Como a elite dos empreendedores bem-sucedidos investe

Pesquisa do BNP Paribas foi realizado no Brasil e em mais 20 países

SÃO PAULO, 21 de março de 2019 /PRNewswire/ -- O BNP Paribas acaba de concluir uma profunda análise dos investimentos privados de empreendedores de elite. Em sua quinta edição, o relatório "Deep-dive into the private investments of elite entreperneurs", apresentou como os mais bem-sucedidos aplicam recursos em 21 países, entre os quais o Brasil.

No mundo todo, os empreendedores são motivados pelo desafio e pelo risco, tanto nos negócios quanto em seus investimentos, e buscam a melhor performance, além de taxas de retorno mais agressivas.

Essa última foi a primeira das edições em que as ações apareceram como a principal escolha dos empreendedores, concentrando 20% de suas carteiras. Em seguida, com 17% de participação, aparecem renda fixa e negócio próprio, seguidos de liquidez (14%), capital privado e setor imobiliário (10%). Os hedge funds e SRI (Investimentos Socialmente Responsáveis) compõem 4%, e só então vem o investimento anjo e a filantropia (2%).

A pesquisa aponta ainda que 63% usam capital privado para seus investimentos diretos, 85% apoiam ativamente outros empreendedores via investimentos privados em empresas de alto potencial. Já as empresas de tecnologia são a aposta para o futuro: 55% investiram em companhias desse segmento.

No Brasil (3% da amostra), 46% dos empreendedores de elite enxergam a melhoria de acesso à educação como uma métrica de sucesso ao investir em SRI, um percentual bem maior do que a média mundial (33%).

A composição das carteiras dos empreendedores brasileiros tem na renda fixa a maior parcela dos investimentos (20%), seguida de ações (18%) e negócios próprios (18%), liquidez (17%), capital privado (9%), setor imobiliário (7%), hedge funds (4%), SRI (3%) e investimento anjo e filantropia /doações (2%). 

Além disso, aqui no Brasil, 74% dos investidores acreditam que o setor de tecnologia é o de maior potencial de crescimento nos próximos cinco anos.

Informações para a Imprensa:

Tamer Comunicação:

Eliana Nigroeliananigro@tamer.com.br  

Tel: (11) 3031.2388 ramal 212

Juliana Limajuliana@tamer.com.br  

Tel: (11) 3031.2388 ramal 207

FONTE BNP Paribas

Pesquisa do BNP Paribas foi realizado no Brasil e em mais 20 países

SÃO PAULO, 21 de março de 2019 /PRNewswire/ -- O BNP Paribas acaba de concluir uma profunda análise dos investimentos privados de empreendedores de elite. Em sua quinta edição, o relatório "Deep-dive into the private investments of elite entreperneurs", apresentou como os mais bem-sucedidos aplicam recursos em 21 países, entre os quais o Brasil.

No mundo todo, os empreendedores são motivados pelo desafio e pelo risco, tanto nos negócios quanto em seus investimentos, e buscam a melhor performance, além de taxas de retorno mais agressivas.

Essa última foi a primeira das edições em que as ações apareceram como a principal escolha dos empreendedores, concentrando 20% de suas carteiras. Em seguida, com 17% de participação, aparecem renda fixa e negócio próprio, seguidos de liquidez (14%), capital privado e setor imobiliário (10%). Os hedge funds e SRI (Investimentos Socialmente Responsáveis) compõem 4%, e só então vem o investimento anjo e a filantropia (2%).

A pesquisa aponta ainda que 63% usam capital privado para seus investimentos diretos, 85% apoiam ativamente outros empreendedores via investimentos privados em empresas de alto potencial. Já as empresas de tecnologia são a aposta para o futuro: 55% investiram em companhias desse segmento.

No Brasil (3% da amostra), 46% dos empreendedores de elite enxergam a melhoria de acesso à educação como uma métrica de sucesso ao investir em SRI, um percentual bem maior do que a média mundial (33%).

A composição das carteiras dos empreendedores brasileiros tem na renda fixa a maior parcela dos investimentos (20%), seguida de ações (18%) e negócios próprios (18%), liquidez (17%), capital privado (9%), setor imobiliário (7%), hedge funds (4%), SRI (3%) e investimento anjo e filantropia /doações (2%). 

Além disso, aqui no Brasil, 74% dos investidores acreditam que o setor de tecnologia é o de maior potencial de crescimento nos próximos cinco anos.

Informações para a Imprensa:

Tamer Comunicação:

Eliana Nigroeliananigro@tamer.com.br  

Tel: (11) 3031.2388 ramal 212

Juliana Limajuliana@tamer.com.br  

Tel: (11) 3031.2388 ramal 207

FONTE BNP Paribas

Você acabou de ler:

Como a elite dos empreendedores bem-sucedidos investe

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/como-a-elite-dos-empreendedores-bem-sucedidos-investe/