CGTN: texto completo do discurso de ano novo de Shen Haixiong, Presidente da CMG

PEQUIM, 4 de janeiro de 2021 /PRNewswire/ --

Prezados amigos,

O ano 2021 está repleto de novas esperanças e desejos. Este ano novo também é o ano do boi no calendário lunar chinês. O boi, um dos primeiros animais a serem domesticados, teve um papel importante nas civilizações agrícolas. Aos olhos do povo chinês, os bois são resistentes e fortes. Aqui em Pequim, desejo a todos um Feliz Ano Novo com muita saúde! 

2020 foi um ano extraordinário. Trouxe muitas dificuldades e provações para o mundo. O surto repentino da COVID-19 atingiu a comunidade humana. Sob o comando do presidente chinês Xi Jinping, por meio dos esforços meticulosos de toda a nação, a China tem realizado grandes conquistas na prevenção e controle da epidemia. A China também se tornou a única grande economia do mundo a alcançar um crescimento positivo no ano passado.

Atualmente, a COVID-19 ainda está se espalhando em muitos países em todo o mundo. Nós temos empatia pelo mundo, e esperamos sinceramente que possamos passar esses tempos difíceis o mais rápido possível, e que todos estejamos saudáveis e em segurança.  



Como profissionais de mídia, é nosso dever relatar os fatos e a verdade. Nos primeiros dias do surto da COVID-19, mais de 2.000 colegas meus foram imediatamente para a linha de frente. O trabalho deles incluiu cobertura ao vivo das enfermarias da COVID-19 na "zona vermelha", bem como um documentário multilíngue "Juntos contra a COVID-19." Eles mostraram ao mundo a situação real da luta da China contra a pandemia de forma oportuna e objetiva.    



Lançamos um programa especial denominado "Linha de frente COVID-19", mostrando profissionais da área médica de todo o mundo. Especialistas chineses do setor de saúde compartilharam suas experiências na luta contra a pandemia. Também falamos exclusivamente com Richard Horton, editor-chefe da revista médica "The Lancet", e com Peter Forster, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, que é o principal autor de um estudo sobre como o vírus sofreu mutação à medida em que se espalhou. Os especialistas usaram fatos científicos para esclarecer vários boatos sobre a epidemia.  



O ano passado viu momentos tocantes e histórias emocionantes. Há 900 anos, Zhang Zai, filósofo chinês da dinastia Song do Norte, tinha um provérbio famoso. O significado do ditado é que a tristeza e a pobreza podem fortalecer a determinação das pessoas e ajudá-las a ter sucesso. Isso se aplica não apenas aos indivíduos, mas também às nações. Apesar das dificuldades, testemunhamos o amor e a gentileza, e adquirimos uma compreensão mais profunda do verdadeiro significado, para a humanidade, de uma comunidade com um futuro compartilhado. Com essa pandemia, percebemos que somente por meio da cooperação a humanidade pode superar os desafios comuns.  



Embora a pandemia tenha prejudicado a comunicação presencial, ela também nos aproximou. Durante o ano passado, troquei quase 300 cartas com embaixadores de muitos países e representantes de meios de comunicação internacionais, incluindo a Companhia Estatal de Transmissão de Radio e Televisão em Toda a Rússia, a BBC, a CNN, a Associated Press, a Reuters, a Agence France-Presse, a NHK, a Radiotelevisione Italiana e a União Europeia de Radiodifusão. Trocamos saudações, defendemos mais compromissos e um consenso aprimorado. O grupo de mídia da China discutiu oportunidades de cooperação e a luta contra a COVID-19 com mais de 100 organizações de mídia de países europeus e latino-americanos por meio de "fóruns na nuvem." Também estabelecemos plataformas de cooperação com vários meios de comunicação, e co-produzimos programas como "Rastreamento da história", "Os maiores tesouros da China", e outros projetos, que forneceram cuidado humanístico e apoio às pessoas durante a pandemia. 

Assim como a COVID-19, a pobreza tem sido uma doença na história humana que precisa ser curada.

O presidente chinês Xi Jinping disse: "eliminar a pobreza tem sido o sonho da humanidade desde os tempos antigos. É direito fundamental de todos os povos a busca de uma vida feliz."

Em 2020, a China atingiu seu objetivo de erradicar a pobreza absoluta em todo o país.

Após oito anos de trabalho árduo, cerca de 100 milhões de pessoas saíram da pobreza extrema. 

A China fez história nos esforços de erradicação da pobreza.  



Para sinalizar o marco, lançamos o documentário multilíngue "Guerra da China contra a pobreza". É uma produção conjunta entre a China e os Estados Unidos.  

Também lançamos uma série de programas especiais, como a "Iniciativa de ação global - redução da pobreza".

Queremos compartilhar as experiências da China com o mundo, apresentando seus esforços para as áreas menos desenvolvidas do país.  



