Chad Reed junta-se a Ken Roczen e a um grupo de pilotos de elite no Campeonato Mundial de Supercross da FIM de 2022.

Melbourne é anunciada como cidade-sede exclusiva na região da Austrália e Nova Zelândia do Campeonato Mundial do WSX por meio de um acordo plurianual

QUEENSLAND, Austrália, 21 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- Foi feito o anúncio, na data de hoje, de que Melbourne será a sede da segunda etapa, além de única cidade da Austrália a obter os direitos de receber uma etapa do Campeonato Mundial de Supercross da FIM no período de 2022 a 2024. Após a primeira etapa, que será realizada no Estádio do Principado de Cardiff, em 8 de outubro (sábado), o Grande Prêmio da Austrália do WSX transformará o Marvel Stadium de Melbourne em um verdadeiro palco de disputa com dois dias de extrema ação, nos dias 21 e 22 de outubro (sexta-feira e sábado).

O superastro australiano e mundial do supercross Chad Reed confirmou sua participação, após um período de afastamento, para concorrer a seu terceiro título do Campeonato Mundial de Supercross da FIM, na categoria WSX (450 cc). Chad Reed vai juntar-se à MDK Motorsports, consagrada equipe americana de supercross.

"Oportunidades como o WSX não aparecem todos os dias. Após dois anos de afastamento, tenho uma nova perspectiva de competir no mais alto nível.  Estou muito motivado a voltar a pilotar, com a mentalidade esportiva e pronto para competir para vencer em outubro", disse Chad Reed. "Não corro em Melbourne desde 2019, então será uma experiência fantástica poder retornar lá em outubro e competir com os melhores pilotos do mundo da atualidade. Será uma experiência épica competir em um Campeonato Mundial organizado pela FIM."

O campeão australiano vai se juntar a um seleto grupo de pilotos de elite, incluindo o atual número dois do mundo, o alemão Ken Roczen, o número dez do mundo, Justin Brayton, Vince Friese, Cole Seely, além de outros dos EUA, aos ídolos do Reino Unido Dean Wilson (Escócia) e Max Anstie (Grã-Bretanha), frente a frente com o restante do grupo formado por pilotos da França, da Itália, do Brasil e de outros países.

"A chegada da lenda do supercross, bicampeão mundial da FIM e bicampeão mundial Chad Reed ao grupo de dez equipes e 40 pilotos de primeira classe é incrível", disse Adam Bailey, diretor administrativo de automobilismo da SX Global. "Ele agrega ainda mais a um grupo repleto de astros do supercross, formado pelos melhores pilotos do mundo, e será ótimo vê-lo ao lado de personalidades como Roczen e Brayton. A disputa do WSX é o futuro do supercross mundial."

Para mais notícias, anúncios e informações sobre ingressos do Campeonato Mundial de Supercross da FIM, acesse wsxchampionship.com.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1862609/WSX_Australian_Poster.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1845951/FIM_WSX_Logo_Logo.jpg

FONTE SX Global

Melbourne é anunciada como cidade-sede exclusiva na região da Austrália e Nova Zelândia do Campeonato Mundial do WSX por meio de um acordo plurianual

QUEENSLAND, Austrália, 21 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- Foi feito o anúncio, na data de hoje, de que Melbourne será a sede da segunda etapa, além de única cidade da Austrália a obter os direitos de receber uma etapa do Campeonato Mundial de Supercross da FIM no período de 2022 a 2024. Após a primeira etapa, que será realizada no Estádio do Principado de Cardiff, em 8 de outubro (sábado), o Grande Prêmio da Austrália do WSX transformará o Marvel Stadium de Melbourne em um verdadeiro palco de disputa com dois dias de extrema ação, nos dias 21 e 22 de outubro (sexta-feira e sábado).

O superastro australiano e mundial do supercross Chad Reed confirmou sua participação, após um período de afastamento, para concorrer a seu terceiro título do Campeonato Mundial de Supercross da FIM, na categoria WSX (450 cc). Chad Reed vai juntar-se à MDK Motorsports, consagrada equipe americana de supercross.

"Oportunidades como o WSX não aparecem todos os dias. Após dois anos de afastamento, tenho uma nova perspectiva de competir no mais alto nível.  Estou muito motivado a voltar a pilotar, com a mentalidade esportiva e pronto para competir para vencer em outubro", disse Chad Reed. "Não corro em Melbourne desde 2019, então será uma experiência fantástica poder retornar lá em outubro e competir com os melhores pilotos do mundo da atualidade. Será uma experiência épica competir em um Campeonato Mundial organizado pela FIM."

O campeão australiano vai se juntar a um seleto grupo de pilotos de elite, incluindo o atual número dois do mundo, o alemão Ken Roczen, o número dez do mundo, Justin Brayton, Vince Friese, Cole Seely, além de outros dos EUA, aos ídolos do Reino Unido Dean Wilson (Escócia) e Max Anstie (Grã-Bretanha), frente a frente com o restante do grupo formado por pilotos da França, da Itália, do Brasil e de outros países.

"A chegada da lenda do supercross, bicampeão mundial da FIM e bicampeão mundial Chad Reed ao grupo de dez equipes e 40 pilotos de primeira classe é incrível", disse Adam Bailey, diretor administrativo de automobilismo da SX Global. "Ele agrega ainda mais a um grupo repleto de astros do supercross, formado pelos melhores pilotos do mundo, e será ótimo vê-lo ao lado de personalidades como Roczen e Brayton. A disputa do WSX é o futuro do supercross mundial."

Para mais notícias, anúncios e informações sobre ingressos do Campeonato Mundial de Supercross da FIM, acesse wsxchampionship.com.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1862609/WSX_Australian_Poster.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1845951/FIM_WSX_Logo_Logo.jpg

FONTE SX Global

Você acabou de ler:

Chad Reed junta-se a Ken Roczen e a um grupo de pilotos de elite no Campeonato Mundial de Supercross da FIM de 2022.

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/chad-reed-junta-se-a-ken-roczen-e-a-um-grupo-de-pilotos-de-elite-no-campeonato-mundial-de-supercross-da-fim-de-2022/