Com novos protocolos de segurança, empresas se preparam para volta ao escritório

Flexibilização do home office exige cautela e planejamento por parte das empresas, para não expor funcionários à doença

SÃO PAULO, 24 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Com a ampliação da flexibilização em várias cidades, a maioria das empresas já tem planos estratégicos e de contingência para retorno de parte dos colaboradores aos locais de trabalho. O retorno ao escritório e à indústria com segurança exige muito mais das empresas do que a obrigatoriedade do uso de máscaras, lavagem correta das mãos e uso de álcool em gel.  Além do distanciamento social e acurada higiene do ambiente, fundamentais dentro e fora dos espaços de trabalho, procedimentos de saúde como avaliação da temperatura corporal e realização de testes de covid-19 estão entre as medidas adotadas.

Fundamental para rastreamento da soroprevalência na população, os testes rápidos para identificação de anticorpos podem também mostrar se as pessoas testadas já tiveram contato com o coronavírus, mesmo as assintomáticas, as quais, embora ainda não confirmado, poderiam fazer parte dos "prováveis Imunes" à COVID-19.

Tradicional empresa do setor de diagnósticos no Brasil, a WAMA Diagnóstica comercializa atualmente 500 mil testes rápidos para covid-19 por semana para os setores público e privado. "A venda de nossos testes para empresas tem aumentado consideravelmente nas últimas semanas, refletindo a preocupação na identificação daqueles que já foram contaminados pela doença", diz o fundador da empresa Dr. Wagner Maricondi.

Na opinião de Maricondi, nesse momento grave para a saúde pública em todo o mundo, o uso de testes rápidos de COVID-19 pode contribuir significativamente para compreender o estágio da doença, o esperado "passaporte de imunidade" e a dinâmica longitudinal dos anticorpos. Mas o médico reforça que este tipo de teste deve ser sempre aplicado por um profissional de saúde treinado, tanto fora como dentro das empresas, além da manutenção de um protocolo que oriente as pessoas que mostrarem teste positivo.

Sobre a WAMA Diagnóstica

Fundada em 1991, a WAMA Diagnóstica é parte de um grupo com mais de 60 anos de experiência em diagnóstico laboratorial. A empresa atua em todo território nacional e América do Sul e está consolidada no mercado brasileiro como uma companhia voltada à pesquisa, desenvolvimento e produção de kits e reagentes para diagnóstico laboratorial, em especial imunodiagnóstico.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1232061/teste_sorol_gico_covid_19.jpg

FONTE WAMA Diagnóstica

Flexibilização do home office exige cautela e planejamento por parte das empresas, para não expor funcionários à doença

SÃO PAULO, 24 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Com a ampliação da flexibilização em várias cidades, a maioria das empresas já tem planos estratégicos e de contingência para retorno de parte dos colaboradores aos locais de trabalho. O retorno ao escritório e à indústria com segurança exige muito mais das empresas do que a obrigatoriedade do uso de máscaras, lavagem correta das mãos e uso de álcool em gel.  Além do distanciamento social e acurada higiene do ambiente, fundamentais dentro e fora dos espaços de trabalho, procedimentos de saúde como avaliação da temperatura corporal e realização de testes de covid-19 estão entre as medidas adotadas.

Fundamental para rastreamento da soroprevalência na população, os testes rápidos para identificação de anticorpos podem também mostrar se as pessoas testadas já tiveram contato com o coronavírus, mesmo as assintomáticas, as quais, embora ainda não confirmado, poderiam fazer parte dos "prováveis Imunes" à COVID-19.

Tradicional empresa do setor de diagnósticos no Brasil, a WAMA Diagnóstica comercializa atualmente 500 mil testes rápidos para covid-19 por semana para os setores público e privado. "A venda de nossos testes para empresas tem aumentado consideravelmente nas últimas semanas, refletindo a preocupação na identificação daqueles que já foram contaminados pela doença", diz o fundador da empresa Dr. Wagner Maricondi.

Na opinião de Maricondi, nesse momento grave para a saúde pública em todo o mundo, o uso de testes rápidos de COVID-19 pode contribuir significativamente para compreender o estágio da doença, o esperado "passaporte de imunidade" e a dinâmica longitudinal dos anticorpos. Mas o médico reforça que este tipo de teste deve ser sempre aplicado por um profissional de saúde treinado, tanto fora como dentro das empresas, além da manutenção de um protocolo que oriente as pessoas que mostrarem teste positivo.

Sobre a WAMA Diagnóstica

Fundada em 1991, a WAMA Diagnóstica é parte de um grupo com mais de 60 anos de experiência em diagnóstico laboratorial. A empresa atua em todo território nacional e América do Sul e está consolidada no mercado brasileiro como uma companhia voltada à pesquisa, desenvolvimento e produção de kits e reagentes para diagnóstico laboratorial, em especial imunodiagnóstico.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1232061/teste_sorol_gico_covid_19.jpg

FONTE WAMA Diagnóstica