Começa o 5º Fórum de Cooperação Internacional de Portos da Rota Marítima da Seda em Ningbo, China

NINGBO, China, 12 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- O 5º Fórum de Cooperação Internacional de Portos da Rota Marítima da Seda (MPF), cujo objetivo é promover o desenvolvimento inclusivo e aberto, começou na cidade de Ningbo, província de Zhejiang, leste da China, na quinta-feira.

O fórum de dois dias, organizado pelo Zhejiang Seaport Group, e outras instituições de empresas, é um evento paralelo ao Fórum Marítimo da China 2019, lançado para marcar o Dia Marítimo da China, em 11 de julho, e é orientado pelo Ministério das Relações Exteriores da China, pelo Ministério dos Transportes e pelo Governo Popular da Província de Zhejiang.

Xu Zuyuan, ex-vice-ministro do Ministério dos Transportes e Embaixador Marítimo da Organização Marítima Internacional (OMI) da China, disse que o mundo está passando por profundas mudanças e ajustes. Ao construir em conjunto uma plataforma e compartilhar os frutos da cooperação e do codesenvolvimento, os países e regiões, em pareceria com a Rota Marítima da Seda do século XXI, se responsabilizarão pelo desenvolvimento conjunto de seus portos e empresas de navegação.

Após cinco anos de esforços conjuntos, o MPF já serviu como importante plataforma para promover a cooperação e a comunicação entre os portos e as empresas de navegação no mundo todo, acrescentou Xu.

Nos últimos cinco anos, a indústria global de portos alcançou desenvolvimento notável, em meio à transformação do consumo de energia, da troca de dados, da moralidade, da governança, da segurança e da eficiência energética, afirmou Santiago Garcia Mila, presidente da Associação Internacional de Portos e Ancoradouros (International Association of Ports and Harbors, IAPH).

Guo Xuejun, vice-diretor geral do Departamento de Assuntos Econômicos Internacionais do Ministério das Relações Exteriores da China, disse que a Rota Marítima da Seda do século XXI é parte inerente da construção conjunta do Cinturão e Rota. Para construir a rota marítima da seda, são necessários esforços conjuntos em cinco aspectos, incluindo a promoção da interconectividade marinha, o desenvolvimento da Rota da Seda ecológica, a exploração da inovação, a defesa da economia mundial aberta e o fortalecimento da cooperação internacional, além do estabelecimento da parceria azul.

De acordo com o relatório de desenvolvimento de portos globais de 2018, nove portos chineses, incluindo o Porto de Guangzhou, Ningbo-Zhoushan e Tianjin, ficaram entre os 20 maiores do mundo, com classificações ainda mais altas que em 2017 e 2018, apesar do crescimento mais lento no volume de contêineres do mundo todo.

O MPF vem acontecendo anualmente desde 2015. Em abril, a Iniciativa Ningbo, como resultado do MPF de 2018, foi incluída na Lista de produtos do Segundo Fórum de Cooperação Internacional de Cinturão e Rota.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/946348/5th_MPF_Ningbo.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/946349/Chairman_Zhejiang_Seaport_Group.jpg

FONTE Zhejiang Seaport Group

NINGBO, China, 12 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- O 5º Fórum de Cooperação Internacional de Portos da Rota Marítima da Seda (MPF), cujo objetivo é promover o desenvolvimento inclusivo e aberto, começou na cidade de Ningbo, província de Zhejiang, leste da China, na quinta-feira.

O fórum de dois dias, organizado pelo Zhejiang Seaport Group, e outras instituições de empresas, é um evento paralelo ao Fórum Marítimo da China 2019, lançado para marcar o Dia Marítimo da China, em 11 de julho, e é orientado pelo Ministério das Relações Exteriores da China, pelo Ministério dos Transportes e pelo Governo Popular da Província de Zhejiang.

Xu Zuyuan, ex-vice-ministro do Ministério dos Transportes e Embaixador Marítimo da Organização Marítima Internacional (OMI) da China, disse que o mundo está passando por profundas mudanças e ajustes. Ao construir em conjunto uma plataforma e compartilhar os frutos da cooperação e do codesenvolvimento, os países e regiões, em pareceria com a Rota Marítima da Seda do século XXI, se responsabilizarão pelo desenvolvimento conjunto de seus portos e empresas de navegação.

Após cinco anos de esforços conjuntos, o MPF já serviu como importante plataforma para promover a cooperação e a comunicação entre os portos e as empresas de navegação no mundo todo, acrescentou Xu.

Nos últimos cinco anos, a indústria global de portos alcançou desenvolvimento notável, em meio à transformação do consumo de energia, da troca de dados, da moralidade, da governança, da segurança e da eficiência energética, afirmou Santiago Garcia Mila, presidente da Associação Internacional de Portos e Ancoradouros (International Association of Ports and Harbors, IAPH).

Guo Xuejun, vice-diretor geral do Departamento de Assuntos Econômicos Internacionais do Ministério das Relações Exteriores da China, disse que a Rota Marítima da Seda do século XXI é parte inerente da construção conjunta do Cinturão e Rota. Para construir a rota marítima da seda, são necessários esforços conjuntos em cinco aspectos, incluindo a promoção da interconectividade marinha, o desenvolvimento da Rota da Seda ecológica, a exploração da inovação, a defesa da economia mundial aberta e o fortalecimento da cooperação internacional, além do estabelecimento da parceria azul.

De acordo com o relatório de desenvolvimento de portos globais de 2018, nove portos chineses, incluindo o Porto de Guangzhou, Ningbo-Zhoushan e Tianjin, ficaram entre os 20 maiores do mundo, com classificações ainda mais altas que em 2017 e 2018, apesar do crescimento mais lento no volume de contêineres do mundo todo.

O MPF vem acontecendo anualmente desde 2015. Em abril, a Iniciativa Ningbo, como resultado do MPF de 2018, foi incluída na Lista de produtos do Segundo Fórum de Cooperação Internacional de Cinturão e Rota.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/946348/5th_MPF_Ningbo.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/946349/Chairman_Zhejiang_Seaport_Group.jpg

FONTE Zhejiang Seaport Group

Você acabou de ler:

Começa o 5º Fórum de Cooperação Internacional de Portos da Rota Marítima da Seda em Ningbo, China

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/comeca-o-5o-forum-de-cooperacao-internacional-de-portos-da-rota-maritima-da-seda-em-ningbo-china/