'Com Bolsonaro e aliança conservadora-liberal, é possível refundar bases do Estado', diz Lorenzoni em Almoço-Debate do LIDE

SÃO PAULO, 7 de dezembro de 2018 /PRNewswire/ -- O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, teve seu primeiro encontro com o empresariado, após a eleição de Jair Bolsonaro, no Almoço-Debate LIDE, nesta sexta-feira, 7 de dezembro, na capital paulista. Promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais e comandada pelo chairman Luiz Fernando Furlan, o evento reuniu 364 CEOs, presidentes e demais lideranças corporativas, além de autoridades. Segundo Furlan, assim como o fez em relação a governos anteriores, o LIDE pleiteia três prioridades para a administração federal: educação, competitividade e tecnologia e inovação.

"Lorenzoni traz propostas construtivas. Temos de acreditar no Brasil. Vamos dialogar com o futuro governo federal e apoiar as iniciativas que visem as melhorias para o país, como as reformas previdenciária e tributária e também a política econômica. Precisamos ter uma agenda econômica liberal, que aposte na competitividade, para que o Brasil retome seu protagonismo no mundo. São Paulo pensa global e vai pensar à altura de sua relevância na Federação", afirmou João Doria, governador eleito de São Paulo, uma das autoridades presentes.

Segundo Lorenzoni, com Bolsonaro e a partir de uma aliança conservadora-liberal, é possível refundar as bases do Estado brasileiro. "No futuro governo, os investidores terão previsibilidade e segurança jurídica, essenciais para que possam fazer os aportes necessários para reerguer a economia brasileira. Temos a clareza da obrigação de mudar o país. O Brasil é uma nação desigual, mas o que queremos é dar os instrumentos por meio da educação, empreendedorismo e empregos", afirmou.

De acordo com Lorenzoni, Bolsonaro vai implementar o programa de governo para que o Brasil tenha capacidade de negociar com o mundo todo, sem viés ideológico, além da redução de ministérios, já em curso. "O compromisso que havíamos assumido já está expresso na reforma administrativa, com a reestruturação de ministérios", ressaltou.

O futuro ministro defendeu a simplificação de trâmites burocráticos para cidadãos e empreendedores. "Isso começa pela reforma administrativa e passa pelo governo digital. E o governo Bolsonaro vai fazer isso", afirmou. Lorenzoni ainda preconizou que as reformas da Previdência Social e tributária são fundamentais. "Vamos corrigir os privilégios, para que o Brasil tenha um regime de capitalização eficiente. Já estamos num forte diálogo com partidos e parlamentares, visando a aprovação da reforma da Previdência, sem o toma-lá-dá-cá de antigamente", concluiu.

Essa edição teve patrocínio de ATLAS QUANTUM, BASF, BRAGA NASCIMENTO E ZILIO, COMOLATTI, CONFIANÇA SUPERMERCADOS, COUROMODA, CSN, GOCIL, HUAWEI, ICON AVIATION, INNOVA, MICROSOFT, MULTIPLAN, PPG, SAVEGNANO, SEMP TCL E WHIRLPOOL. Os fornecedores oficiais: APIS, CDN, MISTRAL, RCE DIGITAL, 3CORAÇÕES. Apoio: DR. JOE, MGI TECH, FGV EAESP. Mídia partners: PRNEWSWIRE, PROGRAMASOM, REVISTA LIDE, TV LIDE.

Contato: Larissa Ocampos

Tel: (11) 3643-2706 - larissa.ocampos@cdn.com.br

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/795449/LIDE_Almoco_Debate.jpg 

FONTE LIDE

SÃO PAULO, 7 de dezembro de 2018 /PRNewswire/ -- O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, teve seu primeiro encontro com o empresariado, após a eleição de Jair Bolsonaro, no Almoço-Debate LIDE, nesta sexta-feira, 7 de dezembro, na capital paulista. Promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais e comandada pelo chairman Luiz Fernando Furlan, o evento reuniu 364 CEOs, presidentes e demais lideranças corporativas, além de autoridades. Segundo Furlan, assim como o fez em relação a governos anteriores, o LIDE pleiteia três prioridades para a administração federal: educação, competitividade e tecnologia e inovação.

"Lorenzoni traz propostas construtivas. Temos de acreditar no Brasil. Vamos dialogar com o futuro governo federal e apoiar as iniciativas que visem as melhorias para o país, como as reformas previdenciária e tributária e também a política econômica. Precisamos ter uma agenda econômica liberal, que aposte na competitividade, para que o Brasil retome seu protagonismo no mundo. São Paulo pensa global e vai pensar à altura de sua relevância na Federação", afirmou João Doria, governador eleito de São Paulo, uma das autoridades presentes.

Segundo Lorenzoni, com Bolsonaro e a partir de uma aliança conservadora-liberal, é possível refundar as bases do Estado brasileiro. "No futuro governo, os investidores terão previsibilidade e segurança jurídica, essenciais para que possam fazer os aportes necessários para reerguer a economia brasileira. Temos a clareza da obrigação de mudar o país. O Brasil é uma nação desigual, mas o que queremos é dar os instrumentos por meio da educação, empreendedorismo e empregos", afirmou.

De acordo com Lorenzoni, Bolsonaro vai implementar o programa de governo para que o Brasil tenha capacidade de negociar com o mundo todo, sem viés ideológico, além da redução de ministérios, já em curso. "O compromisso que havíamos assumido já está expresso na reforma administrativa, com a reestruturação de ministérios", ressaltou.

O futuro ministro defendeu a simplificação de trâmites burocráticos para cidadãos e empreendedores. "Isso começa pela reforma administrativa e passa pelo governo digital. E o governo Bolsonaro vai fazer isso", afirmou. Lorenzoni ainda preconizou que as reformas da Previdência Social e tributária são fundamentais. "Vamos corrigir os privilégios, para que o Brasil tenha um regime de capitalização eficiente. Já estamos num forte diálogo com partidos e parlamentares, visando a aprovação da reforma da Previdência, sem o toma-lá-dá-cá de antigamente", concluiu.

Essa edição teve patrocínio de ATLAS QUANTUM, BASF, BRAGA NASCIMENTO E ZILIO, COMOLATTI, CONFIANÇA SUPERMERCADOS, COUROMODA, CSN, GOCIL, HUAWEI, ICON AVIATION, INNOVA, MICROSOFT, MULTIPLAN, PPG, SAVEGNANO, SEMP TCL E WHIRLPOOL. Os fornecedores oficiais: APIS, CDN, MISTRAL, RCE DIGITAL, 3CORAÇÕES. Apoio: DR. JOE, MGI TECH, FGV EAESP. Mídia partners: PRNEWSWIRE, PROGRAMASOM, REVISTA LIDE, TV LIDE.

Contato: Larissa Ocampos

Tel: (11) 3643-2706 - larissa.ocampos@cdn.com.br

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/795449/LIDE_Almoco_Debate.jpg 

FONTE LIDE