CGTN: O que a conquista de Xiaokang por parte da China significa para seu povo e para o mundo?

BEIJING, 28 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- A sociedade de Xiaokang, ou "uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos", é um termo que carrega um sonho de longa data da nação chinesa. Em 1º de julho, a China anunciou que alcançou seu primeiro objetivo centenário de construir uma sociedade como essa. Mas o que ela significa para um país de 1,4 bilhão de pessoas e para o mundo?

Um artigo intitulado "A jornada épica da China da pobreza à prosperidade", publicado na terça-feira, tem as respostas.

Pelo povo chinês, para a nação chinesa

No sentido confuciano tradicional, Xiaokang é um estado no qual, apesar das imperfeições, todas as pessoas têm suas necessidades atendidas. O conceito foi reintroduzido no discurso político nos anos 1970, e o Partido Comunista da China (PCC), desde então, tem realizado esforços para transformá-lo em realidade.

É um "passo crucial para o rejuvenescimento nacional", de acordo com o artigo.  

Depois da conquista de Xiaokang, a China se voltou para o segundo objetivo centenário de construir um país socialista moderno de maneira geral até meados do século para celebrar o centenário da República Popular da China.

Observando que o desenvolvimento geral é essencial para a prosperidade moderada, o artigo detalha o progresso conseguido nas áreas econômica, política, cultural, social e ambiental no processo de construção de uma sociedade moderadamente próspera.

Por exemplo, a força econômica da China aumentou significativamente, com seu PIB subindo de 67,9 bilhões de yuans (10,53 bilhões de dólares) em 1952 para cerca de 101,6 trilhões de yuans (cerca de 15,7 trilhões de dólares) no ano passado.

O artigo também destaca o conceito de "prosperidade para todos", segundo o qual todas as pessoas compartilham os frutos do desenvolvimento e "nenhum indivíduo, região ou grupo étnico é deixado para trás" nesse tipo de sociedade.

Os padrões de vida dos pobres subiram substancialmente, as conquistas na infraestrutura rural são ótimas, e uma nova relação entre o urbano e o rural está tomando forma, de acordo com o artigo.

Carregar um enorme peso global

Quanto ao significado da sociedade de Xiaokang para o progresso da humanidade, o artigo explica que uma China mais próspera e estável – o país mais populoso e maior país em desenvolvimento do mundo – contribui para a paz e o desenvolvimento mundiais por si só.

Ao conseguir uma sociedade moderadamente próspera, a China ajudou a reduzir drasticamente a população mundial afetada pela pobreza, de acordo com o artigo.

Em fevereiro, o Presidente Xi Jinping anunciou a erradicação da pobreza extrema na China, dizendo que, em média, mais de dez milhões de pessoas pobres saíram da pobreza a cada ano desde o 18º Congresso Nacional do PCC em 2012.

Isso significa que a China atingiu a meta de erradicação da pobreza estabelecida na Agenda das Nações Unidas de 2030 para o Desenvolvimento Sustentável 10 anos antes do previsto.

Além disso, o artigo observou que a política de abertura mutuamente benéfica da China ajudará a construir uma economia ainda mais aberta, de modo a oferecer a outros países mais oportunidades em mercados, investimentos e crescimento.

A experiência da China oferece uma nova opção para os países e povos que buscam crescimento rápido e independência, de acordo com o artigo.

https://news.cgtn.com/news/2021-09-28/China-issues-white-paper-about-achieving-moderately-prosperous-society-13UWW5MBRD2/index.html

FONTE CGTN

BEIJING, 28 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- A sociedade de Xiaokang, ou "uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos", é um termo que carrega um sonho de longa data da nação chinesa. Em 1º de julho, a China anunciou que alcançou seu primeiro objetivo centenário de construir uma sociedade como essa. Mas o que ela significa para um país de 1,4 bilhão de pessoas e para o mundo?

Um artigo intitulado "A jornada épica da China da pobreza à prosperidade", publicado na terça-feira, tem as respostas.

Pelo povo chinês, para a nação chinesa

No sentido confuciano tradicional, Xiaokang é um estado no qual, apesar das imperfeições, todas as pessoas têm suas necessidades atendidas. O conceito foi reintroduzido no discurso político nos anos 1970, e o Partido Comunista da China (PCC), desde então, tem realizado esforços para transformá-lo em realidade.

É um "passo crucial para o rejuvenescimento nacional", de acordo com o artigo.  

Depois da conquista de Xiaokang, a China se voltou para o segundo objetivo centenário de construir um país socialista moderno de maneira geral até meados do século para celebrar o centenário da República Popular da China.

Observando que o desenvolvimento geral é essencial para a prosperidade moderada, o artigo detalha o progresso conseguido nas áreas econômica, política, cultural, social e ambiental no processo de construção de uma sociedade moderadamente próspera.

Por exemplo, a força econômica da China aumentou significativamente, com seu PIB subindo de 67,9 bilhões de yuans (10,53 bilhões de dólares) em 1952 para cerca de 101,6 trilhões de yuans (cerca de 15,7 trilhões de dólares) no ano passado.

O artigo também destaca o conceito de "prosperidade para todos", segundo o qual todas as pessoas compartilham os frutos do desenvolvimento e "nenhum indivíduo, região ou grupo étnico é deixado para trás" nesse tipo de sociedade.

Os padrões de vida dos pobres subiram substancialmente, as conquistas na infraestrutura rural são ótimas, e uma nova relação entre o urbano e o rural está tomando forma, de acordo com o artigo.

Carregar um enorme peso global

Quanto ao significado da sociedade de Xiaokang para o progresso da humanidade, o artigo explica que uma China mais próspera e estável – o país mais populoso e maior país em desenvolvimento do mundo – contribui para a paz e o desenvolvimento mundiais por si só.

Ao conseguir uma sociedade moderadamente próspera, a China ajudou a reduzir drasticamente a população mundial afetada pela pobreza, de acordo com o artigo.

Em fevereiro, o Presidente Xi Jinping anunciou a erradicação da pobreza extrema na China, dizendo que, em média, mais de dez milhões de pessoas pobres saíram da pobreza a cada ano desde o 18º Congresso Nacional do PCC em 2012.

Isso significa que a China atingiu a meta de erradicação da pobreza estabelecida na Agenda das Nações Unidas de 2030 para o Desenvolvimento Sustentável 10 anos antes do previsto.

Além disso, o artigo observou que a política de abertura mutuamente benéfica da China ajudará a construir uma economia ainda mais aberta, de modo a oferecer a outros países mais oportunidades em mercados, investimentos e crescimento.

A experiência da China oferece uma nova opção para os países e povos que buscam crescimento rápido e independência, de acordo com o artigo.

https://news.cgtn.com/news/2021-09-28/China-issues-white-paper-about-achieving-moderately-prosperous-society-13UWW5MBRD2/index.html

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: O que a conquista de Xiaokang por parte da China significa para seu povo e para o mundo?

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-o-que-a-conquista-de-xiaokang-por-parte-da-china-significa-para-seu-povo-e-para-o-mundo/