Ao mesmo tempo em que cumprimos nossa função como mídia, continuamos nos empenhando para construir uma excelente plataforma multimídia e popular.  

Usamos a tecnologia "5G+4K/8K + IA" em nossas transmissões de grandes expedições científicas, como a missão lunar Chang'e 5 da China e as explorações submarinas de Fendouzhe (Striver).  

Na terceira Exposição de Importação Internacional da China, transmitimos ao vivo eventos de compras, que abriram um novo canal para muitos produtos europeus entrarem no mercado chinês.  



Sempre acreditei que a verdade é a essência da mídia. Suas responsabilidades e qualidade refletem-se em notícias confiáveis e informações abalizadas.

Infelizmente, em alguns relatórios de mídia sobre a China, o preconceito substituiu a justiça e os boatos distorceram os fatos. Falácias e ficção apareceram, seja em histórias sobre a prevenção e controle da pandemia ou em relatórios sobre Hong Kong e Xinjiang.

Respondemos em tempo hábil e divulgamos os fatos. Podemos ter pontos de vista diferentes mas existe apenas uma verdade.  

Espero que no próximo ano, todos cumpramos nossa responsabilidade de revelar mais fatos.  



Há um ditado famoso na Europa de que um homem justo tem mais amigos.

No ano novo, o grupo de mídia da China continuará a cumprir suas responsabilidades como uma plataforma de mídia global, aderindo a uma posição objetiva e justa, difundindo a verdade, sendo a voz da justiça e compartilhando a beleza da civilização para o mundo.  



2021 marca o 100º aniversário da fundação do Partido Comunista da China.

Há cem anos, o Partido foi criado com apenas 13 membros. Hoje, temos mais de 90 milhões de membros, levando a China a um crescimento pacífico.

Então, qual é o segredo do sucesso do Partido Comunista da China e por que 1,4 bilhão de chineses escolheram apoiar este partido centenário?

Este será o foco dos nossos noticiários no ano novo.  

Defenderemos o espírito profissional de buscar da excelência e, ao mesmo tempo, apresentaremos noticiários abrangentes e objetivos para toda a China, oferecendo ao nosso público mais programas de alta qualidade.  

O sol do ano novo brilha intensamente.

Que o ano chinês do boi traga boa sorte a todos.

Desejo tudo de bom a todos vocês! 

Para ler o artigo original clique aqui.

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=4EbBqKuMIrE

FONTE CGTN

PEQUIM, 4 de janeiro de 2021 /PRNewswire/ --

Prezados amigos,

O ano 2021 está repleto de novas esperanças e desejos. Este ano novo também é o ano do boi no calendário lunar chinês. O boi, um dos primeiros animais a serem domesticados, teve um papel importante nas civilizações agrícolas. Aos olhos do povo chinês, os bois são resistentes e fortes. Aqui em Pequim, desejo a todos um Feliz Ano Novo com muita saúde! 

2020 foi um ano extraordinário. Trouxe muitas dificuldades e provações para o mundo. O surto repentino da COVID-19 atingiu a comunidade humana. Sob o comando do presidente chinês Xi Jinping, por meio dos esforços meticulosos de toda a nação, a China tem realizado grandes conquistas na prevenção e controle da epidemia. A China também se tornou a única grande economia do mundo a alcançar um crescimento positivo no ano passado.

Atualmente, a COVID-19 ainda está se espalhando em muitos países em todo o mundo. Nós temos empatia pelo mundo, e esperamos sinceramente que possamos passar esses tempos difíceis o mais rápido possível, e que todos estejamos saudáveis e em segurança.  



Como profissionais de mídia, é nosso dever relatar os fatos e a verdade. Nos primeiros dias do surto da COVID-19, mais de 2.000 colegas meus foram imediatamente para a linha de frente. O trabalho deles incluiu cobertura ao vivo das enfermarias da COVID-19 na "zona vermelha", bem como um documentário multilíngue "Juntos contra a COVID-19." Eles mostraram ao mundo a situação real da luta da China contra a pandemia de forma oportuna e objetiva.    



Lançamos um programa especial denominado "Linha de frente COVID-19", mostrando profissionais da área médica de todo o mundo. Especialistas chineses do setor de saúde compartilharam suas experiências na luta contra a pandemia. Também falamos exclusivamente com Richard Horton, editor-chefe da revista médica "The Lancet", e com Peter Forster, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, que é o principal autor de um estudo sobre como o vírus sofreu mutação à medida em que se espalhou. Os especialistas usaram fatos científicos para esclarecer vários boatos sobre a epidemia.  



O ano passado viu momentos tocantes e histórias emocionantes. Há 900 anos, Zhang Zai, filósofo chinês da dinastia Song do Norte, tinha um provérbio famoso. O significado do ditado é que a tristeza e a pobreza podem fortalecer a determinação das pessoas e ajudá-las a ter sucesso. Isso se aplica não apenas aos indivíduos, mas também às nações. Apesar das dificuldades, testemunhamos o amor e a gentileza, e adquirimos uma compreensão mais profunda do verdadeiro significado, para a humanidade, de uma comunidade com um futuro compartilhado. Com essa pandemia, percebemos que somente por meio da cooperação a humanidade pode superar os desafios comuns.  



