativos de notícias investigativas ProPublica, com base em uma vasta série de registros fiscais vazados do Internal Revenue Service (IRS), o equivalente à Receita Federal do Brasil.

O relatório comparou a quantia de impostos pagos anualmente pelos 25 americanos mais ricos à riqueza que acumularam durante o mesmo período, conforme estimado pela revista Forbes. De um acúmulo total de riquezas de USD 401 bilhões, o grupo pagou coletivamente USD 13,6 bilhões em impostos, uma quantia estonteante que, no entanto, se traduz em uma alíquota fiscal real de apenas 3,4%.

Em contraste, uma família média americana pagou 14% em impostos federais, com alíquotas que aumentam progressivamente em relação à renda. Entre 2014 e 2018, uma casa típica de assalariados com cerca de 40 anos teve seu patrimônio líquido aumentado em média em USD 65 mil, devido principalmente ao aumento do valor de suas casas. Mas a maior parte desses ganhos – cerca de USD 62 mil – foi para o fisco.

Os cortes nos financiamentos do IRS, combinados com táticas de evasão fiscal cada vez mais sofisticadas desenvolvidas pelos ricos, facilitaram mais do que nunca a evasão fiscal, de acordo com um relatório do National Bureau for Economic Research. Essas táticas muitas vezes incluem acessar recursos não disponíveis para o público em geral, como paraísos fiscais offshore, empresas de fachada e técnicas complexas de contabilidade, todas explorando zonas legais cinzentas.

No ano passado, as 50 dinastias mais ricas dos EUA possuíam um total de USD 1,2 trilhão em ativos. Comparativamente, a metade inferior de todas as famílias dos EUA, um número estimado de 65 milhões de famílias, compartilhou uma riqueza combinada de USD 2,5 trilhões, de acordo com o relatório.

O autor principal do estudo, Chuck Collins, destacou em uma entrevista para a revista Jacobin que essas famílias bilionárias concentram-se menos em abrir empresas e se preocupam mais em obter renda.

"Com esse sistema sendo solidificado, os bilionários de hoje serão as instalações dinásticas de amanhã", disse ele. "Se o padrão persistir por 20 anos na trajetória atual, teremos ainda mais concentrações de riqueza hereditária e poder dominando nossa política, economia, imprensa e filantropia. Parece feudalismo, cheira a feudalismo."

https://news.cgtn.com/news/2021-06-27/In-America-paying-taxes-is-optional-if-you-re-a-billionaire--11qGbZzO7cY/index.html 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1707824/In_America_paying_taxes_optional_you_re_a_billionaire.jpg

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: Nos EUA, pagar impostos é opcional se você for um bilionário

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-nos-eua-pagar-impostos-e-opcional-se-voce-for-um-bilionario/