Chaozhou, a capital da cerâmica da China faz sua estreia na Times Square na Cidade Nova York

NOVA YORK, 26 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- O dia 24 de setembro marcou o Festival do Meio do Outono na China. No mesmo dia, o vídeo promocional da cidade de Chaozhou, China, produzido pelo governo de Chaozhou, foi exibido na Times Square, deslumbrando o mundo com a porcelana de ossos. Chaozhou, conhecida como a capital da cerâmica da China, é uma cidade cultural com mais de 2.000 anos de história. Enquanto envia os melhores votos e saudações para os chineses de todo o mundo nesta ocasião especial, o vídeo promocional também mostrou o charme exclusivo e a confiança cultural desta cidade costeira no cenário internacional.

As cerâmicas são um símbolo cultural para Chaozhou no país e internacionalmente, pois têm sido produzidas na cidade desde as dinastias Tang e Song. Atualmente, a indústria milenar de cerâmica se desenvolveu como o pilar da indústria de Chaozhou, tornando a cidade uma das maiores bases de produção de cerâmicas na China. Capacitada pela ciência, tecnologia e inovação, a cidade tem se esforçado para se destacar entre concorrentes internacionais através da modernização da indústria de cerâmica tradicional. Inovações em impressão 3D para cerâmicas, secagem e queima em alta velocidade com micro-ondas, P&D de componentes eletrônicos da cerâmica e as cerâmicas de vidro são os principais impulsionadores que direcionam a indústria para a produção automática, inteligente e limpa.

As inovações, que combinam tecnologias modernas com o artesanato tradicional, também são encontradas nas esculturas em madeira, bordados e outras heranças culturais intangíveis de Chaozhou além das artes tradicionais de cerâmica com novos recursos que trazem oportunidades para melhor desenvolvimento, causando a expansão de setores modernos como escultura em madeira e roupas bordadas. Adicionalmente, Chaozhou está procurando por novos impulsionadores em setores emergentes. Nos próximos três anos, a cidade planeja construir cinco polos industriais, cada um deles no valor de 50 bilhões de yuans em cinco setores, nomeadamente, cerâmicas, alimentos, novos materiais, energia nova e biomedicina.

No início de uma nova era, Chaozhou, o portal ocidental para Guangdong, está desenvolvendo completamente a coragem, a dedicação e o empreendedorismo da população local. Visando desenvolvimento de alta qualidade, a cidade está aproveitando as oportunidades históricas trazidas pela área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, a quarta maior deste tipo em todo o mundo, e planeja ter um desenvolvimento diferenciado em um esforço para se transformar em uma cidade especial e distinta dos cinturões econômicos da costa da China.

FONTE The People's Government of Chaozhou Municipality

NOVA YORK, 26 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- O dia 24 de setembro marcou o Festival do Meio do Outono na China. No mesmo dia, o vídeo promocional da cidade de Chaozhou, China, produzido pelo governo de Chaozhou, foi exibido na Times Square, deslumbrando o mundo com a porcelana de ossos. Chaozhou, conhecida como a capital da cerâmica da China, é uma cidade cultural com mais de 2.000 anos de história. Enquanto envia os melhores votos e saudações para os chineses de todo o mundo nesta ocasião especial, o vídeo promocional também mostrou o charme exclusivo e a confiança cultural desta cidade costeira no cenário internacional.

As cerâmicas são um símbolo cultural para Chaozhou no país e internacionalmente, pois têm sido produzidas na cidade desde as dinastias Tang e Song. Atualmente, a indústria milenar de cerâmica se desenvolveu como o pilar da indústria de Chaozhou, tornando a cidade uma das maiores bases de produção de cerâmicas na China. Capacitada pela ciência, tecnologia e inovação, a cidade tem se esforçado para se destacar entre concorrentes internacionais através da modernização da indústria de cerâmica tradicional. Inovações em impressão 3D para cerâmicas, secagem e queima em alta velocidade com micro-ondas, P&D de componentes eletrônicos da cerâmica e as cerâmicas de vidro são os principais impulsionadores que direcionam a indústria para a produção automática, inteligente e limpa.

As inovações, que combinam tecnologias modernas com o artesanato tradicional, também são encontradas nas esculturas em madeira, bordados e outras heranças culturais intangíveis de Chaozhou além das artes tradicionais de cerâmica com novos recursos que trazem oportunidades para melhor desenvolvimento, causando a expansão de setores modernos como escultura em madeira e roupas bordadas. Adicionalmente, Chaozhou está procurando por novos impulsionadores em setores emergentes. Nos próximos três anos, a cidade planeja construir cinco polos industriais, cada um deles no valor de 50 bilhões de yuans em cinco setores, nomeadamente, cerâmicas, alimentos, novos materiais, energia nova e biomedicina.

No início de uma nova era, Chaozhou, o portal ocidental para Guangdong, está desenvolvendo completamente a coragem, a dedicação e o empreendedorismo da população local. Visando desenvolvimento de alta qualidade, a cidade está aproveitando as oportunidades históricas trazidas pela área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, a quarta maior deste tipo em todo o mundo, e planeja ter um desenvolvimento diferenciado em um esforço para se transformar em uma cidade especial e distinta dos cinturões econômicos da costa da China.

FONTE The People's Government of Chaozhou Municipality