Embora a pandemia tenha prejudicado a comunicação presencial, ela também nos aproximou. Durante o ano passado, troquei quase 300 cartas com embaixadores de muitos países e representantes de meios de comunicação internacionais, incluindo a Companhia Estatal de Transmissão de Radio e Televisão em Toda a Rússia, a BBC, a CNN, a Associated Press, a Reuters, a Agence France-Presse, a NHK, a Radiotelevisione Italiana e a União Europeia de Radiodifusão. Trocamos saudações, defendemos mais compromissos e um consenso aprimorado. O grupo de mídia da China discutiu oportunidades de cooperação e a luta contra a COVID-19 com mais de 100 organizações de mídia de países europeus e latino-americanos por meio de "fóruns na nuvem." Também estabelecemos plataformas de cooperação com vários meios de comunicação, e co-produzimos programas como "Rastreamento da história", "Os maiores tesouros da China", e outros projetos, que forneceram cuidado humanístico e apoio às pessoas durante a pandemia. 

Assim como a COVID-19, a pobreza tem sido uma doença na história humana que precisa ser curada.

O presidente chinês Xi Jinping disse: "eliminar a pobreza tem sido o sonho da humanidade desde os tempos antigos. É direito fundamental de todos os povos a busca de uma vida feliz."

Em 2020, a China atingiu seu objetivo de erradicar a pobreza absoluta em todo o país.

Após oito anos de trabalho árduo, cerca de 100 milhões de pessoas saíram da pobreza extrema. 

A China fez história nos esforços de erradicação da pobreza.  



Para sinalizar o marco, lançamos o documentário multilíngue "Guerra da China contra a pobreza". É uma produção conjunta entre a China e os Estados Unidos.  

Também lançamos uma série de programas especiais, como a "Iniciativa de ação global - redução da pobreza".

Queremos compartilhar as experiências da China com o mundo, apresentando seus esforços para as áreas menos desenvolvidas do país.  



Ao mesmo tempo em que cumprimos nossa função como mídia, continuamos nos empenhando para construir uma excelente plataforma multimídia e popular.  

Usamos a tecnologia "5G+4K/8K + IA" em nossas transmissões de grandes expedições científicas, como a missão lunar Chang'e 5 da China e as explorações submarinas de Fendouzhe (Striver).  

Na terceira Exposição de Importação Internacional da China, transmitimos ao vivo eventos de compras, que abriram um novo canal para muitos produtos europeus entrarem no mercado chinês.  



Sempre acreditei que a verdade é a essência da mídia. Suas responsabilidades e qualidade refletem-se em notícias confiáveis e informações abalizadas.

Infelizmente, em alguns relatórios de mídia sobre a China, o preconceito substituiu a justiça e os boatos distorceram os fatos. Falácias e ficção apareceram, seja em histórias sobre a prevenção e controle da pandemia ou em relatórios sobre Hong Kong e Xinjiang.

Respondemos em tempo hábil e divulgamos os fatos. Podemos ter pontos de vista diferentes mas existe apenas uma verdade.  

Espero que no próximo ano, todos cumpramos nossa responsabilidade de revelar mais fatos.  



Há um ditado famoso na Europa de que um homem justo tem mais amigos.

No ano novo, o grupo de mídia da China continuará a cumprir suas responsabilidades como uma plataforma de mídia global, aderindo a uma posição objetiva e justa, difundindo a verdade, sendo a voz da justiça e compartilhando a beleza da civilização para o mundo.  



2021 marca o 100º aniversário da fundação do Partido Comunista da China.

Há cem anos, o Partido foi criado com apenas 13 membros. Hoje, temos mais de 90 milhões de membros, levando a China a um crescimento pacífico.

Então, qual é o segredo do sucesso do Partido Comunista da China e por que 1,4 bilhão de chineses escolheram apoiar este partido centenário?

Este será o foco dos nossos noticiários no ano novo.  

Defenderemos o espírito profissional de buscar da excelência e, ao mesmo tempo, apresentaremos noticiários abrangentes e objetivos para toda a China, oferecendo ao nosso público mais programas de alta qualidade.  

O sol do ano novo brilha intensamente.

Que o ano chinês do boi traga boa sorte a todos.

Desejo tudo de bom a todos vocês! 

Para ler o artigo original clique aqui.

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=4EbBqKuMIrE

FONTE CGTN

Você acabou de ler:

CGTN: texto completo do discurso de ano novo de Shen Haixiong, Presidente da CMG

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/cgtn-texto-completo-do-discurso-de-ano-novo-de-shen-haixiong-presidente-da-cmg/