CGTN: Planejamento de longo prazo essencial para o crescimento contínuo da China

PEQUIM, 16 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- Falando alguns dias antes da cúpula do Dia da Terra sobre mudanças climáticas em abril, o Secretário de Estado americano Antony Blinken reconheceu que os EUA haviam ficado atrás da China no desenvolvimento da tecnologia necessária para conter as mudanças climáticas. 

O domínio global da China em energia renovável não é acidental, é o resultado do tipo de planejamento de longo prazo que se tornou uma característica conhecida do sistema de governança do país. 

O fundamento do planejamento econômico da China foram os seus planos de cinco anos que começaram em 1953 e foram criados inicialmente com base no sistema soviético centralizado. Nos primeiros anos, as metas econômicas e de produção nem sempre saíram conforme o planejado e as autoridades cometeram erros.

Por exemplo, durante o Grande Salto Adiante, uma campanha econômica no final dos anos 1950 para transformar a China de uma economia agrária em uma economia industrial, muitas metas não foram atingidas porque eram ambiciosas demais. Consequentemente, a campanha terminou em desastre.

O país aprendeu com essa experiência, estabelecendo metas que podiam ser atingidas e fazendo uma ampla consulta nos anos subsequentes. Foi apenas nos anos 1970 – com a criação das inovadoras políticas de "reforma e abertura" – que o mundo realmente prestou atenção e se deu conta.

Desde então, o planejamento visionário estratégico de cinco anos do Partido Comunista Chinês (PCC) tem sido amplamente creditado pela facilitação da expansão econômica contínua na China e pela promoção da sua transformação na segunda maior economia do mundo. 

A grande centralização do passado foi modificada em favor da ampla aceitação das metas de desenvolvimento nacional. Portanto, elas têm maior chance de ter sucesso. Opiniões são buscadas em ministérios governamentais, empresas estatais, administrações de províncias, acadêmicos e grupos de pesquisa, delegados de nível básico do PCC, partidos políticos diferentes do PCC e no setor privado.

O resultado final é que a economia da China cresceu de mais de $76 bilhões de dólares (493 bilhões de yuans) em 1981 para quase $16 trilhões de dólares (100 trilhões de yuans) em 2020. O PIB per capita do país era comparável ao da Índia em 1978, em cerca de $200 dólares (1.280 yuans). Hoje, é cinco vezes maior do que o do seu país vizinho e está em $10.000 dólares (64.000 yuans).

Os líderes da China frequentemente ressaltam que o mercado deve poder desempenhar um papel decisivo na alocação de recursos, e o país nunca poderá voltar a uma economia de planejamento central dominante.

Os planos de cinco anos combinam a mão visível do governo e a mão invisível do mercado para transformar a China na segunda maior economia do mundo.

https://news.cgtn.com/news/2021-06-16/Long-term-planning-key-to-China-s-continuous-growth-116PwO0Zd1S/index.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1534899/image.jpg

 

FONTE CGTN

PEQUIM, 16 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- Falando alguns dias antes da cúpula do Dia da Terra sobre mudanças climáticas em abril, o Secretário de Estado americano Antony Blinken reconheceu que os EUA haviam ficado atrás da China no desenvolvimento da tecnologia necessária para conter as mudanças climáticas. 

O domínio global da China em energia renovável não é acidental, é o resultado do tipo de planejamento de longo prazo que se tornou uma característica conhecida do sistema de governança do país. 

O fundamento do planejamento econômico da China foram os seus planos de cinco anos que começaram em 1953 e foram criados inicialmente com base no sistema soviético centralizado. Nos primeiros anos, as metas econômicas e de produção nem sempre saíram conforme o planejado e as autoridades cometeram erros.

Por exemplo, durante o Grande Salto Adiante, uma campanha econômica no final dos anos 1950 para transformar a China de uma economia agrária em uma economia industrial, muitas metas não foram atingidas porque eram ambiciosas demais. Consequentemente, a campanha terminou em desastre.

O país aprendeu com essa experiência, estabelecendo metas que podiam ser atingidas e fazendo uma ampla consulta nos anos subsequentes. Foi apenas nos anos 1970 – com a criação das inovadoras políticas de "reforma e abertura" – que o mundo realmente prestou atenção e se deu conta.

Desde então, o planejamento visionário estratégico de cinco anos do Partido Comunista Chinês (PCC) tem sido amplamente creditado pela facilitação da expansão econômica contínua na China e pela promoção da sua transformação na segunda maior economia do mundo. 

A grande centralização do passado foi modificada em favor da ampla aceitação das metas de desenvolvimento nacional. Portanto, elas têm maior chance de ter sucesso. Opiniões são buscadas em ministérios governamentais, empresas estatais, administrações de províncias, acadêmicos e grupos de pesquisa, delegados de nível básico do PCC, partidos políticos diferentes do PCC e no setor privado.

O resultado final é que a economia da China cresceu de mais de $76 bilhões de dólares (493 bilhões de yuans) em 1981 para quase $16 trilhões de dólares (100 trilhões de yuans) em 2020. O PIB per capita do país era comparável ao da Índia em 1978, em cerca de $200 dólares (1.280 yuans). Hoje, é cinco vezes maior do que o do seu país vizinho e está em $10.000 dólares (64.000 yuans).

Os líderes da China frequentemente ressaltam que o mercado deve poder desempenhar um papel decisivo na alocação de recursos, e o país nunca poderá voltar a uma economia de planejamento central dominante.

Os planos de cinco anos combinam a mão visível do governo e a mão invisível do mercado para transformar a China na segunda maior economia do mundo.

https://news.cgtn.com/news/2021-06-16/Long-term-planning-key-to-China-s-continuous-growth-116PwO0Zd1S/index.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1534899/image.jpg

 

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: Planejamento de longo prazo essencial para o crescimento contínuo da China

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-planejamento-de-longo-prazo-essencial-para-o-crescimento-continuo-da-china/