CGTN: O que há por trás das grandes ambições dos jovens chineses?

PEQUIM, 14 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- O povo chinês há muito valoriza a importância de estabelecer metas elevadas e se empenhar com persistência para alcançá-las. "Sem ambição, sem realização", disse Wang Yangming (1472-1529), um pensador chinês na dinastia Ming.

O presidente chinês, Xi Jinping, citou as palavras de Wang em maio de 2018 para incentivar os jovens a continuar a tradição.

"Os jovens chineses devem promover um espírito esforçado, ser firmes com seus ideais, agarrar-se a suas crenças, ser corajosos o suficiente para enfrentar as dificuldades e seguir adiante e trabalhar arduamente de forma inflexível", disse Xi durante uma visita de inspeção à Universidade de Pequim, na capital chinesa.

Ele conclamou os jovens a ligar seus ideais ao futuro do país e lutar pelo rejuvenescimento nacional.

Do tanque de metano ao sonho chinês

Xi encontrou sua ambição de carreira na juventude quando trabalhava em um pequeno vilarejo na província de Shaanxi, no noroeste da China.

Em 1969, aos 15 anos, Xi chegou ao vilarejo de Liangjiahe ao participar de uma campanha em que dezenas de milhões de jovens com educação urbana viveram e trabalharam no campo. Ele passou quase sete anos lá e descobriu sua missão de vida no processo: fazer a diferença servindo as pessoas.

Xi filiou-se ao Partido Comunista da China (PCC) em 1974. Em seguida, tornou-se secretário do partido em Liangjiahe e levou os habitantes do vilarejo a realizar uma série de projetos para beneficiar residentes locais, incluindo a construção de uma represa, tanques de metano, uma oficina de costura, uma loja de itens em consignação e um moinho.

Para construir tanques de metano que pudessem fornecer gás ao habitantes do vilarejo para seus fogões e luzes, Xi viajou para a província vizinha de Sichuan para aprender as técnicas. Em seu retorno a Liangjiahe, descobriu que a prática era mais difícil do que a teoria.

"A escavação do primeiro tanque de metano foi difícil", lembrou em uma entrevista em 2004. "A água ao redor do tanque continuava subindo, mas não havia sinal de gás. O problema acabou sendo um cano entupido. Quando finalmente limpamos a obstrução, o cano jorrou esterco no meu rosto. Imediatamente, o gás começou a brotar, então rapidamente conectamos o cano ao fogão. Uma chama de mais de 30 cm se levantou acima de nosso fogão de metano."

Em outra entrevista em 2003, Xi resumiu como a experiência em Liangjiahe o influenciou: "Vi o poder do povo e a base de suas vidas. Foi então que realmente comecei a entender as pessoas e a sociedade."

Ao longo de sua carreira política em diferentes partes da China, Xi manteve e fortaleceu seus laços com o povo e se empenhou para melhorar suas vidas. Depois de se tornar líder em nível nacional, ele conclamou todo o partido e a nação a trabalhar juntos por uma China melhor.

"Satisfazer o desejo das pessoas por uma vida feliz é nossa missão", disse Xi ao encontrar a imprensa depois de ser eleito secretário-geral do Comitê Central do PCC, em novembro de 2012.

Ele levantou o conceito do sonho chinês duas semanas depois, quando participou de uma exposição com o tema "O Caminho para a Renovação". Ele disse que conseguir o grande rejuvenescimento da nação chinesa é o maior sonho do país nos tempos modernos.

Em junho de 2019, a liderança do partido lançou uma campanha educacional nacional entre os 90 milhões de membros do PCC, incentivando-os a se manter fiéis à aspiração original do partido e à missão fundadora - buscar felicidade para o povo chinês e o rejuvenescimento da nação chinesa.

Novas gerações se unem à missão

Hoje, cada vez mais jovens chineses estão se unindo à missão de criar um futuro melhor para o país e seu povo.

O comentarista de assuntos atuais Einar Tangen disse que os jovens chineses estão acordando e querem desempenhar um papel ativo no desenvolvimento do país.

"Acho que muitos jovens acordaram e disseram: 'Ouça, se a China for seguir adiante, vai precisar do melhor de nossa geração. E quero fazer parte disso", disse Tangen à CGTN em uma entrevista recente.

"Grande parte do sucesso econômico surgiu nos últimos 40 anos. Eles estão orgulhosos do quão longe a China chegou", acrescentou.

"Nós, como a geração jovem, assumimos as responsabilidades da atualidade", disse Zhu Yuhuilan, estudante da Universidade de Pequim. "Devemos aceitar nossas responsabilidades e obter conquistas."

À medida que as gerações jovens se dedicam a metas ambiciosas, a China pode enfrentar com mais confiança vários desafios ao longo de sua jornada, quer seja o combate à pobreza, a luta contra a COVID-19 ou a transformação de seu modelo de crescimento.

https://news.cgtn.com/news/2021-06-12/What-is-behind-young-Chinese-people-s-lofty-ambitions--110NIEcv2ow/index.html 

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=pjRSGTOoSz4 

 

 

FONTE CGTN

PEQUIM, 14 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- O povo chinês há muito valoriza a importância de estabelecer metas elevadas e se empenhar com persistência para alcançá-las. "Sem ambição, sem realização", disse Wang Yangming (1472-1529), um pensador chinês na dinastia Ming.

O presidente chinês, Xi Jinping, citou as palavras de Wang em maio de 2018 para incentivar os jovens a continuar a tradição.

"Os jovens chineses devem promover um espírito esforçado, ser firmes com seus ideais, agarrar-se a suas crenças, ser corajosos o suficiente para enfrentar as dificuldades e seguir adiante e trabalhar arduamente de forma inflexível", disse Xi durante uma visita de inspeção à Universidade de Pequim, na capital chinesa.

Ele conclamou os jovens a ligar seus ideais ao futuro do país e lutar pelo rejuvenescimento nacional.

Do tanque de metano ao sonho chinês

Xi encontrou sua ambição de carreira na juventude quando trabalhava em um pequeno vilarejo na província de Shaanxi, no noroeste da China.

Em 1969, aos 15 anos, Xi chegou ao vilarejo de Liangjiahe ao participar de uma campanha em que dezenas de milhões de jovens com educação urbana viveram e trabalharam no campo. Ele passou quase sete anos lá e descobriu sua missão de vida no processo: fazer a diferença servindo as pessoas.

Xi filiou-se ao Partido Comunista da China (PCC) em 1974. Em seguida, tornou-se secretário do partido em Liangjiahe e levou os habitantes do vilarejo a realizar uma série de projetos para beneficiar residentes locais, incluindo a construção de uma represa, tanques de metano, uma oficina de costura, uma loja de itens em consignação e um moinho.

Para construir tanques de metano que pudessem fornecer gás ao habitantes do vilarejo para seus fogões e luzes, Xi viajou para a província vizinha de Sichuan para aprender as técnicas. Em seu retorno a Liangjiahe, descobriu que a prática era mais difícil do que a teoria.

"A escavação do primeiro tanque de metano foi difícil", lembrou em uma entrevista em 2004. "A água ao redor do tanque continuava subindo, mas não havia sinal de gás. O problema acabou sendo um cano entupido. Quando finalmente limpamos a obstrução, o cano jorrou esterco no meu rosto. Imediatamente, o gás começou a brotar, então rapidamente conectamos o cano ao fogão. Uma chama de mais de 30 cm se levantou acima de nosso fogão de metano."

Em outra entrevista em 2003, Xi resumiu como a experiência em Liangjiahe o influenciou: "Vi o poder do povo e a base de suas vidas. Foi então que realmente comecei a entender as pessoas e a sociedade."

Ao longo de sua carreira política em diferentes partes da China, Xi manteve e fortaleceu seus laços com o povo e se empenhou para melhorar suas vidas. Depois de se tornar líder em nível nacional, ele conclamou todo o partido e a nação a trabalhar juntos por uma China melhor.

"Satisfazer o desejo das pessoas por uma vida feliz é nossa missão", disse Xi ao encontrar a imprensa depois de ser eleito secretário-geral do Comitê Central do PCC, em novembro de 2012.

Ele levantou o conceito do sonho chinês duas semanas depois, quando participou de uma exposição com o tema "O Caminho para a Renovação". Ele disse que conseguir o grande rejuvenescimento da nação chinesa é o maior sonho do país nos tempos modernos.

Em junho de 2019, a liderança do partido lançou uma campanha educacional nacional entre os 90 milhões de membros do PCC, incentivando-os a se manter fiéis à aspiração original do partido e à missão fundadora - buscar felicidade para o povo chinês e o rejuvenescimento da nação chinesa.

Novas gerações se unem à missão

Hoje, cada vez mais jovens chineses estão se unindo à missão de criar um futuro melhor para o país e seu povo.

O comentarista de assuntos atuais Einar Tangen disse que os jovens chineses estão acordando e querem desempenhar um papel ativo no desenvolvimento do país.

"Acho que muitos jovens acordaram e disseram: 'Ouça, se a China for seguir adiante, vai precisar do melhor de nossa geração. E quero fazer parte disso", disse Tangen à CGTN em uma entrevista recente.

"Grande parte do sucesso econômico surgiu nos últimos 40 anos. Eles estão orgulhosos do quão longe a China chegou", acrescentou.

"Nós, como a geração jovem, assumimos as responsabilidades da atualidade", disse Zhu Yuhuilan, estudante da Universidade de Pequim. "Devemos aceitar nossas responsabilidades e obter conquistas."

À medida que as gerações jovens se dedicam a metas ambiciosas, a China pode enfrentar com mais confiança vários desafios ao longo de sua jornada, quer seja o combate à pobreza, a luta contra a COVID-19 ou a transformação de seu modelo de crescimento.

https://news.cgtn.com/news/2021-06-12/What-is-behind-young-Chinese-people-s-lofty-ambitions--110NIEcv2ow/index.html 

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=pjRSGTOoSz4 

 

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: O que há por trás das grandes ambições dos jovens chineses?

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-o-que-ha-por-tras-das-grandes-ambicoes-dos-jovens-chineses/